segunda-feira, 29 de junho de 2009

Divórcio aos quatro meses de gravidez

Ao ler neste blog o post Quatro finais infelizes, sobre desfechos trágicos de casamentos, a leitora Cris, médica de 38 anos, do Rio de Janeiro, nos procurou para contar a sua história. É o que vou fazer agora: casada há nove anos e mãe de uma filha de sete, ela estava grávida de quatro meses quando o marido resolveu pedir o divórcio. Detalhe: o plano de aumentar a família era mais dele, que viu Cris passar por três abortos espontâneos antes de conseguir engravidar. E incluiam até o projeto de mudança para uma casa maior, que os acomodasse com mais conforto. Ao longo do casamento, segundo Cris, nunca faltou carinho, atenção, presentes, declarações de amor de todas as formas, até torpedos pelo celular, frequentes, que diziam "quero vc pra sempre!". O mala se gabava de ser o único homem fiel da face da terra.



Pois bem, um belo dia o marido perfeito chamou Cris para conversar. Aos quatro meses de gravidez, ela ouviu que ele não aguentava mais ser casado, que precisava "experimentar um monte de mulheres". Não demorou muito para ela descobrir que aquela revolução estava ligada a outra pessoa, uma mulher de 19 anos, paciente dele, que é médico. E tem mais: como se não bastasse o rompimento brusco, a fulana ainda deu início a uma campanha contra ela no Orkut, incluindo a participação em comunidades como "Vc perdeu, baranga" ou "Eu sou má, garotas más que se dão bem". Dá para acreditar nisso? Eu nem vou julgar o fato do cara ter tido vontade de ficar com a outra. As pessoas podem se apaixonar, esse é um risco que a gente corre o tempo todo, paciência. Agora, saber que provocou uma separação quando havia uma mulher grávida na história e ainda agir desse jeito é demais para mim. Uma falta de respeito total para com os sentimentos dos outros. Queria muito entender o que esse tipo de gente tem na cabeça. Vá criar a página "Faço parte do Sindicato das Piriguetes", sua palhaça. E deixe a Cris viver a vida dela em paz. Na minha opinião, ela devia era te processar por essas leviandades.


É por isso que eu te digo, querida leitora, passe uma borracha nessa mágoa toda (por mais difícil que seja), concentre-se nos seus filhotes (o bebê dela, um meninão, está com oito meses), fique linda e siga em frente. Você não merecia um babaca como o seu ex, mas coisa muito melhor. Quanto a ele, bem, só estar ao lado de uma imbecil como a mocinha descrita acima já é castigo suficiente. A vida ensina. E não tem nada mais certo no mundo que o tal do aqui se faz, aqui se paga.


Deixo você com uma frase da escritora e roteirista Adriana Falcão que diz mais ou menos assim: "Às vezes, as venturas se disfarçam de tragédias só para enganar a gente". Um dia você vai descobrir o sentido disso tudo, confie. E conte com a gente. Estamos torcendo por você.


Beijão,


Isabela - A Divorciada

27 comentários:

Chris Carvalho disse...

Nossa, ainda fico impressionada com a insensibilidade masculina! Parece que só raciocinam com a cabeça não pensante! Depois quando quebram a cara, querem voltar com o rabinho entre as pernas!

29 de junho de 2009 01:25
Andarilho disse...

Esse cara merece mesmo essa imbecil de 19, que logo logo deve chifrá-lo...

Como tem homem idiota neste mundo, depois fica a reputação pra todos nós. =P

29 de junho de 2009 01:30
Judith disse...

Aff... Realmente, está cheio de mulheres por aí que não se dão ao respeito e quem tem menos respeito ainda pelos outros, se oferecendo para maridos, noivos e namorados sem disfarçar.
Mulheres desse tipo só gostam de ganhar. Usam enquanto acham divertido, depois jogam fora e partem pra outra investida. E o ex-marido da Cris? Vai voltar correndo com o rabinho entre as pernas, dizendo que agora sabe q a ama de verdade, que aquilo que ele teve foi um surto, ele esteve fora de si e bla bla bla. Duvidam?

29 de junho de 2009 04:20
cris disse...

Pois é, espero que a frase "plante flores no seu jardim" seja a mais pura verdade...enqto isso espero, pq ninguém pode ser feliz c/ a infelicidade dos outros...e sei ainda que ele vai "colher o que plantou"...sou a fã número 1 do blog, conheci há pouco tempo, mas recebi um carinho tão gde, pp da Bela, e quero agradecer pela força e msgs de carinho...quem sabe mais breve do que se imagina estarei aqui de novo com outra história, com um final mais feliz....bjos

29 de junho de 2009 06:22
Lu Giusti disse...

