quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

A separação da Ana Maria Braga


“Você viu que a Ana Maria Braga se separou?”

“Vi, tia. Saiu uma nota no jornal hoje”.

“Mas também aquele cara parecia ser uma pessoa muito ruim. Era o terceiro casamento dela...”

“Eu sei, tia. Mas deixa ela. Tudo bem se já são três casamentos, deixa ela tentar ser feliz. E eu é que não posso criticá-la por ter um ex-marido mala, hahaha!!!!”

Foi assim, fazendo graça, que eu fiz a minha muy amada tia Leda, que veio de Maceió passar alguns dias comigo em Sampa, parar de ficar triste com a separação da Ana Maria Braga. Não existe peso maior para alguém que termina um relacionamento do que essa pressão do “não deu certo, que horrível”. Na primeira vez há uma certa tolerância, parentes e amigos se compadecem da nova divorciada, o que também não é lá muito bom, ninguém merece se sentir digno de pena, mas vá lá. Na segunda, a coisa já complica. Imagine na terceira!!!!

O mais revoltante é que, no caso dos homens, a situação se inverte. Se ele já foi casado três vezes, é um matador irresistível que já derrubou muitos corações por aí. Agora, se estamos falando de uma mulher, trata-se, definitivamente, do caso de alguém que não tem, nem nunca terá, sorte no amor.

Pois que fique registrado: essa divorciada aqui acredita que é melhor ter se casado 30 vezes, sempre tentando ser feliz, do que manter por anos a fio uma história sem graça, que já morreu. Ou não casar por medo do amor, por não ser capaz de se entregar.

Seja bem-vinda ao time outra vez, Ana Maria. Que o seu quarto casamento, se você quiser juntar as escovas de dente com outro homem um dia, seja incrível.

Beijos,

Isabela – A Divorciada

17 comentários:

Camille Mollona disse...

Acho q temos q ficar tentando...ate encontrar nossa cara metade...se é q existe!
Mais q aquele marido da Ana tinha cara de cafajeste...não podemos negar!
Grande beijo e saudades de escrever aqui pra vcs!

9 de dezembro de 2009 08:18
As primas disse...

Ahahahahahaha, concordo com as tentativas...

VIVA A FELICIDADE!!!
ABRA A FELICIDADE!!!

Me dá uma coca-cola?

9 de dezembro de 2009 08:37
Anônimo disse...

Falta de assunto? Discutir a separação de Ana Maria Braga é de uma futilidade sem fim. Primeiro porque se trata de uma idiota rematada. Segundo, porque o tal do último marido era um sujeito violento e repulsivo, que tratava a pontapé o primeiro marido dela, em público, diga-se. E ela achava lindo, já que nunca o recriminou.
Bom, no próximo comentário espero que você não venha discutir como se faz um sanduíche.
Sandra Maria

9 de dezembro de 2009 09:01
Tiburciana disse...

Mas a pressão recebemos a vida toda
quando somos solteirar por somos solteiras ...quando casamos e para ter filho ...quando separamos e pela separação
O povo quer motivo para cobrar

9 de dezembro de 2009 10:06
Simone disse...

Acho que a intenção do post foi mostrar que sempre vale a pena tentar ser feliz e não simplesmente falar da separação da Ana Maria Braga. Colocar a luta pela felicidade ou a tentativa de tê-la no topo das prioridades..

Valeu o post. Gostei.

Bjs!!!!

9 de dezembro de 2009 11:03
Andarilho disse...

"Que seja eterno enquanto dure", não é assim q o poeta disse?

9 de dezembro de 2009 11:04
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

1- O poeta era um pegador!! haha
2- Mas ainda assim, concordo com o poeta =)
3- Adoro Ana Maria Braga!
4- Adoro coisas pops nesse meu humilde blog!
5- Adoro Coca zero!
6- Adoro a Tia Leda!
7- Também prefiro a felicidade à falsa estabilidade.
8- A pressão existe. Mas a gente pode decidir não se deixar pressionar =P

Acho que tá bão!

beijuca

Debbie

9 de dezembro de 2009 11:31
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Oi Sandra,

Tudo bom? Em primeiro lugar, obrigada por ser nossa leitora e por comentar os nossos textos.

