segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Declare seu amor-próprio

Eu tenho orgulho de escrever num blog que defende que todo mundo deve se amar e se valorizar. Vira e mexe, falamos disso aqui. Por isso mesmo, foi só ler uma frase da nossa amiga e leitora Kézia – A Chiquérrima, sobre o assunto, para me inspirar a escrever este post. Abaixo, algumas declarações de amor-próprio ditas por mulheres queridas. E muito especiais. Para inspirar e fazer rir, claro, mas sem perder a admiração por si mesmo jamais. Lá vai:

“Depois de perceber o quanto amo conversar com pessoas inteligentes, tenho conversado muito comigo mesma”. (Kézia)

“Vamos falar do que realmente importa? Vamos falar de mim?” (Kézia)

“Adoro frequentar a padaria Esplêndida porque me identifico com o nome”. (Isabela, vulgo eu, A Casada)

“Sim, estou linda! Vestida de princesa. Linda, linda!” (Olívia, 3 anos, depois que uma amiga da mãe a perguntou “Tudo bem?”)

“Sucesso para os outros, que o nosso tá garantido”. (Geo)

“A gente já é inteligente, legal e bem humorada, já pensou se a gente ainda fosse bonita? Não ia sobrar para ninguém”. (Karen)

“Passei o Réveillon com um short lindo, estilo ‘sou gostosa no Carnaval de Olinda’”. (Mari, que depois dessas aspas me inspirou a batizar qualquer look com short como “sou gostosa no Carnaval de Olinda”, hahaha!!!)

“Bonitinhas são as outras, porque nós somos lindas”. (Van)

“Não faço nada mal feito”. (Dona Marlúcia, vulgo mainha, minha mãe, toda, toda, sempre que alguém elogia um de seus três filhos).


E vocês, como gostam de dizer que se amam? Eu quero saber. A aguardo comentários inspiradores.

Beijos, beijos, beijos,

Isabela – A Casada e A Esplêndida

6 comentários:

A. Marcos disse...

Lembrei da música "Egotrip"da Blitz.

27 de fevereiro de 2012 11:14
Kézia disse...

A partir de agora eu sou a mais nova "gostosa no carnaval de Olinda". Curitiba, tremei!!

Beijo
Kézia

27 de fevereiro de 2012 13:05
Anônimo disse...

Leio o blog religiosamente!

E sabe uma coisa que preciso mt é autoestima!!!!

27 de fevereiro de 2012 14:06
Anônimo disse...

Autoestima devia ser um registro inato, algo anexado ao DNA! Sou totalmente a favor da campanha pró-autoestima das gentes!

Mãe da Olívia

27 de fevereiro de 2012 15:02
Evelin disse...

Frase da mami: "Eu sou demais"

=)

Beijos

Evelin

27 de fevereiro de 2012 15:50
Mariana disse...

Vamos combinar: não são apenas os elogios dos outros que nos fazem bem, né? É gostoso encher o peito e soltar uma frase dessas, com confiança... nem que seja só pra rir depois. :)

Adorei o post, Bela. Força para o nosso amor próprio!

Beijos,

Mari, a gostosa do Carnaval de Olinda

7 de março de 2012 14:15