terça-feira, 13 de outubro de 2009

Cantadas por apenas 1,99

Primeira cena foi numa loja de departamentos em Barcelona. O motivo passou reto pela seção de lingeries, perfumes, cosméticos, entre outras coisas que esvaziam a cabeça e fazem a alegria das consumistas sem culpa no cartório. A razão era prática e nada charmosa: comprar um carregador para o laptop que voou quase 10 mil quilômetros e já estava ficando sem bateria.

Sim, tive a capacidade de botar o computador na mochila e deixar o carregador em casa. Sem comentários. Um daqueles carregadores universais não saía por menos de 40 euros. "Muito caro! Onde consigo um mais barato?" disse. "Brasileña?" rebateu o vendedor, fazendo cara de galãzinho. Me senti tão exótica quanto um mamão papaia no Alasca.

O sujeito até que tinha seu charme, mas chamava a atenção o uniforme terno e gravata na tal loja de departamentos. A proposta era ser chique, mas em mim provocava umas ondas de riso que controlei a duras penas. Diante da pergunta que acrescentava nada, respondi apenas que sim.

Em seguida, saquei o mapa da cidade e pedi para que ele me mostrasse onde ficava alguma loja especializada em equipamentos eletrônicos. Quem sabe lá eu não seria assaltada por causa de um simples carregador. Meu cabelo estava molhado, amarrado num coque ordinário que desabou em 15 minutos. "Humm, pelo largo...", comentou o rapaz, depois de me ensinar o caminho das pedras rumo a tal loja. Na hora, imaginei o sujeito me vendo como uma égua galopante, de pêlos esvoaçantes, e sabe Deus mais (ou menos) o quê. Égua, brasileira, de cabelão?!? Enfim, ri, agradeci e caí fora.

*****
Seguindo a máxima "economia pouca é bobagem", celular desligado durante as férias é uma boa prática. Se precisava ligar para o Brasil, ia de telefone público e cartão telefônico. Numa das compras, sempre na banca de jornal mais próxima, pedi para o tiozinho da tienda com meu espanhol mediano que me gustaría una tarjeta telefónica. Réplica na bucha: "Para llamar a Brasil?" Inocente, perguntei como ele sabia. O coroa deu aquele sorrisinho cafa de canto de boca, e fez com a mão um gesto como quem diz "eu sei só de escutar".

Não feliz em tirar essa onda de cara, deixou para me passar aquele caixote bem na hora do pagamento. Dei o dinheiro com uma mão, e fui com a outra pegar o cartão da mão dele. O cartão deveria seguir o seu destino sem escalas, certo? Errado! O tiozinho deu aquela puxadinha, igual fazia aquele seu tio mala quando você queria uma coisa e ele não te entregava de primeira, sabe? Como já passei dos 30, minha tolerância é zero com isso. Então, pedi meu dinheiro de volta.

Ao entregar o cartão, me disse: "Você tem lábios lindos". Enfim, caí fora, e as gargalhadas.

Giovana - A Solteira

PS: comprei o carregador universal, que era incompatível com o laptop. Devolveram meu dinheiro, mesmo preço da primeira loja. Carregador universal? Só se for de outra galáxia.

8 comentários:

Andarilho disse...

Ah, mas fala a verdade, mesmo depois dessas, o ego fica um pouco massageado, né? ;)

13 de outubro de 2009 08:04
Camille Mollona disse...

Gio!

Acho muito bom sempre ganhar umas cantadas...a auto estima fica lá emcima!

Bjs bem grande pra minha prima gatona!

13 de outubro de 2009 09:15
Clarissa B. disse...

Olá.. é a primeira vez que comento nos seus posts... (Já comentei no da divorciada)...

Cantada é sempre cantada... tem dia que faz um bem pro ego... mas tem dias que preferiamos que nem existissem (aqueles melhores dias do mês)...

;)

Bjo.

13 de outubro de 2009 11:21
OMAR HAIKAL disse...

AS BRASILEIRAS SÃO DESEJADAS EM QUALQUER CANTO DO MUNDO! HAHAHAHA
É MELHOR OUVIR DO TIOZINHO QUE SEUS LÁBIOS SÃO LINDOS, DO QUE UM "VC EH O OVO FRITO QUE FALTA NA MINHA MARMITA" DE UM PARAÍBA NO RJ!

13 de outubro de 2009 15:45
selectomsv disse...

Tem cantada que não vale nem 1 real!!!
hahaha

13 de outubro de 2009 16:31
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Tirando aquelas cantadas mega grosseiras, eu adoro todas. Às vezes até retribuo mandando beijinhos de volta :-p

bitoca

Deb

13 de outubro de 2009 20:04
Lari (larissakarvalho@hotmail.com) disse...

hahaha... Minha sugestão é irmos todas a Barcelona em busca de cantadas de 1,99 (em euro, claro!), pq as cantadas brasileiras não tão valendo é nada!! kkkkkkkkkkkkk

Beijo

14 de outubro de 2009 01:12
Mulheres Neura disse...

uhaahuuhaauhuahuhauhha

cantada em espanhol tem mais "catigoria" uhauhauhuhuhauh

mas que deu pra massagear o ego ahhh isso deu, diz a verdade...

agora ouvir "você é o ovo frito que faltava na minha marmita" é de matar qualquer uma.... de raiva!

Deb, ainda estou atrás de um controle remoto universal que sirva pro meu DVD, até hoje não encontrei, nem na feira do paraguai em Brasília... tranquila que de universal só tem o nome.

beijos

14 de outubro de 2009 05:01