terça-feira, 3 de julho de 2012

Abrindo espaço para o novo

Foi duro decidirmos pelo fim deste blog. Mas uma palavra dita pela nossa Débora (“desapego”) me aliviou da culpa de deixar tantas pessoas especiais na mão. Ontem, um amigo escreveu meio em tom de brincadeira: “A gente é responsável por aquilo que cativa”, numa citação de O Pequeno Príncipe. E mais uma vez a culpa bateu. Principalmente porque a gente sempre acreditou que nossos dilemas aqui tinham muito mais alcance do que poderíamos medir muitas vezes, talvez nem tanto em quantidade, mas em profundidade na hora de tocar a vida das pessoas.

Aí mais uma vez a palavra “desapego” me salvou. E assim está decidido. Vamos nos desapegar destes mais de três anos de confissões diárias (“a nossa pinguinha”, como sempre dizia a Débora) e abrir espaço para o novo. Esta atitude, aliás, vem ao encontro de tudo que sempre pregamos por aqui, de que é preciso em qualquer situação (seja amorosa ou profissional) faxinar nós mesmos e nos abrirmos de coração limpo para a constante renovação da vida.

Ainda me lembro do meu primeiro post (“Tenho em mim todos os sonhos do mundo”). Fui lá dar uma espiada e me surpreendi em notar que o texto fala exatamente sobre tudo isso. “Porque atrito provoca mudança e é o motor das nossas revoluções”, diz um trecho. Que assim seja.

Quero do fundo do coração agradecer a todos e todas que tiveram a paciência de ler os meus textos, que compartilharam, comentaram e até choraram. Foi um ano e nove meses de milhares de letrinhas que me aliviaram e também levaram conforto. Neste período, tanta coisa aconteceu, e serei eternamente agradecida por ter tido a companhia de vocês. Apaixonei-me, me decepcionei, voltei atrás, tive dúvidas e certezas, ri muito, chorei também e mudei (de casa algumas vezes, de colo outras tantas e até de cidade). Imensos obrigadas pela companhia de vocês leitores e principalmente à Débora e à Bela, que me incumbiram desta doce responsabilidade.

Ariana inquieta que sou, logo estarei inventando coisas por aí, e vou com certeza contar para todo mundo. Até muito breve e sorte na vida a todos.

Patrícia, A Solteira



8 comentários:

Albuq disse...

Patrícia boa sorte! Que Deus ilumine seus caminhos! Espero vê seus novos projetos em breve. bjssss

3 de julho de 2012 08:55
Giselle Mota disse...

Eh triste o blog acabar, mas entendo os motivos de vcs e fica um gostinho muito bom de saudade, era muito gostoso vir aqui ler, rir e aprender tb ;D
Sucesso pra vcs meninas!

3 de julho de 2012 10:12
Fernanda Gomes de Sá Paulo Poli disse...

Fiquei triste agora...Mas desejo sorte e felicidade as três! Beijo grande

3 de julho de 2012 12:36
Amanda disse...

Muita sorte, meninas! Bjão!
Amandinha.

3 de julho de 2012 14:58
Anônimo disse...

será coincidência que esta decisão venha justamente no momento em que estão as três apaixonadas? será? ah,a condição feminina...

3 de julho de 2012 19:11
Bruna Angeli disse...

Patricia sucesso e muitas felicidades!! Vocês três arrasam sempre!!Beijão!

4 de julho de 2012 06:51
disse...

Sucesso menina! Bons ventos pra vc.

4 de julho de 2012 23:03
Evelin disse...

Patrícia, obrigada por ter me proporcionado bons momentos com seus textos. Sucesso na sua vida. Que venham novos "apegos" tão bons como esse. bjs

Evelin

7 de julho de 2012 09:27