segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Confesso: quero ser mãe

Aconteceu de repente. E até me assustei. De uns tempos para cá, tudo que se relaciona com bebês anda me chamando muita atenção. Fico olhando com excessiva ternura para toda criancinha que vejo na rua.

Num dia desses, após um olhar babão sobre um deles, acordei do delírio e olhei bem no fundo de mim mesma, e perguntei: “O que que tá acontecendo, Patrícia?”. Aí percebi que ocorreu comigo o que muita gente me falava quando o assunto filhos entrava em pauta: “Uma hora vai bater em você a vontade de ser mãe”. E eu desdenhava...

Ando me achando esquisita, confesso. Porque não pensava muito a respeito deste assunto, mesmo já estando com o meu prazo vencendo para este tipo de empreitada. Mas, agora, quando paro para pensar, me soa como algo simples e natural, e não tenho mais aqueles pensamentos de que uma gravidez atrapalharia minha vida. Ao contrário, mudaria ela se fosse necessário para encarar este desafio. É uma sensação boa e assustadora ao mesmo tempo.

Também fiquei refletindo sobre como não estava preparada quando uma vez, lá no passado, o assunto surgiu. Era o momento certo, a pessoa certa, as condições certas. Mas o mais importante (eu!) não estava no momento certo não. Ainda bem que não aconteceu no final das contas.

Outra prova de que mudei com relação a este assunto é que tomei dois “sustos” recentemente, se é que vocês me entendem. E não me apavorei. Enfim, pode ser que seja tarde e que eu não encontre um pai, mas é o que se passa no meu coração no momento. E acredito que no de muitas trintonas como eu também. E em vocês, bateu?

Patrícia, A Solteira

18 comentários:

Inaie disse...

eu nao tive tempo de esperar "bater". Engravidei aos 24 e depois aos 26. As duas vezes sem planejamento e as duas vezes as bebes foram mais que benvindas. Aos 30, eu ja tinha a casa cheia...

28 de novembro de 2011 02:46
Irina Nina disse...

Comigo aconteceu assim tb.
De repente eu vi que eu tava me derretendo pra tudo que era neném na rua, vendo vitrines de roupinhas, conversando com grávidas...
Bom, devo dizer, Patrícia, que não é possível sem pai, mas sem MARIDO, é super possível.
Sou solteira e meu filho tem 1 ano e 9 meses.
Não planejei passar por isso sozinha, mas, o resultado líquido é o mesmo: dá pra ser mãe avulsa de boUUa. Risos.
Beijos, querida.
E boa sorte, seja como for!

28 de novembro de 2011 08:08
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Uau!!! Adoro posts com grandes revelações!!!

Vai fundo, amiga. Eu acho que vc vai ser uma ótima mãe. Que os anjos digam amém!!!

Beijos, beijos,

Bela - A Casada

28 de novembro de 2011 11:58
Anônimo disse...

Esse post falou muitooo comigo pq quando fiz 29 estava num relacionamento conturbado que casar mas era "impossível" se é que vcs me entendem...agora com 30 até choro quando vejo bebes..Um dia senti uma coisa dentro de mim de verdade, algo não emocional mas físico mesmo,foi uma coisa diferente nem sei se isso é possível, mas eu senti, como se meu útero gritasse por um bebe, isso tem me abalado muito, pois estou sozinha e ainda apaixonada pelo meu ex no qual a chance de ficarmos juntos é mínima...choro horrores E filho sem Pai não é pra mim, quero filho com Familia..

28 de novembro de 2011 11:59
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Uau!
Tb adorei a revelação!
=)

Minha vontade louca bateu em 2008, quando eu tinha 29 anos e comecei esse blog aqui. Depois que separei, passou e confesso até que ando num momento questionando se quero mesmo. Mas tenho quase certeza de que já já essa vontade volta, hahaha.

Um dia, quiçá, seremos 3xbaby! uh!

bjks

deb

28 de novembro de 2011 13:21
Carol Leão disse...

Bateu !!

É meu sonho ! Fico encantada olhando bebezinhos. Me falta ainda um pai e, principalmente estabilidade financeira.

Enquanto isso curto meus primos e os filhos das amigas.

