domingo, 10 de maio de 2009

Tudo sobre minha mãe


Ela é inteligente, batalhadora, forte e generosa. A pessoa mais generosa que eu conheço. Melodramática, causadora, e por vezes cruel. Cruel como só as mães sabem ser. Mainha é uma matriarca: além dos três filhos que tem, é mãe de seus sete irmãos. E meio avó de muitos sobrinhos. Ela dá conta do recado. Uma prova de que esse negócio de ser mãe não é para quem quer, é para quem pode.

Minha mãe é amiga de todos que a cercam. Conhece e recebe em casa, com o mesmo entusiasmo, da recepcionista ao diretor do hospital em que trabalha. Minha mãe é meio bruxa, sente quando alguma coisa não vai bem. Minha mãe me faz rir, tem um humor fino. Faz qualquer conta de cabeça, mais rápido do que a calculadora. Adora deixar vendedores e vendedoras boquiabertos com sua habilidade com os números. Uma exibida. Fica toda feliz quando completo a causação dizendo que ela poderia participar de alguma competição do tipo. E que nem é professora ou engenheira, mas médica.

Minha maior influência feminina é uma mulher que me ensinou a não reclamar da vida. Ela pode até ensaiar um ou outro lamento, mas logo desiste de perder tempo com bobagem. Minha mãe sempre consegue: ela vence porque pensa positivo e trabalha para alcançar o que pensou.

Mainha é tão superior que me deixou com medo de ser mãe. Depois que parir, não tenho o direito de fazer menos do que ela fez por mim. É o mínimo que eu posso fazer para agradecer à vida por ter nascido filha desta mulher. Uma missão e tanto.

Uma missão que eu fui encorajada a encarar quando, certa vez, conversando sobre a maternidade com uma conhecida que tem filhos, ouvi dela que eu deveria ser mãe sim. Que só quando isso acontecesse ia saber o que era o amor verdadeiro, aquele que nos faz dar a vida por outra pessoa no instante seguinte. Não achei tão difícil, acho até que esse sentimento eu já conheço: eu te daria a minha, Dona Marlúcia, sem pensar, se preciso fosse.

Te amo. Feliz Dia das Mães.


Isabela – A Divorciada

9 comentários:

Anônimo disse...

Essa mulá vale ouro!!! Dá um trabalho danado, UFA!!! Mas até q ela é legalzinha sim... Ela é tão legal q eu até esqueço q os traumas e paranóias q ela me causou e morro de saudades e de orgulho dela. Uma grande mulher, forte e determinada, q me serve muito de espelho para conseguir meus planos. Uma honra ser seu filho. Um Grande beijo nesse seu dia mainha, e um forte aperto desse outro filhote aqui!!!

Felipe Barros

10 de maio de 2009 07:30
Beta disse...

aquela frase faz a gente parar pra pensar né!

e Beijo pra Mainha!!!a minha ...pfff; hehe

voltaaaa looogooo

vai ter virada cultural em SJ...é bem menor que a de SP, mas vai ter Toquinho e Blitz! \ o /

Bora?!

Beijooooos

10 de maio de 2009 09:40
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Uau! Bela homenagem!!
Dona Marlúcia é fibra pura mesmo!!

Minha mãe tb leva Lúcia no nome, e também sabe ser maravilhosa e cruel quando quer! rsrs

Passei o dia todo lá com a minha. Que agora, além de mãe, virou uma vó babona.

Parabéns a todas as mamis!! (ainda está em tempo né?)

bjsss

deb

10 de maio de 2009 18:52
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

E eu curti a minha fofa também. Numa churrascaria, tchê, bem ao estilo gaudério de mammy. Mas ela não era única. A outra mammy, minha cunhada, também estava lá junto com o Pedro (ainda na barriga), mas já já chegando!

beijos meninas, Gio

PS; Feliz dia das mães para as mammys de vocês também!!!

10 de maio de 2009 20:03
conversaatrevida disse...

"Melodramática...."

Taí...acho que não conheço NENHUMA mãe que não seja....rs

E mães são sempre uma 'figura', seja pro bem, seja pro mal...Não é a toa que dizem que 'mãe só tem uma'.

Beijo pra umas...puxão de orelha em outras, parabéns pelo dia pra todas.

Atrê

10 de maio de 2009 21:15
Anônimo disse...

Dá um trabalho gigantesco ela...Eu chego perco a conta das inúmeras vezes em que tive que aturar sua teimosia nas discussões do dia a dia... Mas, como é dia das mães vamo fazer a média! Ela é uma daquelas pessoas que chegam perto e te apoiam torcendo junto, (mesmo que não entenda nada do esporte); Ainda lembro dos meus tempos de moleque, onde ficava numa torcida enorme pelo palmeiras, (principalmente em 99), e ela sentava junto e ficava agoniada a cada ataque do time adversário, e vibrou muito comigo naquele título da libertadores. Lembro também de toda uma disposição sobrehumana pra encarar qualquer problema que vinha pela frente, tirando de letra as "hérnias" que cruzavam e cruzam a sua vida. Essa tremenda coragem que a impulsionam todo dia a ir pra rua e encarar a vida, com um sorriso no rosto. Jeito orgulhosa, não teme nada e a todos entende. Mesmo que para isso tenha que "arregaçar as mangas" e mostrar que "levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima", transcende a música e coincide com a histórica de uma nordestina arapiraquense de muitas palavras, poucas paradas e muita energia. Porque, ao contrário do que dizem por aí "Mãe não é tudo igual", mas cada uma quebra um dobrado todo dia. Um beijo e um abraço pra você mãe. Exemplo por toda uma vida.
Ass: O caçula.

10 de maio de 2009 23:46
Verônica disse...

Parabéns as mamães!!! Parabéns a minha mãe, mulher forte e batalhadora, meu exemplo minha "heróia" hahaha!

11 de maio de 2009 13:03
Tia Erilene disse...

Minha querida sobrinha, você e seus irmãos realmente têm uma mãe de muita fibra. Senti como ela ficou orgulhosa em receber uma homenagem tão linda.Beijos

11 de maio de 2009 13:54
日月神教-任我行 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島機加酒 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 巴里島旅遊 巴里島spa推薦 巴里島機票 巴里島行程推薦 記憶體 情趣用品 情趣用品USB Flash DrivesMemory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 投資美國物業 美國租金報酬 美國房屋買賣 房地產投資說明會 美國房地產 美國置產須知 美國房屋物件 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車

17 de junho de 2015 20:20