sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

A obrigação não é só nossa

Sabe uma coisa que me incomoda demais e é um senso comum? Essa história de que nós, mulheres, somos as grandes responsáveis pelo fator “manter a chama acesa” num relacionamento. Abra qualquer revista feminina e lá estarão pelo menos três matérias com dicas de como a gente deve agir para não deixar a peteca cair em casa. Confesso que nunca leio as masculinas, mas, nas vezes em que li, não me lembro de ter visto nada nesse sentido direcionado a quem já tem parceira fixa, só para situações de conquista. Ou seja, você, homem descolado e pegador, faça assim e assado para seduzir. Depois, bem, é depois, não precisa mais se preocupar. Elas que façam o resto.

Eu sei que é da natureza feminina essa completude, essa grandeza de pensar tanto no outro. Já escrevi aqui e repito: para mim, nós somos criaturas absolutamente superiores nesse sentido. Na maioria dos casos, somos capazes de amar muito mais. Acho mesmo. Agora, não dá para aceitar que seja nossa responsabilidade apenas cuidar dos detalhes que fazem toda a diferença. Estou falando da programação a dois no sábado à noite, daquele torpedo fofo no meio do dia para mandar um beijinho, dessas bobagens fundamentais que a gente adora.

Não aceito que só as mulheres tenham que pensar nessas coisas. Se o outro lado não se preocupa da mesma forma, se anda descuidado, paciência. É a vida, é a rotina, é o que for. Melhor tentar tirar por menos, não alimentar expectativas, não sofrer. Ocupar a cabeça com outros pensamentos.

Meninos amigos leitores do 3xtrinta, vamos pensar nessas questões? Brigada! Meninas amigas leitoras do 3xtrinta, vamos todas sofrer menos?

Isabela – A Casada

12 comentários:

Inaie disse...

Isabela, nunca me senti assim. Nos meus relacionamentos, cansei de chegar do trabalho M O R T A de sono e fome, tarde pra caramba, depois de todo mundo ter ido dormir, e encontrar um bilhete fofissimo dentro da geladeira. Ou receber presentes inesperados, ligacoes do nada, recadinhos sem que nem por que...

Acho que muitos homens sabem muito bem que manter o relacionamento funcionando e responsabilidade dos dois. Quando nao fazem, nao podem dizer que e por ignorancia nao...e por relaxo mesmo!

16 de dezembro de 2011 06:07
Ana disse...

Amiga,

E quando viramos mãe, além de tudo isso, ainda temos que dar conta de amamentar, dar banho, cuidar e no final do dia sorrir...

Disse para meu marido que na minha próxima vida quero ser homem...

:-)

Beijo

16 de dezembro de 2011 09:02
Giselle Mota disse...

Eh verdade Bela...
E o pior de tudo, eh que a propria sociedade(inclusive muitas mulheres!)criticam as mulheres que mesmo depois de casadas, cobram romantismo, cuidados com o relacionamento e etc...dizem que queremos "viver como num conto de fadas".
Mas, no caso deles, ninguem diz que querem "viver um filme porno" na cama.

16 de dezembro de 2011 09:11
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Também acho deprimentes essas matérias "segura-marido". E tenho a impressão de que os pauteiros das revistas estão por fora do que acontece de verdade, pq vejo os homens da nova geração muito mais sensíveis neste aspecto, pois sabem que se descuidarem da relaçao correm o mesmo risco de tomarem um pé na bunda. As manifestações deles são diferentes, claro. Eles não compram uma cueca nova, mas trazem um presentinho ou te levam para jantar em um lugar diferente, por exemplo.

Com meu ex-marido, eu falava: "Se vc engordar, eu te largo, nhein". Claro que não o deixei por isso, mas era uma forma bem humorada de alertá-lo para continuar se mantendo lindo pra mim, assim como eu também me esforçava para isso.

Acho que se cuidar para o outro não é pura vaidade não, mas uma demonstração de amor e paixão também.

Bjs da Solteira

16 de dezembro de 2011 11:42
Marta Melo disse...

Concordo totalmente ,acho que manter a chama acesa de um relacionamento deve partir dos dois lados pois é muito desmotivante quando a vontade de agradar só vem de uma parte.Vai aí uma sugestão de um futuro post:Dicas simples de como manter o romantismo em uma relação(para homens!!!).Bjs!!!

16 de dezembro de 2011 12:56
Anônimo disse...

Huuum, o Agora costuma fazer maravilhas, hã?!

;-(

GB, the slave

16 de dezembro de 2011 13:50
Alynne disse...

Concordo! E, gracas a Deus, o Marcos eh beeeem atencioso e cuida bastante da nossa relação.

Nem eh romantismo, sabe? Eh cuidado mesmo. Um amor. Meu amor!

Beijos

16 de dezembro de 2011 14:44
Lidiane Katiucia disse...

Concordo!!! A gente tem que rebolar, ser a mulher maravilha da relação para não peder o parceiro, e eles quase que não fazem nada.
"Quem não te procura, não sente sua falta, quem não sente sua falta, não te ama!"
http://divasnodiva-lilith.blogspot.com/2011/12/homem-frouxo.html

16 de dezembro de 2011 14:50
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Tb não curto esse tom de matéria não...

E considerando que hj em dia as pessoas se casam pq se gostam, e não mais por obrigação ou contrato, não vejo porque "ter que segurar marido".

deb

16 de dezembro de 2011 16:00
Anônimo disse...

Oi, Bela!!!
Ando tão sem tempo de visitar a pag, mas sempre que entro adoro!!! Ótimo post, Bela!! Concordo com vc; e acrescento um detalhezinho: na fase de namoro, já dá p/ perceber se o cara é romântico ou não, cabe a vc decedir se isso é um ponto fundamental. O Nicolas é completamente Sherek! KKKKK!!! Não espero atitudes como bilhetinhos, torpedos, presentinho... Mas ele demonstra que me ama de outras formas. Não estresso, nem sofro. Foi assim que o conheci, é assim que o amo, e tenho certeza do amor dele por mim. Bjos a todos!!! E fica a dica: quem não se acostumar com um Ogro, procure um principe, pois Sherek de Principe, já viram que é tragédia. BJOSSSS, Bob Nana!!!!

17 de dezembro de 2011 11:23
Evelin disse...

Ah, super concordo!

Compromisso de ambos!

Beijos

Evelin

17 de dezembro de 2011 12:35
Eu disse...

Não sei se já aconteceram com vcs. Mas já ouvi algumas vezes, quando um casamento não dá certo, a culpa sempre é da mulher...

20 de dezembro de 2011 10:11