Bjinhos

28 de novembro de 2011 13:31
Carol disse...

É a Diguê Mamis e Meiga! =D

28 de novembro de 2011 14:15
Evelin disse...

Que legal!

Vá fundo!

Quanto a mim, ainda não bateu. Quem sabe aos trinta? (rsrs)

Sorte!

Beijos

Evelin

28 de novembro de 2011 14:39
Anônimo disse...

Quando eu era mais nova, tudo que eu queria, era ser uma mulher bem sucedida! [a metida].
e hoja, casada, me vejo na mesma situação. babando literalmente bebes. Sabe que seu post me ajudou a entender o que tá acontecendo comigo...
não tinha caído minha ficha.
eu quero ser mãe. rs...

28 de novembro de 2011 17:49
Anônimo disse...

Bom o "namorido" ou como queira chamar faz idéia desta sua intenção? Ou vai fazer tal qual a novela eq ue o que importa é apenas a sua decisão.

28 de novembro de 2011 18:01
Marta Melo disse...

Quando vi esse tema de vcs lá no facebook me assustei,pensando que minha amiga Bela tinha finalmente criado coragem para este tipo de empreitada...Corri ,abri o link emocionada ,pensando "Meu Deus Fábio tem que aproveitar,a hora é essa antes q ela desista" kkkkk.Não foi dessa vez, mas espero ansiosa por esse post versão Bela ,a casada.Para Patrícia ,a real autora dessa idéia só posso falar que siga em frente pois ser mãe é maravilhoso,dá um sentido a mais para a vida!Um beijão para vcs!!!

28 de novembro de 2011 22:41
Anônimo disse...

O momento certo acho que nunca vai existir, pq a única certeza são as nossos incertezas. Torço para q tenha novidades e o site 3xbaby!!

Favo

Bjos meninas

1 de dezembro de 2011 14:07
Anônimo disse...

Essa vontade esta batendo e com muita força,o problema é achar alguém pra isso né,já tentei engravidar até por descuido rsrsrsr e não deu,então decidi deixar o tempo de Deus acontecer na minha vida,e ruim porque vejo todas minhas amigas se casando e tendo filhos e comigo não acontece,me sinto frustrada por isso, muito mesmo....

6 de janeiro de 2012 16:19
viviane disse...

Essa vontade esta batendo e com muita força,o problema é achar alguém pra isso né,já tentei engravidar até por descuido rsrsrsr e não deu,então decidi deixar o tempo de Deus acontecer na minha vida,e ruim porque vejo todas minhas amigas se casando e tendo filhos e comigo não acontece,me sinto frustrada por isso, muito mesmo....

6 de janeiro de 2012 16:32
Josi Castro disse...

Diguezita, vc me conhece bem. Então vou falar por mim....
Já passei por esse momento. Ele vai e volta váááárias vezes. Mas meu lado racional me ajuda a fincar meus dois pés no chão... Ainda não tenho s condições necessárias pra colocar um filho no mundo (em termos de estabilidade emocional e financeira mesmo). Mas não desisti do sonho. Se não for por vias naturais será por vias legais...

Mas que serei, isso serei!!!
Beijinhos,,

Josi

14 de fevereiro de 2012 22:28
Bruno disse...

Tenho muita vontade de ser pai!
Sou solteiro, 32 anos, saudável, boa formação, bom nível cultural, funcionário público, moro no Rio de Janeiro, divertido, responsável, ciente de todos os desafios da paternidade, adoro crianças e com o relógio biológico apitando (rsrs)... Homem também sente essa necessidade, acredite!
desejodepaternidade@gmail.com

29 de abril de 2013 13:14
日月神教-任我行 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島機加酒 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 巴里島旅遊 巴里島spa推薦 巴里島機票 巴里島行程推薦 記憶體 情趣用品 情趣用品USB Flash DrivesMemory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 投資美國物業 美國租金報酬 美國房屋買賣 房地產投資說明會 美國房地產 美國置產須知 美國房屋物件 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車

17 de junho de 2015 20:08
Anônimo disse...

Doador de sêmen para mães independentes: umdosanjos@gmail.com

5 de janeiro de 2017 09:12