quinta-feira, 30 de outubro de 2008

A terapia da calcinha

Amiga solteira: amei as suas considerações sobre a importância da lingerie na vida de uma mulher. E aproveito o gancho para trazer as minhas contribuições para este debate.

A roupa íntima é mais que uma aliada da divorciada. Está-se falando aqui de uma bandeira de libertação, um símbolo da vida nova que a gente começa a levar depois que se separa. Portanto, regra número um: está separada? Renove TODO o seu estoque de lingerie. Eu joguei tudo o que tinha fora. E não deixei pedra sobre pedra na minha gaveta de calcinhas.

Até hoje, quase sete meses depois do fim, ainda me dedico à tarefa de mudar tudo. E morro de rir sozinha quando me deparo com a profusão de rendas, texturas e laços que tenho no armário. Uma coisa assim meio Carnaval de Olinda com uma parada na Marquês de Sapucaí, que para mim cor pouca é bobagem.

No meu caso, a terapia da lingerie influenciou até a trilha sonora dos meus primeiros meses de separada. Há tempos A Marcha da Calcinha, o grande hit do CD Francisco, Frevo e Forró, do Chico César, não sai de perto do som da sala: "A vida, tirou a calcinha pra mim/Me dominar, Me amar/Me amarrar com seda e cetim".

Pois é, a vida tirou a calcinha pra mim. E eu, que não sou boba, compareci.

A Divorciada

3 comentários:

Recém-separada disse...

Cara amiga divorciada. Segui os teu conselhos, renovei 100% minha gaveta de calcinhas e estou quase pegando um 'menino' 10 anos mais novo do que eu. E isso que eu não sou a Vera Fischer, nem qualquer outra 'atriz' famosa e gostosona... HAHAHA
Se eu pegar conto como foi... mas não aqui, claro.

30 de outubro de 2008 18:38
Anônimo disse...

Trocar, mudar e principalmente jogar no caldeirão do inferno as calcinhas infectadas com lembranças do passado é o caminho número 1 da exorcização de um ex babaca.kkkkkkkkkkkkkkkk.Adivinha quem acha isso? rsrsrsrs

2 de novembro de 2008 23:34
Bruno Rossi disse...

Belinha!

O blog está ótimo, muito divertido. Vou passaR O ENDEREÇO PARA UMAS AMIGAS QUE VÃO ADORAR.

Beijos e boa sorte com o blog.

19 de novembro de 2008 22:26