Em segundo, eu não tenho nada contra a Ana Maria Braga, muito pelo contrário. Nem me sinto no direito de julgá-la ou a quem quer que seja.

Sanduíche? Huuum....Como fazer um sanduíche é um ótimo título, quem sabe eu não escrevo a respeito um dia? Obrigada pela ideia.

Beijos,

Isabela - A Divorciada

9 de dezembro de 2009 11:45
Anônimo disse...

Sandra Maria, minha filha eu acho que precisamos nos conhecer pois talvez eu seja a solução dos seus problemas. Sou uma alma boa e cheio de amor para dar, posso garantir. Mande um sinal e combinamos um encontro e depois disso vc será mais feliz, posso garantir que tudo o que vc precisa e de um bom canalha, um "canhalhus forever", com muito carinho e amor sem qualquer compromisso.

Beijos mil em sua alma e garanto que te fãço muitos sanduiches deliciosos.

Ass: Canalhus Forever

p.s. A Ana Maria é tudo e ainda dá um belo caldo, tenho certeza.

9 de dezembro de 2009 13:06
As primas disse...

Adorei o CANALHUS FOREVER hahahhahah

Mandou muito bem!!

9 de dezembro de 2009 14:43
Camila disse...

Estou com quase trinta, solteira e sou jornalista!hahaha acho que vou voltar muitas vezes aqui. Passem lá também meninas. Beijos

9 de dezembro de 2009 15:37
Cris disse...

Estou contigo e não abro. Apesar de eu achar que faço parte da turma que tem medo de se entregar de novo. Digo, morro de medo, mas não deixo de me entregar não - igual pular de pára-quedas... risos

9 de dezembro de 2009 16:32
Anônimo disse...

Como assim "casar 30 vezes"? Então todas as promessas de amor eterno que tenho escutado são falácias?


Buáááááááá, bem que minha mãe me alertou. Bela desalmada.

Agora só falta você me propor discutir com um sanduíche.

Guarda Belo

Em tempo, ninguém se chama Sandra Maria, né? Isso só pode ser alcunha de traveco.

9 de dezembro de 2009 23:09
Sanzinha disse...

Apoiada!
Tem mais é que correr atrás mesmo.

Beijos!

9 de dezembro de 2009 23:21
ana carol disse...

tb acho q deve se casar qtas vezes for preciso!

um vez o Contardo escreveu numa crônica sobre esse comentário de 'não deu certo' que as pessoas fazem qdo os casais se separam...ele disse que a sociedade ainda carrega a idéia de que casamento TEM que ser pra sempre, e as vezes as pessoas passam 10 anos juntas e depois vem alguém e diz q 'não deu certo'...como não? são X anos juntos...por um tempo deu certo sim! palavras de Contardo!
agora, essa sensação de pena dos outros é realmente mto ruim...e tb não entendo pq só com a parte feminina! pq mulheres solteiras são classificadas como 'mulheres com algum problema' e homens solteiros como aquele 'que sabe aproveitar a vida'?

10 de dezembro de 2009 12:59
SAL disse...

eu adoreeeeeeeeeei o post!!!

concordo em genero, numero e grau que é preciso um certo discernimento pra identificar o que é falsa estabilidade, o que é comodismo, o que passou a ser amizade e respeito (ou não)... e o que é viver dividindo a sua felicidade e a sua vida com alguém!

o amor é mesmo muito complexo, mas é lindoooo, e cabe a cada um de nós perceber qdo é preciso fazer um sanduiche e qdo é preciso tirar as lições q se podem ver na experiencia propria ou na da Ana Maria Braga...hehehe

Bjo Belíssima

13 de dezembro de 2009 15:58
日月神教-任我行 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島機加酒 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 巴里島旅遊 巴里島spa推薦 巴里島機票 巴里島行程推薦 記憶體 情趣用品 情趣用品USB Flash DrivesMemory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 投資美國物業 美國租金報酬 美國房屋買賣 房地產投資說明會 美國房地產 美國置產須知 美國房屋物件 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車

17 de junho de 2015 22:32