domingo, 15 de março de 2009

The single lady plumber

Ou: desentupir um ralo não é missão impossível, mas faz a gente se sentir a Mulher-Maravilha

Qual o horário que o ralo do banheiro escolhe para entupir? Acertou quem pensou numa sexta-feira à noite, depois de um dia de trabalho matador e daquele banho quentinho que era só para relaxar.... A casa-cubículo está com água transbordando pelos ralos e a solteira faz o quê? Não, ela não tenta desentupir coisa alguma, não há mais neurônios para isso àquela hora da noite. Resta secar o chão durante horas, num misto de resignação e ódio de si mesma.

Ódio de si mesma sim, afinal, de quem são aqueles cabelos com os quais daria para fazer a nova peruca da Rapunzel? Seus! Que gosma nojenta é aquela misturada na água entupida? A reação química (e bombástica) dos seus óleos para banho, cremes e shampoos, entre outras traquitanas que a solteira não resiste quando entra numa farmácia. Vai comprar um comprimido para dor de cabeça e leva um xampuzinho. Passa na drogaria para garantir o antiácido e, coisa mais sem-graça, vamos comprar aquele creminho para o cabelo!

No dia seguinte, banho de três minutos. A água não baixou um milímetro de um dia para o outro. Bastam três gotas do chuveiro e está armado o dilúvio no lar novamente. E lá vai solteira atrás de um encanador; o programa de índio ideal para um sábado de manhã, não é mesmo?

“Xi, o encanador não está, foi pescar.” Heim?!? Maldita pescaria! Atravessa a rua e, não é que ouve a mesma resposta?!? “Foi pescar!” Sábado deve ser o dia mundial da pescaria, o dia que os peixes resolvem se entregar ao próprio destino. Porque não foram nadar lá em casa? Assim, os encanadores iriam todos para lá e resolveriam o meu problema.

No desespero, uma mulher solteira com um ralo transbordando os tubos faz o óbvio: pede ajuda ao porteiro, aquela pessoa que é um especialista em tudo, não entende de nada e às vezes acerta, já que a lei da probabilidade existe e isso ninguém pode negar.

Sem encanador e com o porteiro desaparecido, solteira decide arregaçar as mangas e investigar a origem do problema. Descobre que era apenas uma questão de destampar um buraco, tascar litros de Diabo Verde e depois uma tromba de água quente. PRONTO!!! A alegria voltou a reinar na casa! A água passou até a fazer barulhinho quando desce o ralo, igual aquelas fontes cafonérrimas cheias de pedras que algumas pessoas adoram colocar na sala para atrair bons fluidos. O detalhe é que se os bons fluidos tiverem algum senso estético vão passar longe dali...

Feliz por retomar seus banhos demorados sem fazer da casa um mar por isso, solteira conclui cheia de si que, por muito pouco, quase jogou dinheiro pelo ralo. Bendita pescaria!

Giovana - A Solteira

13 comentários:

3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Amiga Solteira,

Arrasou com o conserto do ralo!!!

Só não vou te chamar quando o meu entupir porque estou devidamente amparada por uma equipe que inclui meu irmão, o fofo do meu zelador (o Zé) e o anjo do seu Manoel, um pedreiro/encanador/eletricista/pintor de mão cheia. Thanks God.

Nessas horas, deixo fácil os meninos assumirem o comando, hahaha!!!!

Beijão,

Bela - A Divorciada

16 de março de 2009 01:10
conversaatrevida disse...

Sou sortuda NUNCA passei por isso de um ralo de chuveiro entupido e olha que eu tenho 'cabelão'.

Mas vamos combinar que a coisa fica desesperadora mesmo é quando o vaso sanitário entope e vc sem saber da descarga e a água vai subindo...subindo, subindo...e consequentemente transbordando e NUNCA acontece isso quando se fez só xixi, claro......rs

Abraço...

ah, e Isabela - A Divorciada
Não me dá idéia que eu já começo a pensar na sua oferta...
No meu blog tem os posts dos 'amigos do blog' e sempre tem lugar pra mais um viu?

bjo

Atrê

16 de março de 2009 02:12
Beta! disse...

eu já deixo pra pedir ajuda quando a catástrofe tá feita...

como minha irmã nunca colaborou e nem sempre tem zelador no prédio eu andei aprendendo dar umas gambiarradas...claro desde que não envolva eletricidade que eu tenho pânico...e não troco lâmpadas que tenho labirintite e surto em cima de uma escada a ponto da faxineira chorar de rir da minha cara me fazer descer e trocar pra mim! haha

e lendo o Post tive uma idéia pro post do Desbagunçando!

Valeu Meninas!

