terça-feira, 21 de junho de 2011

As cinco metas

Depois dos trinta eu fiquei mais reflexiva. E comecei a pensar mais naquilo que quero para a vida, em como pretendo evoluir daqui para a frente, ser melhor do que eu sou hoje. Divido com vocês as minhas cinco principais metas nesse sentido. E o estágio de evolução em que me encontro (ou não) rumo aos meus objetivos. Lá vai:

1. Ter menos expectativas. Por ser muito intensa e me doar imensamente em muito daquilo que faço, tendo a esperar algum retorno. Sofro quando não vem. Mas não será sempre assim. Quero ser mais leve, aceitar, ser feliz com o que vier. Do jeito que vier. Alguma evolução, já foi bem mais grave. Mas ainda há um longo caminho a percorrer. Estou na estrada, torçam por mim. E me contem como vocês agem nesse sentido, estou precisando ouvir, pode ser?

2. Possuir menos. Quero ter cada vez menos roupas, acessórios, sapatos, filmes, livros até. Mas amar de paixão aquilo que tenho. E guardar meu dinheiro para viagens e experiências, como conhecer restaurantes novos, por exemplo. Estágio de evolução avançado, viu? Sou uma consumidora super racional e consciente a respeito daquilo que eu realmente preciso e quero. Exceção para os momentos de compras com mainha. Gente, poucas coisas são melhores na vida do que encher as sacolas com a minha mãe. Ela se joga e, nessas horas, eu sempre vou além da conta. Como moramos em cidades diferentes, raramente acontece. Pena por nós, sinto muita falta dela. E, se fosse mais frequente, eu usaria algemas para não cair em tentação nesses momentos. Ficaria tudo bem.

3. Compreender mais os outros. Ninguém é igual a mim, ninguém vai agir como eu gostaria que agisse, cada um é cada um, tem lá as suas razões para fazer o que faz, sentir o que sente. O negócio é guardar o que é bom. E ter sensibilidade para lidar com o resto. Alguma evolução sim, posso afirmar. Mas eu quero mais, muito mais.

4. Reclamar menos da vida. Eu mesma achei curioso depois que escrevi: essa é a meta sobre a qual eu venho refletindo há mais tempo, mas, olha só, a coloquei na posição número 4 dessa lista (Lynne, Miguelito, leitores psicólogos, todo mundo: analisem-me). Deve ser porque, essa sim, é a área na qual já houve mais avanços. Eu realmente me esforço para fazer mais e me queixar menos.

5. Fazer alguma atividade física. Senhor, quando um raio vai cair na minha cabeça, reconfigurar todas as minhas conexões cerebrais e me fazer criar vergonha na cara e exercitar o meu corpo regularmente??? Estágio de evolução zero, a última atividade contínua que eu fiz nesse campo foi balé clássico, dos 7 aos 14 anos. Sou a vergonha alheia deste blog nesse quesito, com Pat triatleta total e Debs arrasando na corrida e de olho na São Silvestre. Pois bem, inspirada por esse post, vou hoje à noite visitar uma escola de balé clássico. Que a força de Margot Fonteyn esteja comigo. Agradeço a torcida. E as boas vibrações, sempre. Mando notícias.

Isabela – A Divorciada, a Noiva e a Estabelecedora de Metas Que Sim, Hão de Ser Cumpridas Someday

12 comentários:

Lili disse...

Bela, muito bom seu texto (como sempre! Me vi nas suas palavras! Principalmente na quinta meta...rs Às vezes nem eu entendo a dificuldade e reconheço que "é simples, mas não é fácil"!

Bjs! E tô na torcida por vc ;)
Lili

21 de junho de 2011 00:23
Andarilho disse...

Há muito tempo atrás, alguém me falou que era bom não ter expectativa nenhuma, assim, vc nunca ficaria frustrado. Na época eu concordei. Hoje eu entendo, mas ainda não concordo muito não. Eu ainda prefiro ser infeliz e esperar mais, à alternativa. Bem, exceto quando é esperar dos outros, aí, já não espero muito mesmo.

21 de junho de 2011 08:27
Alynne disse...

Promessa feita, promessa cumprida. Esta eh minha amiga!

