sábado, 18 de dezembro de 2010

Um suaviza o outro


Achei fofo e sábio, quis dividir com vocês. Em entrevista à revista Lola, na edição deste mês, a escritora Marina Colasanti falou, entre outros temas, sobre o seu casamento de 39 anos com o escritor Affonso Romano de San’t Anna. Numa das perguntas sobre a longevidade da relação, ela explicou:

“Somos completamente diferentes, quase opostos. (...) Ele é de Juiz de Fora, de uma família protestante muito ligada à Igreja. Já minha família era cosmopolita e só entrava numa igreja para apreciar sua beleza. Sou disciplinada, cumpridora dos meus deveres, organizada. Se eu tivesse casado com alguém parecido comigo, minha vida seria um tédio. Já meu marido é anárquico- um católico sindicalista, brinco. Se ele tivesse casado com alguém com o mesmo temperamento, sua vida seria um desastre. Um suaviza o temperamento do outro. E amamos as mesmas coisas: arte, viagens, culinária. Ele é o meu primeiro leitor e eu a dele. Se há um segredo para estarmos juntos, foi ter conseguido fazer com que a vida de um seja prazerosa para o outro.”

Lindas palavras, Marina. Que para nós todos as diferenças sejam complementos que suavizem a vida. E que nos encham de prazer, sempre.

Bom finde!

Beijos, beijos, beijos,

Isabela – A Divorciada

7 comentários:

Andarilho disse...

Os opostos se atraem quando se complementam.

18 de dezembro de 2010 09:37
Albuq disse...

Lindas palavras, muito sábias. Acredito que viver em paz é isso aí a dois. Belo texto. bjs

18 de dezembro de 2010 11:34
disse...

Ai que lindo.. Me vi com 39 anos de casamento também, pq como diz uma global, viuva sim, separada nunca rsrs.

18 de dezembro de 2010 21:09
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Eu achei lindo tb o título da entrevista, quando ela diz que a gente vive o amor antes mesmo de ele acontecer. Muito real. Idealizamos horrores. Mas essa idealização é parte do processo. Somos (também) os nossos sonhos =)

bitocas

deb

18 de dezembro de 2010 21:41
Mulheres Neura disse...

Os opostos se atraem, mas depois se repelem (lei da física)

beijos meninas

D. PAtifa

19 de dezembro de 2010 02:00
Blog Sozinha ou Acompanhada disse...

Amei essa entrevista também. Bacanuda. Beijos

Irma

20 de dezembro de 2010 09:53
Fernanda Crancio disse...

Duas mentes brilhantes, só poderia dar nisso! Vou correndo comprar a Lola!
Boa sugestão!
beijos

22 de dezembro de 2010 15:49