sexta-feira, 20 de março de 2009

Santo bilhete


Oi Gente,

O texto de hoje foi escrito por uma amiga e leitora do blog: A jornalista que procura homem verde, autora de um post sobre homens e cores que bombou em janeiro. Seja bem-vinda como convidada especial outra vez, gatona. Você também quer escrever para a gente? É só mandar um e-mail para 3xtrinta@gmail.com. Abaixo, a história de dois bilhetes.

Beijos,

Isabela – A Divorciada


Achei que, depois de 12 anos sem paquerar, perderia a prática, mas realmente é como andar de bicicleta, a gente nunca esquece. Depois de uma separação até tranqüila perto das histórias que já ouvi, voltei à ativa, não antes de ter uma pequena depressão e chorar um final de semana todo. Por quê? Sei lá, insegurança, solidão, desespero, tudo misturado. Uma amiga foi a salvadora: depois de passar dois dias trancafiada em casa e usar caixas e caixas de lenço de papel, saí para um bar para dar uma arejada. Foi ótimo! Consegui rir e me divertir, mas o mais interessante foi que, a partir daquele momento, me abri para o mundo, ou melhor, para os homens.

Um bar com nome de santo “São Bento” e o “Santo bilhete”, quer melhor que isso? Não demorou muito para eu colocar os olhos em um homem maravilhoso. Momentos depois, eu já estava com bloco e caneta em punho pronta para atacar. Ele tinha me hipnotizado e eu não iria embora sem conhecê-lo. Lembrei da época de solteira e de como sempre fui determinada, não ia para casa sem tentar aquele gatinho logo na chegada. Que sensação gostosa sentir isso novamente.

Um simples bilhete trouxe-me uma experiência maravilhosa e internacional, isso mesmo, o moçoilo era português, estava no Brasil a trabalho, e o “torpedo” como é chamado nos bares por aí, trouxe muitas conversas por mensagens, emails, MSN, telefonemas e, claro, encontros. Inclusive na cidade maravilhosa. Felizmente ou infelizmente ele era “vermelho”, e a aventura foi estonteante, mas acabou pelo menos por hora. Mesmo assim, posso dizer que a experiência valeu muito a pena. Acredito que essa seja uma experiência de uma de muitas que ainda vou vivenciar, porque nem tudo são flores, algumas foram realmente decepcionantes. Procuro não lembrar dessas...(juro que tento!)

Portanto, sou devota do “Santo Bilhete”. Já usei o recurso novamente e rendeu mais um vermelho lindo loiro e gostoso e de apenas uma noite, mas mesmo assim, não menos especial. Tudo bem, o que quero mesmo é viver e experimentar todas as cores por aí. O melhor de tudo isso é estar solteira novamente e perceber que a experiência e maturidade faz com que andar de bicicleta seja muito mais fácil, sereno e intenso. E isso aí gurias, o bilhete funciona.

A jornalista que procura homem verde

PS: I think I found one, but we will see soon.

8 comentários:

3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Muito bom! A jornalista que procura homem verde (e figos!) sabe das coisas.
beijos,
Gio, A Solteira

20 de março de 2009 00:59
Keyllita disse...

Ótimo!!! Conheci o meu namorado graças a um bilhetinho também ... faz um ano e meio! Nem acreditava que essas coisas funcionassem!!!

Beijos, lindas!
Keylla.

20 de março de 2009 04:46
Camille Mollona disse...

Adorei o texto...eu tambem estou a procura de um homem verde...mais esta cada fez mais dificil de encontrar.
Aqui em Porto Alegre eles se fazem de homem verde nas festas e bares e depois rapidinho se tornam homem vermelho.

Beijos e otima sexta!

20 de março de 2009 08:24
conversaatrevida disse...

Hoje, dia 20 de março é dia do BLOGUEIRO.
Parabéns por ser da turma que sabe as dores e delícias de ‘blogar’.
Porque nem todo post é lido,
Poucos são entendidos...
Mas a gente ta sempre aí dando o nosso recado e esperando ser linkado.
Um dia depois do outro, vamos escrevendo... E tem uns FDP que continuam não lendo...
MAS a gente segue em frente e se é blogueiro, também é leitor.
Adooooooooro a blogsfera.
NEM sempre entendo...
NEM sempre participo...
Nem sempre aprovo o que leio...
MAS me divirto e aprendo SEMPRE( tudo bem que as vezes aprendo coisa que não presta........rs)
Mas como diria minha mãe: O que não presta tem o seu valor.
Serve pra gente lembrar de NÃO fazer igual.
(e depois tem sempre alguém que vai ler o que a gente postou e pensar ‘NOSSA, QUE HORROR!!!’
FAZ parte da vida de blogueiro)

Abração pra blogueiras aqui...

Atrê

Ps:

Depois volto pra falar de texto que é ÓTIMO!!!

20 de março de 2009 10:47
Carol Gonçalves disse...

Adorei ser lembrada de como bilhetes são interessantes :)
Ando a procura de homens verdes mas so aparecem vermelhos... o que fazer né?
Enquanto o verde não aparece vou me divertindo com os vermelhos.
Bjs

20 de março de 2009 11:50
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Oi Queridona,

Adorei o post!!! Arrasou com os bilhetes. Atitude é isso aí.

Beijão,

Bela - A Divorciada

20 de março de 2009 15:40
Anônimo disse...

Olá Queridonas,
Obrigada pelo espaço..é divertido falar sobre isso.
Atualizando: continuo procurando o homem verde, era alarme falso...mais um vermelho que passou.
Beijos

20 de março de 2009 16:08
日月神教-任我行 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島機加酒 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 巴里島旅遊 巴里島spa推薦 巴里島機票 巴里島行程推薦 記憶體 情趣用品 情趣用品USB Flash DrivesMemory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 投資美國物業 美國租金報酬 美國房屋買賣 房地產投資說明會 美國房地產 美國置產須知 美國房屋物件 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車

18 de junho de 2015 01:21