segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Réquiem para um prego


Ótimo emprego, salário excelente, um relacionamento estável e um baita esforço para "estar sempre por dentro de tudo que é novidade", não importa que "tudo" seja esse e nem como. Se for por osmose está valendo também. O sujeito (ou a sujeita) empenha-se em seguir à risca a cartilha das pessoas incríveis. Só que não adianta nada porque nasceu e vai morrer prego.

Quem não conhece um que atire a primeira pedra. Ter um moleskine é essencial, e o prego paga o que for necessário para ter o bloco de notas do momento. Tudo isso porque as 12 pessoas que trabalham com ele, o seu mundo, tem um desses na bolsa. E ele não pode ficar de fora dessa. Quando o boom do Second Life rolou, o prego ficou maravilhado, só que muitos meses depois, quando o negócio já estava indo para o buraco. Entrar nesta onda do momento é um lampejo criativo, sob a ótica do prego.

As comunidades virtuais são fatais para os pregos. Ali, eles se comportam tal qual entrassem pelados na sua casa e fizessem cocô no meio da sala, na frente de todo o mundo. E, pior, sem se dar conta do tamanho da encrenca. Só você e o resto do universo ficam com vergonha, enquanto o prego procura onde sentar, o que vai emporcalhar ainda mais o seu espaço.

Sendo mais clara, ele encara uma página de Facebook ou de Orkut como uma mesa de bar e fala todas as merdas que lhe vem à cabeça. Escreve lá no seu mural coisas do tipo: "E aí, quantos já pegou até agora?" ou "Oi sumida! Caçando alguém por aí para estar tão ocupada?". Discernimento? Nunca ouviu falar.

A piadinha que passaria em branco entre um gole e outro de chope, e que ficaria restrita a um grupo de seis pessoas no máximo, vira um par de linhas escritas no seu mural para todo o sempre, e que pode ser lido a qualquer hora e por qualquer um dos seus amigos que sequer conhecem este ser humano-prego. Neste caso, a saída é teclar o delete e mandar a criatura para fora da sua listinha. Fazer faxina na lista de contatos destes comunidades é um ótimo exercício, aliás.

Amigos pregos têm sempre um elogio customizado para você. As belas palavras são cuidadosamente escolhidas e largadas em momentos estratégicos. A propósito, pregos adoram ser estratégicos, apesar de não o serem porque não é da sua natureza. Se fossem, ninguém notaria, certo?

Também adoram cursos, cursos, cursos e mais cursos! Destes tomamos conhecimento porque ele mesmo lança alguns de seus mais novos conhecimentos técnicos-estratégicos-diferenciados, só faltando citar a página ou o capítulo do parágrafo em questão. Meteu uma venda nos olhos e segue o mercado. Tira da sua vivência-prego conselhos prontos, elaborados como os elogios, e também largados nos momentos estratégicos - olha aí essa palavra de novo.

Pregos são cansativos, não dá para ter por perto por longos períodos. Eles podem ser da mesma geração que você, só que parecem aqueles parentes chatos, tipo primo de segundo grau da mãe ou do pai, que exige preparo psicológico pesado para aturar em maratonas de eventos familiares, gênero festas de final de ano. Prego assiste ao Zorra Total e seu repertório cômico é daquela cepa.

Prego-apaixonado pega no pé. Prego-amigo é inoportuno. Prego-parente é penitência. Prego-jornalista faz perguntas idiotas e por aí vai... Prego não tem cheiro, no entanto é fácil identificar quem mereceria umas boas marteladas nas ideias. Pregos, não adote um.

Giovana - A Solteira

9 comentários:

Anônimo disse...

Que legal sou o primeiro a comentar...Ah, de pregos a vida está cheias, e muitos deles estão do seu lado na maioria das vezes. A grande questão para um prego é chamar a atenção, seja de maneira discreta ou seja fazendo aquele "fundunço danado" nos cantos. Sabendo usar, eles mais ajudam do q atrapalham, afinal nenhum carro ou pc funcionaria sem uns pregos. E sabendo ignorar, eles acabam sendo inúteis, uma vez que prego que eh prego, precisa de barulho e platéia pra reinar...

14 de setembro de 2009 01:29
Sanzinha disse...

Eu conheço alguns pregos e concordo em tudo com vc!
Haja paciência!
Beijos e ótima semana para as três!

14 de setembro de 2009 01:39
Andarilho disse...

Hahaha, muito bom o texto. Eu adoto o estilo martelo de ser.

Encheu? Martelada nele! =)

14 de setembro de 2009 08:41
mulherpolvo disse...

Já reparou que prego do sexo masculino é bem mais prego que as "pregas" do sexo feminino???

14 de setembro de 2009 10:43
A Madrasta Má disse...

Olá querida tem um selo especial de blog enteado pra vc e promoção no Madrasta! Dê um mordidinha, to te esperando! Bjinhos da Madrasta!

14 de setembro de 2009 16:55
Ana Carolina disse...

Prego bom é "prego no pão" - "o" lanchinho português! :D
Beijinhos e uma ótima semana!

14 de setembro de 2009 17:38
Camille Mollona disse...

Prima...otimo teu texto!!! Aqui tambem ta cheio de pregos...hehe
Grande beijo e saudades!!!

15 de setembro de 2009 07:53
Rafael disse...

Ave... será que sou um prego e não me dei conta ainda?

16 de setembro de 2009 11:26
日月神教-任我行 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島機加酒 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 巴里島旅遊 巴里島spa推薦 巴里島機票 巴里島行程推薦 記憶體 情趣用品 情趣用品USB Flash DrivesMemory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 投資美國物業 美國租金報酬 美國房屋買賣 房地產投資說明會 美國房地產 美國置產須知 美國房屋物件 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車

18 de junho de 2015 06:37