domingo, 10 de outubro de 2010

Comer, Rezar, Amar







Vocês já viram Comer, Rezar, Amar? Eu vi essa semana. E adorei. Estava ansiosa para conferir, gosto muito do livro de Elizabeth Gilbert. Aliás, como não gostar da história de uma mulher que, após um divórcio complicado, se dá um ano para pensar na vida e viaja para a Itália (comer), Índia (rezar) e Indonésia (amar, já que ela encontra o amor em Bali)?

Quem já se divorciou sabe que está tudo lá: o amargor na relação com o ex, aquela paixão nada a ver que vem logo depois por outro cara, a solidão, a redescoberta do amor. Julia Roberts está linda e super bem no papel (não se pode dizer o mesmo de Javier Bardem. Apesar de ser um ator maravilhoso, está meio canastrão como o namorado brasileiro de Liz, eu achei).

Para completar, a trilha sonora é bem gostosa. E os cenários, nem precisa dizer, são deslumbrantes. Delícia ver nas telonas as paisagens de Roma, o caos da Índia, o deslumbre que é Bali (fiquei louca para conhecer).

Recomendo muito, viu? Não perderá seu tempo quem quiser ir ao cinema conferir a epopéia de Elizabeth Gilbert interpretada por Julia Roberts na sala mais próxima.

Bom filme! E bom domingo. Beijos!

Isabela – A Divorciada

17 comentários:

Accácia disse...

Estou com vontade de ver mas meu tempo anda tão reduzido...
Talvez espere sair em dvd pra assistir!
Mas valeu a dica!
beijo!

10 de outubro de 2010 09:44
Diu Mota disse...

O título do filme já é bastante convidativo... Fica a dica.
um abraç pra vcs!

10 de outubro de 2010 10:20
Tati disse...

Estou lendo o livro e o tempo de ir ao cinema tbém esta reduzido, alias tem 3 filmes na lista!!
E o fato marcante é que aconteceu na fase dos 30, né.

10 de outubro de 2010 10:57
Cora disse...

Sim, o filme é perfeito!
E com trilha sonora incluindo música brasileira!!

10 de outubro de 2010 11:33
Lilly disse...

Estava pensando em assistir hoje. Tem 2 coisas que me deixam na dúvida: a primeira que já ouvi comentar que está bem diferente do livro e como amei o livro, tenho medo de ficar comparando e me decepcionar. A outra é que suspeitava que não ia gostar nada de Javier Bardem no papel de Felipe. E lendo o comentário, me desanimei mais ainda... Vou deixar para um momento mais animado... :) Obrigada pela dica!

10 de outubro de 2010 12:07
Blog Sozinha ou Acompanhada disse...

Eu fui! E tb amei! O fato da mulher que se vê naquela hora de ter que decidir quem é realmente e enfrentar seus medos e chavões! Comer pra nutrir o corpo, como resistir à Itália, rezar pra nutrir a alma, se ver no caos da Índia e sua magnittude que nos reduz a quem realamente somos e amar em Bali com a exuberância da natureza e a simplicidade da visão de mundo das pessoas como a dualidade. Até que gostei do Javier no papael do brasileiro Felipe. Claro que alguns detalhes do livro não surgiram mas indico sim muito o filme! Eu adorei é super feminino!
Nós do Sozinha ou acompanhada vamos depois escrever três comentários sobre este filme como fizemos com Sex and the city 2. É legal ver as visões diferentes que as mulheres têm!
beijocas Belinha,
Mari

10 de outubro de 2010 13:27
Luciana disse...

Eu adorei o filme! Li algumas críticas, acho que na Veja, falando o mesmo sobre o Bardén, mas discordo de vocês. Gostei dele, também. :-)
Não li o livro, e confesso que todos os filmes que vi depois de ler o livro me decepcionaram, por criar expectativas. São duas linguagens diferentes. Pode ser que o filme não tenha a riqueza de detalhes do livro, que por sua vez não tem as belíssimas imagens da Itália, da Ìndia, de bali, nem as belas músicas de Bebel Gilberto e Eddie Vedder.
Vale - e muito! - a pena assistir.
Bjs e parabéns pelo blog! é minha primeira visita!

10 de outubro de 2010 14:54
Flávio P. disse...

Belinha, o filme é realmente maravilhoso! Depois que acabar de ler o "Aprendiz de Cozinheiro" vou ler o outro livro de Elizabeth que você me recomendou!!!!

Na verdade você já sabia de tudo isso que escrevi aqui!!!! hehehehehe

Só passei para deixar um beijo e desejar um bom fds e um bom feriado!

beijos!

10 de outubro de 2010 15:35
Tuka Siqueira - Ktralhas disse...

Adorei a dica, assim que der vou conferir!

Abraços

10 de outubro de 2010 17:27
Andarilho disse...

Achei o filme bem fraco.

10 de outubro de 2010 20:04
Jeff Prestes disse...

Tb gostei do filme. Adorei a trilha, principalmente da musica do Eddie Vadder. Vai o link : http://letras.terra.com.br/vedder-eddie/1721243/

Td haver com o filme. Bjs

11 de outubro de 2010 10:57
Bia Venturi Bonelli disse...

Putz Bela, to com mta vonatde de ver, mas meio sem tempo. Seu comentário me deu mais vontade.
bjos

11 de outubro de 2010 12:07
Ácidas e Doces disse...

Oi Bela queridona
Pra mim o filme pode ser resumido em 3 palavras: paisagens, Ketut, Felipe.
Paisagens lindas, Ketut é fofo demais e Felipe (Belaaaaa, como assim?) um charme, apesar de eu não entender quase nada do português dele. Mas quem se importa? Lindo.
beijo grande
Kézia

11 de outubro de 2010 18:25
Blog Sozinha ou Acompanhada disse...

Belinha,

Vc é responsável por eu ler o livro. Amei. Quero ver o filme agora. Curiosa.
Beijos e bom feriado

Irma

12 de outubro de 2010 11:22
Lu Viana disse...

Perfeito! Amei o filme! Recomendo! Acho q todas nós merecemos um "Felipe" em nossas vidas, rs

12 de outubro de 2010 13:45
Cris disse...

Oi Bela!
Eu assisti esse final de semana. Juro que eu espera mais, mas sempre espero quando leio o livro antes. Apesar de ter gostado de eles terem mantido algumas coisas do livro, como a cena que ela decide se separar, acho que outras partes eles poderiam ter deixado mais leve e gostoso. Sinceramente achei cansativo, mas mesmo assim vale a pena. Beijos Cris

13 de outubro de 2010 08:07
disse...

Li o livro e adorei o filme, dá vontade de fazer a mesma coisa q ela fez.

Mas né...

bjos e boa semana!

@Revca

13 de outubro de 2010 14:29