segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

A sexless way of life

Uma conversa por e-mail entre duas mulheres que se separaram esse ano

- Sexo? Também não sei mais o que é isso não! Compartilho da sua abstinência dos prazeres carnais.

- Pois é, menina...após a separação, eu bem que tentei, viu? Aí veio aquela galeria bizarra. Aquele que uivava, aquele que se recusava a pagar motel e aquele que se achava o rei da cocada preta e que, antes de me comer, me contou – em detalhes – todas que ele já tinha papado.

- Nem fale. Depois do menininho que sequer terminou a faculdade, também tentei um aqui outro acolá. Mas dá uma preguiiiiça.

- Dá, né? Dizem que para as mulheres é mais fácil “conseguir” sexo aí no mercado. Só abrir as pernas e pá...não é bem assim não. Veja o caso do rei da cocada. Quase disse a ele: que tal se você me passar essa lista de mulheres por e-mail e irmos logo aos finalmentes? Mas eu teria sido terrivelmente machinho se tivesse feito isso, não?

- Ah, fora que a gente ainda tem que lidar com os machismos...um homem está sempre afim de sexo, logo é normal que se comporte daquele jeito meio “te comendo com os zoio”. Vai você comer os caras com os olhos...”Ih, olha só, tá desesperada”.

- Hum. Se você tem 30, então, danou-se. “Olha a tia, meu! Precisando dar!!”. Oras bolas, e que mulher não precisa?

- Já tentou vibrador?

- Joguei o meu fora. Muito impessoal. Nem me ofereceu um vinho antes...

- Também não curto muito. Mas quando bodeio desses tipos aí do mercado, aciono meu consolo.

- A verdade é que eu acho que tudo é fase. E eu agora entrei numa fase ermitã urbana. Meio monja. Fico lendo livros de meditação, medito na pracinha, corro feito uma retardada e vejo House horas seguidas. E de vez em quando trabalho também. Vida tranquila...

- E passa a vontade de sexo?

- Definitivamente...não! Mas ao menos não penso tanto sobre isso.

- Hum...vou tentar.

- Você acha que era melhor quando estava casada?

- Taí uma pergunta que não sei te responder. Posso responder em 2010? É que agora vou sair com um gatinho que inté que rola uma química. Talvez eu nem precise compartilhar dessa sua vida “monja”, hehe.

- Vai na fé, irmã!

- Amém!

Débora – A Descasada

8 comentários:

As primas disse...
Este comentário foi removido pelo autor. 21 de dezembro de 2009 15:46
As primas disse...

hahahahahahahahahaah

Esse diálogo meio DOISVEZESUM foi sensacionalllll

Adoreiiii...
Desabafar é tudooo de bom!!!

E sexo também hahahaha

Olívia

21 de dezembro de 2009 15:54
Andarilho disse...

Vai na fé! E continue vendo House ;)

Bem, pra conseguir sexo, acho que é mais fácil pra mulher sim. Agora, conseguir um sexo bom, ah, isso já é outro assunto... hahaha.

21 de dezembro de 2009 16:38
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

"Vai na fé" é tudo, hahaha!!!!

Muito sexo para todo mundo em 2010!!!! E bom sexo, pegando o gancho do Andarilho.

Beijos,

Bela - A Divorciada

21 de dezembro de 2009 17:28
Nina disse...

Ahahahahaha!
Adorei o diálogo!
Ih..........
Tô monja total... Quase virando "monga", credo!
Ô, fase!

21 de dezembro de 2009 20:25
Driks disse...

Olá
Quero agradecer pelo carinho neste ano de 2009, e desejar boas festas.
Que o ano de 2010 seja repleto de alegria, paz, amor,dinheiro,saude e muito amor nos nossos corações.
Tudo de bom e de melhor para voce!

Um grande beijo e um abraço apertado!

Eu Adoro Desabafar

22 de dezembro de 2009 15:11
Cris Carneiro disse...

É a pura realidade... sou separada também, já cansei do consolo e agora sou meio celibatária... só se valer a pena mesmo

23 de dezembro de 2009 00:26
Anônimo disse...

Não entendi o "e bom sexo, pegando o gancho do Andarilho..."
Calma, gente!! :)

23 de dezembro de 2009 11:13