Beijos

16 de março de 2009 09:05
o casalqseama* disse...

bom, faço tudo em casa [inclusive desentupir ralo], só não mexo com eletricidade, tenho pavor!!!!!

quando comecei a ler o texto, pensei no diabo verde rapidamente... os homens entendem melhor dessas coisas mesmo! rsrs

a idéia de estados civis diferentes é super interessante. parabéns pelo blog. \o/\o/\o/

serão bem vindas ao degusta!
bj grande da fê =D

16 de março de 2009 13:59
Cyn... disse...

Me indentifiquei!

Faz pouco tempo passei por um dilúvio causado pelo ralo do banheiro, as 5h da manhã de um domingo, encanador no dia da macarronada da mama? Essa hora eu agradeço pela simpatia dos vizinhos.

Porém, nada mais abalante do que dormir no sofá (minúsculo) por causa da largatixa invasora que resolveu se hospedar em meu quarto. Resultado: Dores no corpo e sonolência absurda.

Mantra para hoje: Enfrente seus medos...

Parabéns pelo Blog.

Beijos.

16 de março de 2009 14:41
Camille Mollona disse...

Quando comecei a ler a historia de hoje...nao acreditei...semana passada passei por isso em casa. Mais como sou "meia" nojenta e nao chegou a alagar a casa e sim a agua descia bem devagarinho pelo ralo, esperei o dia da faxineira para passar esta dificil tarefa pra ela...hehehe...e viva o Diabo verde!!!
Bjao e otima semana para todos!

16 de março de 2009 16:28
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Chama o marido de aluguel!!

Quer alugar o Charlie? Faço por um bom preço!

E dá-lhe Diabo Verde!

bjssss

16 de março de 2009 18:27
Central Perk disse...

Sou nada auto-suficiente, mas matei uma perereca que invadiu a casa no último sábado. E tenho pânico de sapos! Acho que o medo me fez valente. Girl power!

16 de março de 2009 22:08
Melanie Bronw disse...

aaaaaaaaaaa Muiito bOM!!! Sou craque nos milhoes de creminhos (misturados com tufos de caxos é calro! rs) especializados em entupir ralos e canos de pia, feitas para escovar os dentes!! Já ta anotado a receitinha do "Diabo verde" com agua quente!!

bjO'

17 de março de 2009 09:58
Des-Venturas da Rubra Rosa disse...

Quem nunca passou por esse desespero?
Eu já compro Diabo Verde de 5 litros e deixo sempre em casa, entupiu: Diabo Verde já!

Agora realmente mulher que mora sozinha é um stress, porque sempre queremos um quadro novo na parede e quem faz o maldito buraco com aquela furadeira BOSCH impossível de ser manuseada por mulheres?

Eu já aderi faz tempo ao porteiro do meu prédio (olha que sorte, tenho três porteiros), pra colocar cortina, fazer furos nas paredes, desentupir tudo que nao sei como desentope e o diabo verde nao resolver, trocar as coisas de dentro da caixa de água (que nao lembro o nome), pintar paredes, tudo! Porteiro de edifício é tudo de bom! Sao uns santos!

beijos moça

17 de março de 2009 11:50
Des-Venturas da Rubra Rosa disse...

Para a Divorciada agora:

Moça, adoro Granada, mas AMO SEVILLA! Pensa uma cidade linda, perfeita, colorida, de pessoas agradáveis, educadas, alegres... tudo isso é Sevilla! Adorei nao ter nada pra fazer e estar andando por lá com o Lovezao... tudo de bom sempre.. La Giralda, El Parque de Maria Luiza, Museu Arqueológico de Sevilla, o Centro Comercial, a Plaza de España (sempre linda), La Plaza de La Maestranza (Plaza de Toros), os bares e as tapas hummmmm... Os Bairros de Triana e Santa Cruz...
Se nao conheces Sevilla, na proxima viagem, nao deixa de ir lá, vai ficar enlouquecida com tanta beleza.... PERFEITO!

beijos moça
Sevilla es la ciudad de mi corazón... siempre Sevilla!

besos =o***)

17 de março de 2009 11:59
Anônimo disse...

Oi Solteira. Tive uma experiência parecida com a sua. Foi quando meu chuveiro estragou. Eu morava só. Comprei um novo e pensei seriamente em esperar um amigo para colocá-lo no lugar. Mas então eu pensei: os homens não fazem curso de chuveiro, de tomada quebrada, de ralo entupido...e dão um jeito em tudo isso! Fuçando aprendi sozinha a colocar um chuveiro e descobri que preciso dos homens para muito menos coisas que imaginava...rsrsrs!!!

24 de março de 2009 17:00
Anônimo disse...

Lady Plumber ......Paga cofrinho ?

3 de abril de 2009 06:33