segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Troca de nomes

É sempre a mesma história, a pessoa troca de namorado (a) e quando começa a se acostumar com a nova companhia, acaba cometendo o deslize de chamar o (a) atual pelo nome do (a) ex.

Daí começa uma crise, tem gente que chora (as mulheres, of course), se descabela e até diz que vai se separar. A maioria das pessoas, percebo, considera este lapso uma infração gravíssima, sujeita a perder a habilitação de namorado (a). Penso que estas pessoas talvez se sintam traídas, como se o (a) companheiro (a) estivesse apenas fingindo um sentimento, quando na verdade ainda pensa na (o) outra (o).

Concordo que seja difícil quando, numa conversa, de repente, o nome da (o) outra (o) aparece de repente, como um fantasma que ressuscita e vem puxar o nosso pé. Claro que já aconteceu comigo. Fica mesmo um mal estar, faz a gente lembrar que a outra pessoa já esteve exatamente ali no nosso lugar, desempenhando o mesmo papel, com a mesma importância. Bate ciúme, insegurança e até uma certa raiva.

Mas quando aconteceu comigo, tentei não superdimensionar a mancada dele. Na hora, dá um sustinho, mas a gente tem que ter consciência de que o engano pode simplesmente se tratar de uma força de hábito, não necessariamente que a pessoa esteja com saudades da (o) outra (o).

O que me ajudou a controlar a decepcção foi lembrar que já estive do outro lado, não de quem troca o nome, mas de ser a dona do nome trocado. Explico: Certa vez, um ex me contou que chamou a então namorada com o meu nome. Segundo ele, a menina até chorou, e o ciúme de mim que ela já alimentava se potencializou. Ouvindo aquilo, percebi o quanto este equívoco pode não significar nada e não vale a pena estragar a noite por isso.

Patrícia, A Solteira

15 comentários:

3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Você está certíssima, Pat. Agora, se acontecesse comigo, acho que ia rolar uma ira básica, hahaha!!!

Beijos, beijos,

Bela - A Casada

7 de novembro de 2011 11:47
Carol disse...

Mulher, eu troco até o meu nome, imagine dos outros. Uma loucura.

Matheus vira Miguel, Marcelo vira Matheus...ai, Gzuis...rs

7 de novembro de 2011 11:50
Andarilho disse...

É uma situação bem chata, sem dúvida. Li uma vez em algum livro (provavelmente de auto-ajuda) que o nome é o som que a pessoa mais gosta de ouvir, hehehe.

7 de novembro de 2011 12:02
Alynne disse...

Ai Patricia, eu já cometi este equivoco e foi horrível! Posso garantir que nao teve nada com saudade, mas causou muito constrangimento para mim e para ele.

O pior eh que nao tem muita justificativa, o jeito eh confiar no sentimento existente e seguir em frente!

Beijos

7 de novembro de 2011 12:05
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

É só chamar de "moooor" e "baby" que não tem erro! =P
debiiii

7 de novembro de 2011 12:28
Evelin disse...

hahaha
concordo com a Débora!

Patrícia, você está certa, mas se isso acontece comigo, sei não, falar é tão fácil rs.

Beijos

Evelin

7 de novembro de 2011 15:34
Jade disse...

Oi meninas adoro o blog de vocês, leio todos os dias.
Isso nunca aconteceu comigo, mas tenho um problema aparentemente besta com a ex esposa do meu namorado, porém mais complexo do que parece. Já tentei tantas alternativas, mas não sei como lidar com isso.
Gostaria de ter alguns conselhos posso enviar minha história para o meu dilema?

7 de novembro de 2011 18:33
Giselle Mota disse...

Putz, ja aconteceu comigo e na hora h! So que eu era novinha, fiquei mal e guardei pra mim...trouxa!
Ah se fosse hj...o bicho ia pegar!
Deb concordo com vc, mas a gente "vicia" tanto nos apelidinhos, que ate meu irmao ja chamei de amor...hauahuahauahua
Acho q pra mim o nome fica mais facil...hehehe
Bjos meninas!

7 de novembro de 2011 23:07
Jú... disse...

Isso aconteceu comigo HOJE... exatamente hoje.

Nooossa.... e pior que são 2 nomes bem diferentes... meu ex eh um judeu Aaron. Meu atual é Inglês... Elliot.

Foi horrivel. =x

7 de novembro de 2011 23:23
Patricia Digue disse...

Jade, mande sua historia pra gente, no 3xtrinta@gmail.com, bjao

Patricia

8 de novembro de 2011 00:28
Marta Melo disse...

Que alívio saber q isso é mais natural do que se pensa...Já troquei,apenas por força do hábito mesmo,mas é constrangedor demais!!!Acho q é por isso q os homens nos chamam tanto de amor,linda...Bjs

9 de novembro de 2011 11:26
Laiane Perez disse...

É isso aconteceu comigo, por isso resolvi pesquisar sobre o assunto, é que pra mim soou natural, não fiquei chateada, ao contrário, compreendo, até pq nao faz mto tempo q terminaram, mas quem ficou preocupado foi ele, nossa, ele ficou muito decepcionado com ele mesmo, detonou a noite... eu tentei levar numa boa, expliquei que é normal (desde que ele tenha errado por acaso e nao por saudade), mas ele realmente nao ficou bem... pq será? eu nem fiquei grilado com a ocasiao em si, mas sim com a tristeza que ele ficou por ter cometido o deslize básico...

20 de dezembro de 2012 00:35
Anônimo disse...

Caramba! O pior de chamar o atual pelo nome do ex, é o atual ficar possesso, e vc ainda dizer que não disse... Esse é o meu caso! Fico muito mal com isso, fui casada por 16 anos, e numa conversa mais acalorada eu disse o nome do ex, que raiva de mim! Daí eu falando pra ele, vc se enganou eu nao disse o nome dele... Óbvio q falei.... Que ódio que óóóódiooooo! Ainda mais pq nunca quis magoá-lo, foi sem intenção caramba, e como ele é difícil, certeza que vai ficar um bom tempo sem falar comigo... Pq q é q isso aconteceeeee carambaaaaaa

4 de dezembro de 2013 13:51
日月神教-任我行 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島機加酒 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 巴里島旅遊 巴里島spa推薦 巴里島機票 巴里島行程推薦 記憶體 情趣用品 情趣用品USB Flash DrivesMemory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 投資美國物業 美國租金報酬 美國房屋買賣 房地產投資說明會 美國房地產 美國置產須知 美國房屋物件 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車

17 de junho de 2015 20:14
Marcelo Caetano disse...

Quem acha que é só um deslize deveria ler um pouco sobre atos falhos... Porque Freud explica isso aí. Talvez não seja exatamente por saudade (e talvez seja sim!) mas certamente há um conflito inconsciente de alguma natureza envolvendo o nome que foi dito na hora errada. Acabei de passar por isso. Como já faz uns anos que gosto de ler sobre esse tipo de coisa, não consegui relevar e fim de namoro.

16 de julho de 2016 06:51