sábado, 20 de março de 2010

Na sala com Danuza


Adoro Danuza Leão. E por motivos mil, que hei de explicar num post futuro aqui, talvez um Mulheres que amamos amar, quem sabe? Não demora, prometo. Enquanto isso, divido com vocês os melhores trechos do delicioso Na sala com Danuza, que li essa semana. Comprei uma edição de bolso, daquelas baratinhas (paguei R$ 16) e amei. Fluente, gostoso de ler, parece que estamos conversando por horas com uma mulher mais velha, mais engraçada, mais descolada, mais sábia. Em tese, o livro seria um breve manual de etiqueta, mas no fundo, não é não. Trata-se de um compilado de considerações da autora sobre o comportamento alheio. Abaixo, algumas das minhas passagens prediletas:

· Tenha coragem para passar um rodo na sua vida e tirar dela, definitivamente: os que não têm mais nada a ver com você; os deprimidos por opção; os que você aturava quando era uma idiota e não aguenta mais.
· Se quiser que o mundo saiba de uma determinada história, escolha a pessoa certa, conte e peça segredo absoluto. Faça-a jurar pela mãe, pela alma da mãe, se for o caso, para reiterar a gravidade do sigilo. É tiro e queda.
· Se você descobriu- sem sombra de dúvida- que sua amiga e confidente se fez mais do que engraçadinha com o seu marido- em alguns casos, vale também para ex-marido- corte direto, sem perdão. Já que não pode matá-la, o que seria o ideal, rompa, ignore-a, nunca mais a cumprimente. Há certos crimes que não prescrevem- e traição de amiga é um deles.
· Não se preocupe com a moda, mas seja obsessiva com a elegância.
· A primeira coisa que um hóspede deve deixar clara é até quando vai ficar. Antes da chegada, de preferência.
· Palitos. Não devia nem falar, mas vou. Nem pensar, mas nem pensar mesmo. Só escondido, trancado no banheiro, luz apagada.
· Se descobrir que aquele homem maravilhoso que você conheceu em Nova York e com quem combinou de se encontrar em Paris – e a passagem já está na sua bolsa- é casado, desista da viagem. E dele.
· Se você vai ter uma conversa daquelas definitivas com seu namorado, nada de tênis. Um bom salto alto vai te dar outra moral.

Gostaram? Bueno, seja como for, um final de semana chiquérrimo para nós todos.

Beijos,

Isabela – A Divorciada

14 comentários:

Andarilho disse...

Vou admitir uma coisa aqui: eu gosto de ficar com palito de dente na boca, como se fosse cigarro (e eu nem fumo).

Eu sei, eu sei, mas é uma daquelas coisas erradas que a gente sabe mas faz.

20 de março de 2010 00:17
Tati disse...

Vou admitir uma coisa aqui: eu gosto de ficar com palito de dente na boca, como se fosse cigarro (e eu nem fumo). (2)rsrs

E eu tô passando o rodo geral!! *o*

20 de março de 2010 08:37
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Bela,

eu adoro a Danuza. Mas achei alguns conselhos aí meio adolescentes demais para uma senhoooura de 70 que já viveu lindamente como ela viveu. Que tem histórias belíssimas como as dela.

De qq forma, fiquei curiosa para ler =P

beijoooo

dedé

20 de março de 2010 11:30
Mariana Anselmo disse...

Danusa é musa e luxo sempre! hahaha leio t-o-d-o-s os livros dela!

20 de março de 2010 12:13
As primas disse...

ahh eu adoro palito... e eu sempre uso...nao tenho vergonha dissooooooo

Aliás...adoro fazer as pessoas ppassarem vergonha comigo,...rs

E sobre o salto com o namorado??? ADOREI..qdo eu precisar...farei iso hehehhehheh

VALEU BELA....
VALEU DANUZA...

.Olívia.

20 de março de 2010 12:59
Isabela disse...

Mais uma coisa em comum, xará.
Adoro a Danuza, leio sempre que posso, e esses dias postei um texto dela lá no meu blog: "Afinal, o que querem as mulheres dos homens?", se puder dá uma olhadinha.

Quanto as dicas, pra mim, a mais válida é a última. Um salto alto dá aqueeeeeela diferença (leia-se poder), sempre rs.