Adorei e concordo com suas reflexões, viu? Aposta nas metas 1, 3 e 5 e arrase!!!

Beijos grandes.

21 de junho de 2011 09:49
Carol disse...

Belíssima!

Adorei as metas, vai que é sua! PS. Colei algumas =)

Um beijão procê!

21 de junho de 2011 10:34
Anônimo disse...

É muito bom ler as metas dos outros para tomar vergonha na cara e fazer isso também! Você vai chegar lá sim pq sabe o que quer. Como digo sempre "Não há vento que ajude quem não sabe onde vai". Adorei suas metas e a forma humilde como repartiu com todos. Thanks! Boa sorte! Você já é uma pessoa muito querida e especial. (ah, adorei a parte de guardar dinheiro para viajar e "comer em restaurantes"). ahahaha! Isaura

21 de junho de 2011 13:44
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Minha discípula!!!
=P

Torcendo por vc, sempre!

Mas não deixa de ter esse coração grande, não, viu? Isso é sempre bão!

beijão

deb

21 de junho de 2011 13:59
Anônimo disse...

Minha meta é:

Arrumar dois caboclos pra criar um blog, aí faço um post e coloco as minhas 3.675 metas pessoais. ;-)

Daí é só tentar cumpri-las.

Brincadeirinha. Adorei o post, Belinha, acopanho de perto (bem de pertinho) tudo isso e sei o quanto você já é evoluída. Me espelho muito nisso, aliás.

Beijos,

Guarda Belo

21 de junho de 2011 16:39
Patricia Digue disse...

Eu acho que você reconhecer todas essas necessidades de evolução é grande prova de sua grandeza de espírito, porque a maioria das pessoas nem pára para pensar sobre estas coisas. Quanto à atividade física, se te conforta, ando numa fase de pique zero, mas uma hora eu volto. Boa sorte no seu caminho.

Bjs da Solteira

21 de junho de 2011 19:44
Cilo Roberto disse...

Tento seguir as 5 dicas... e coloco mais uma na minha vida: COMPARTILHAR...
ultimamente tenho conjugado esse verbo e tá dando certo!

beijão grande, como sempre ótimo texto

21 de junho de 2011 22:21
Yasmim disse...

Bom dia Bela adorei, principalmente sua coragem de expor aqui não só suas metas mas os pontos em que se sente vulnerável, e isso já é uma vitória.Tem muita gente que não entende isso. Agora quanto as suas metas são muito parecidas com as minhas, hoje minha principal meta é aprender a não esperar nada dos outros, o que para mim é muito difícil nesse ponto sou muito parecida contigo.
Já a meta nº 5 não desanime eu consegui depois dos 40 é claro hoje com 48 frequento academia e adoro, quando fico muito tempo sem ir, meu corpo sente falta, e ai eu volto, sem contar as caminhadas na praia que são ótimas só tá faltando uma boa companhia mas vou assim mesmo e olha e começei faz apenas 2 anos.
Vale a pena insistir não só pela melhora estética mas principalmente pela melhora na vida como um todo, até o humor melhora com exercícios físicos.
Hoje já conquistei muito progresso nas metas nº 2 e 4 mas a busca pela compreensão dos outros e de mim mesma acho que nunca termina é fundamental, um constante aprendizado rumo ao crescimento como ser humano.
Te desejo muita luz para que continue assim sempre em busca de ser melhor.
Xêro Bela

22 de junho de 2011 08:40
João do Espírito Santo disse...

Bela,

que lindo essa auto-analise. Acho que só o fato de você olhar pra si mesma e ter coragem de ver o que precisa mudar já é um grande exemplo.

Obrigado, sua partilha me animou a perseverar na minha.

Bjo e much love!

22 de junho de 2011 11:49
日月神教-任我行 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島機加酒 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 巴里島旅遊 巴里島spa推薦 巴里島機票 巴里島行程推薦 記憶體 情趣用品 情趣用品USB Flash DrivesMemory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 投資美國物業 美國租金報酬 美國房屋買賣 房地產投資說明會 美國房地產 美國置產須知 美國房屋物件 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車

17 de junho de 2015 20:25