sábado, 25 de fevereiro de 2012

Por causa de você





Tudo culpa sua que o meu primeiro fio de cabelo branco tenha aparecido aos 14 anos. E que a minha taxa de açúcar esteja sempre ali, no limite. Que eu fique insuportável quando estou com fome, que a minha fome seja quase sempre infinita, que eu possa ter problemas de coluna no futuro. Mas eu também devo a você uma certa serenidade que me acompanha em todos os momentos, o meu nariz, um pouco da elegância da Tia Francisquinha, não por acaso a irmã que mais se parece com você (ou você com ela, que chegou primeiro, melhor dizendo). Por causa de você eu adoro ler jornal, principalmente os de domingo. Pensando bem, somos muito parecidos, não somos? (Mainha, não fique jamais com ciúmes, que, como vc sabe, eu sou a mais misturada dos três herdeiros, tenho muito de você também. OK?)

O maior legado, no entanto, painho, é aquele pelo qual eu lhe sou mais grata. Por causa de você, aconteça o que acontecer, eu não deixo de agir com honra, de pensar nos outros, de querer ser correta. De ver no caráter a maior de virtude que qualquer pessoa pode ter. Não é à toa que, a cada vez que ouço Lupicínio Rodrigues cantar que “a vergonha é a herança maior que o meu pai me deixou”, eu me lembro de você. Obrigada por isso.

Obrigada por ser meu pai. Te amo, viu? Parabéns pelo seu dia, feliz aniversário, felicidades mil.

Gente, vamos desejar happy birthday para painho comigo? Brigada!

Beijos, beijos, para ele e para vocês todos,

Bela – A Casada e A Filha






11 comentários:

Andarilho disse...

Parabéns para o pai da Bela.

E a foto tá muito bonita.

25 de fevereiro de 2012 09:09
Anônimo disse...

Um homem e tanto... dificil de ver por ai. Um super pai. Orgulho grande de tb ser seu filho. Beijo enorme na melhor careca do brasil!!

ass. Felipe Barros

25 de fevereiro de 2012 09:45
Anônimo disse...

Bela, adorei a sua mensagem sobre o meu aniversário, bem como, a compa- ração.Ok.

Obrigado por tudo, beijos do seu pai.
Heleno.

25 de fevereiro de 2012 11:03
Anônimo disse...

Texto belíssimo, com uma riqueza de detalhes e precisão que impressiona. A serenidade e uma "sonsidade" bem peculiar também são características deste cidadão, por coincidência também meu pai. Parabéns a ele por uma primavera e por tantas outras ainda por vir. Ah e meu "abuso" é por parte de mãe :P

Beijos, o caçula

25 de fevereiro de 2012 11:12
Anônimo disse...

Bela,

Parabens pelo texto cheio de carinho e admiração que seu pai merece. Não estou com ciume e sim muito feliz por ter acertado na escolha do homem que seria pai de vocês e meu grande companheiro.
Beijos
Sua mãe

25 de fevereiro de 2012 12:19
Anônimo disse...

Muito legal o texto Bela! E linda a foto também.

Parabéns Tio! Felicidades e muitas primaveras ainda pela frente =) Tudo de bom!

Beijos, Mariana.

25 de fevereiro de 2012 15:19
Anônimo disse...

A sua paciência e educação são virtudes marcantes de sua vida. Continue sempre assim, muita saúde, muita paz. Abraços, Erilene.

25 de fevereiro de 2012 15:22
Anônimo disse...

Já disse pessoalmente, mas deixo registrado (imortalizado?) aqui, os meus desejos de felicidades, saúde e paz, uma honra para mim poder conhecer e conviver com pessoa tão educada, serena e sábia. E também agradeço, por ter um dia decidido ter tido uma filha, não tão serena, mas ainda sim, minha companheira. ;-)

Um forte abraço,

Genro Belo

25 de fevereiro de 2012 17:11
Giselle Mota disse...

Lindas palavras Bela!
Parabens pro seu pai, toda felicidade do mundo ;D
Sua familia parece muito bacana!
Bjos

25 de fevereiro de 2012 21:57
Anônimo disse...

Confesso que estou emocionada após ler um texto tão sincero e marcado pelo AMOR em cada palavra escrita.
Fico feliz de compartilhar este momento com vocês.Tio Heleno,parabéns pelo bom exemplo que és.Tua irmã querida manda um abraço grande. Beijos. Eulina.

26 de fevereiro de 2012 13:49
Carol disse...

Belíssima, que texto lindo!!

Quanto carinho! adorei.

E a foto?? uma graça!

Parabéns pro seu Pai!

Beijos

27 de fevereiro de 2012 12:21