Beeeeijo

20 de março de 2010 16:06
Fernanda disse...

Adorei, vou colocar no meu post o que mais gostei!!!
bj, bom fim de semana.

20 de março de 2010 16:27
Albuq disse...

Bela, que massa!
Amei, realmente os trechos são ótimos, e consideravelmente importantes e essenciais!
bjs e ótimo final de semana!
Ps.: tô esperando esse futuro post "Mulheres que amamos amar"!
bjs e ótimo fds!

20 de março de 2010 19:31
Elaine disse...

tenho esse livro, a ediçao normal. Paguei bem mais caro que vc, mas valeu a pena. Amei, vc descreveu de maneira otima o livro, um bate papo, foi essa sensação que tive tbem.

20 de março de 2010 21:50
SAL disse...

adooooooooooooro Danuza tbm!!!

acho ela um tudo!!

mas, desses conselhos listados... eu acabaria não seguindo quase nenhum... ou adaptando alguns! hehehe

· Tenha coragem para passar um rodo na sua vida e tirar dela, definitivamente: os que não têm mais nada a ver com você; os deprimidos por opção; os que você aturava quando era uma idiota e não aguenta mais.
(ok)
· Se quiser que o mundo saiba de uma determinada história, escolha a pessoa certa, conte e peça segredo absoluto. Faça-a jurar pela mãe, pela alma da mãe, se for o caso, para reiterar a gravidade do sigilo. É tiro e queda.
(não acho! tenho uma amiga q sei q se eu contar q matei pra roubar, ela não contará nem sob totura - e ela não é muda!)

· Se você descobriu- sem sombra de dúvida- que sua amiga e confidente se fez mais do que engraçadinha com o seu marido- em alguns casos, vale também para ex-marido- corte direto, sem perdão. Já que não pode matá-la, o que seria o ideal, rompa, ignore-a, nunca mais a cumprimente. Há certos crimes que não prescrevem- e traição de amiga é um deles. (ex é ex né?! se vc não gostava dele e a amiga se apaixonou... ha! q sejam felizes!)

· Não se preocupe com a mod
a, mas seja obsessiva com a elegância. (AMEIIII!!!)

· A primeira coisa que um hóspede deve deixar clara é até quando vai ficar. Antes da chegada, de preferência. (tem hospedes q a gente não quer como hospede... quer pra sempre!)

· Palitos. Não devia nem falar, mas vou. Nem pensar, mas nem pensar mesmo. Só escondido, trancado no banheiro, luz apagada.
(tô c o andarilho! hehehe)

· Se descobrir que aquele homem maravilhoso que você conheceu em Nova York e com quem combinou de se encontrar em Paris – e a passagem já está na sua bolsa- é casado, desista da viagem. E dele.
(jamaiiiiiiiiis! desista de tudo, menos da viagem... só sofro em Paris!)

· Se você vai ter uma conversa daquelas definitivas com seu namorado, nada de tênis. Um bom salto alto vai te dar outra moral
(CONCORDOOOOOOOO!!!)

é isso! :p

bjo Belissima

21 de março de 2010 16:54
mulherpolvo disse...

Homem casado é a morte!! palito, escondida no banheiro, eu uso se for necessário.
deletar quem não tem mais nada a ver comigo?? Boa ideia!!
Amei, vou comprar o livro.

22 de março de 2010 10:16
Damine disse...

Gostei do salto alto para conversas definitivas.

Com alguma adaptação caberá direitinho: usarei para toda e qualquer conversa importante com meu marido.

;)

22 de março de 2010 12:24
Anônimo disse...

Boa descoberta, Bela. Acho a Danuza Leão uma daquelas pessoas, cada vez mais rara de se encontrar,inspiradora. Sou fã há anos e aprendi muito com ela.

Marcia A.

24 de março de 2010 21:11
日月神教-任我行 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島機加酒 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 巴里島旅遊 巴里島spa推薦 巴里島機票 巴里島行程推薦 記憶體 情趣用品 情趣用品USB Flash DrivesMemory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 投資美國物業 美國租金報酬 美國房屋買賣 房地產投資說明會 美國房地產 美國置產須知 美國房屋物件 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車

17 de junho de 2015 20:12