terça-feira, 5 de maio de 2009

Onde estão os divorciados?

Gente, a nossa amiga Debs, a Casada, abriu a série Entreviste seu similar do sexo oposto com uma conversa hilária com Mr. Casado. Quem não viu, veja, aliás. Agora é a minha vez, preciso entrevistar um divorciado. Num bate papo com las chicas essa semana, me dei conta: e quem eu vou entrevistar? Onde estão os divorciados? Será que os homens não ficam separados? Só solteiros ou casados novamente? Assim, na sequência, sempre?

Esquisito conhecer tantas divorciadas (tenho um timão incrível de amigas nesse estado civil. Cris e Geo, beijões para vocês, falando nisso) e apenas três divorciados. E, olha, não quero entrevistar nenhum deles aqui. O primeiro é um fofo, um amigo. Tão fofo que eu acho que ficaria com vergonha de dar entrevista. E de dizer que prefere não dar entrevista, vocês entendem? O segundo é parente. E mais gente da família lê esse blog, não quero constrangê-lo também. O terceiro? Bem, o terceiro toparia e ia até gostar, acho, mas pertence à categoria “insanos master” de homens. Não ia falar coisa com coisa. Não, vocês não merecem.

Assim, para responder a questões de extrema importância como “onde estão os divorciados?”, peço que você, amigo divorciado leitor deste blog, escreva para 3xtrinta@gmail.com e se habilite para a missão. O primeiro que se manifestar será entrevistado. As perguntas serão enviadas por e-mail. Prometo ser objetiva e não alugar muito o seu tempo. Ah, e não precisa assumir a identidade se não quiser. Assinamos como Mr. Divorciado, sem problemas.

Beijos,

Isabela – A Divorciada

9 comentários:

Suelyn Morais disse...

Que será que se habilitará?
Essa eu quero conferir!

BeijooO

=D

5 de maio de 2009 18:24
Beta disse...

só conheço mulher...e do jeito que as coisas andam...bota o amigo pirado mesmo...a gente rí pelo menos...

mais um pirado na vida num mata!

haha

ps: vou ter de ameaçar vcs de morte ou roubar um banco...heeeeeeeeeeeeeeeeeein Isabelaaaaaa!

hunfs

5 de maio de 2009 18:28
Beta disse...

HAHA TÁÁÁÁ´BOM!

nessas horas agradeço não ter feito mestrado e fazer meus pais virem me ver...hahaha

fico no aguardo e boa viagem xuxu...aproveite!

Beijókas

5 de maio de 2009 21:41
conversaatrevida disse...

olha, quando eu era babá no Rio de Janeiro eu via muitos divorciados nas seções de teatro infantil...
Fim de semana ficava lotado...ah, e nas madrugadas eles costumavam aparecer pelos supermercados do tipo 24 horas....
Aliás, as mulheres vão pra balada procuran do homem 'pra casar' mas é bobagem...
Lugar bom de conhecer divorciado é no shopping no fim de semana a tarde e no super mercado tem sempre um suprimenteo grande de solteiros e divorciados......rs

Vou esperar o moço da sua entrevista... Não esquece de perguntar se ele quer aproveitar pra divulgar e-mail, Skype....rsrs

Bjos

Atrê

5 de maio de 2009 22:20
Cris disse...

Amiga,
Eu também não conheço nenhum. Que coisa né? Onde será que eles estão? No supermercado, eu acho que não. Na verdade eles não ficam solteiros novamente, minha teoria é que já separam com outra...rsrsr. Bom, com excessão do meu ex. Que eu saiba...

Divorciados apareçam!!!
beijos
Cris

7 de maio de 2009 15:28
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Nossa...eu tô aqui matutando desde o dia que você postou isso aí e não consigo lembrar de um ÚNICO divorciado!!!

De fato, quando eles separam, é porque no geral já tem outra. Eita...

E depoi ainda dizem que homens não querem casar!!! HAHAHAHAHAHA

Ahã...

bjsss

deb

9 de maio de 2009 12:08
Kalil disse...

Ola pessoal, não se se ainda pode ser postado qualquer coisa aqui mas la vai...
Gostaria de fazer uma pergunta: E quando se esta na duvida de se divorciar? O que fazer??? Os filhos pesam, o amor pesa, o cansaço pesa, o "abrir mão" pesa... E oque vale a pena??

Sou homem, ainda casado mais em um estado não muito comum para mim... na duvida.

25 de março de 2011 20:31
Claudia Catão disse...

Oi Kalil, não sei se é tarde pra esponder.
Me divorciei há 6 meses e não é fácil não.
Muitas perdas primeiro para poder correr em direção aos ganhos depois.
É isso.
Claudia

17 de agosto de 2011 01:44
Omar Rodrigues Alves disse...

Curioso que que li no post. Eu sou um separado e recente neste assunto de divorciado com 54 anos e me pergunto onde as mulheres estão! - Estou muito acostumado a lidar com gente, pois sou um professor de engenharia. As mulheres parecem-me ariscas! - Não sei como pensam os homens em geral, mas com base em toda a minha experiência de vida, e tendo a perspectiva de que o tempo passa muito depressa, não dá pra não ser mais direto, assertivo. Então - ao que me parece, resultado de umas poucas tentativas de aproximação, é que as poucas mulheres que tentei conhecer curtem mais a liberdade solitária (mesmo que se queixem às amigas) do que correrem o risco de conhecer alguém e gostar (ou não), talvez por causa dos efeitos da toxidade de relacionamentos anteriores. Viver é um processo ativo que tem felicidade e decepção, construção negociada, compromisso - mas um homem que já passou pelos desgastes de más experiências de vida não tem tempo pra empregar em longas tentativas de aproximação. - Mulheres sejam mais decididas para conhecer, pois senão nem dá pra optar em ter alguém sem que a pessoa se permita a abertura psicológica para conhecer de verdade, e conhecer alguém não é paquerar, não é apenas um jogo de sedução, é conversar com transparência, desarmado.

1 de abril de 2017 14:40