Este tipo de história, por mais perversa que possa parecer é muito comum.
Opto aqui por não julgar. O que as pessoas são capazes de fazer para buscar...talvez uma "melhora da auto-estima" é surprendente mesmo.
Mas não são só os homens que são capazes de abandonar projetos no meio.
Claro, abandonar sua familia, com a ex-esposa grávida, de um filho supostamente desejado por ele, chega a bater nos níveis da amoralidade.
O comportamento da menina...é mais do que esperado. Afinal, que maturidade terá alguém de 19 anos, que se envolve com um homem casado e "cutuca" a outra com orkuts da vida?
Enquanto ela acha que está por cima...tendo uma vida sexual "inesperada", com um médico (sim, como sou médica, entendo perfeitamente o que a vaidade humana agrega em relação a essa profissão, é a maior vitória que teve na curta sua vida ainda...tem muita água para passar..e ela nem se deu conta ainda disso.
Mas, o tempo é implacável.
Ela terá maturidade de gerenciar um homem, médico ( e todos os seus compromissos profissionais) e com uma ex-família?
Terá a maturidade de gerenciar uma relação de gênero?
Duvido.
Duvido muito.
Os hormônios sempre ciclam...uma hora abaixam.
Se houve um dia, um vislumbre de dignidade deste homem, uma hora ele dará conta da troca, aparentemente melhor, foi uma "ruína" na sua vida.
Minha opinião...que a ex mulher seja digna. Sempre. Seja altiva. Sempre.
Que sofra as dores que lhe compete e mais nada.
Um dia uma janela melhor e com uma vista ainda mais bela se abrirá. Isto é tão certo quanto o amanhecer.
E ai, ela poderá olhar para a ex relação com carinho e até respeito. Mas estará em um patamar muito mais elevado e com possibilidades mais concretas de ser realmente feliz.
E vale sempre a lei do retorno: nem mais, nem menos. Só o igual. No mesmo peso e na mesma medida.
Beijos e boa sorte.
Lu Giusti

29 de junho de 2009 08:59
Beta disse...

mando um recado pra Amiga...respira fundo...se levanta e mostra pro otário o "que ele peeeeeeerdeeeeu meeermão"

sabe o que acho divertido de uma Piriguete...ela mostra como alguns homens são tontos...

frase boa a que Vc escreveu...

vai dizer o que né...quando a gente acha que já viu de tudo...mas o que a Chris disse aí acima é foda viu...da vontade de socar um ser desse! haha

29 de junho de 2009 09:10
Flavia Werlang disse...

Meninas,
obrigada por acolher a história da minha irmã de forma tão sensível e obrigada pelo blog!
Ela e o bebe (Henrique) tem muita força - nem ela mesma sabia que tinha!

29 de junho de 2009 10:34
Anônimo disse...

Meninas, tenho uma amiga que passou pelo mesmo. O cara estava tentando ter um filho com ela e transava com a outra ao mesmo tempo. Isso eu acho o cúmulo, pq se vc não sabe com quem quer ficar (mulher ou amante), não tente ter filho neste momento, né?

Hoje eles estão bem - separados, é claro - e têm um filho lindo. Depois de muita terapia (é totalmente necessário, imprenscindível, eu diria), minha amiga está bem, mas ainda tentando refazer a vida emocoonal dela.

29 de junho de 2009 11:28
Si Collet disse...

cada dia descubro mulheres q passaram pelo mesmo que eu..
Beatriz está com 4 meses.. separei quando estava grávida de quase 3 meses.. ele quase não vê a filha, não liga.. e pra completar descobri semana passada que ele está namorando a minha ex best friend (desde a 5série, foram 15 anos de amizade).. bom, melhor amiga que não era né. mas um dia as máscaras caem, antes tarde do que nunca!
todo mundo merece uma segunda chance, merece ser feliz, amar, buscar a felicidade com outra pessoa.. mas as atitudes é que mostram o carater das pessoas. a minha dor foi superada, a separação tb, amava ele muito. o que mais dói, não é o fato d estarem juntos.. e sim a forma como aconteceu, escondido.. se querem estar juntos (tem 2 meses já), vão casar (issso estão noivos), não importa.. a ATITUDE e a conduta.. isso sim é IMPERDOÁVEL!
Com certeza a Cris e o Henrique serão mais que felizes, eles tem um ao outro pra sempre. como eu tenho a Bia! é nesses momentos que descobrimos a força que temos e o nosso GRANDE VALOR!
Sou grande fã do blog meninas! Parabéns!
bjocas

29 de junho de 2009 12:01
Ana Paula Britto disse...

É impressionante a imaturidade, fraqueza e falta de coragem de algumas pessoas.
Concordo com a leitora Beta: Piriguetes só existem porque existem homens frouxos.
Para você Cris: desejo toda a sorte do mundo e logo estará rindo da situação pois estará muito melhor.
Beijo e sorte para todas.

29 de junho de 2009 12:50
lioness disse...

Com certeza conte comigo também, com apoio e orações. Creio que precisamos uns dos outros para suportar as desventuras deste mundo cheio de maldade e falta de amor.
Um homem irresponsável como este com certeza vai colher o que plantou, e essa moça é completamente ignorante, faz a única coisa que sabe fazer na vida: nada que preste - porque gente de caráter não faz esse tipo de coisa. É como uma árvore: você conhece a árvore pelo fruto que dá. É pelas atitudes que se conhece o caráter de uma pessoa.
Que Deus te dê sabedoria, te abrace, te envolva com segurança, proteção e provisão, que nada te falte, confie em Deus e perdoe, porque a melhor vingança é você ser feliz.

29 de junho de 2009 13:35
cris disse...

Puxa...hj estou feliz, obrigada pelas msgs de carinho de todos vcs..são pessoas como vcs que me fazem acreditar que esse mundo ainda existem pessoas de caráter e dignidade...obrigada..valeu!!

29 de junho de 2009 14:05
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Cris querida,

cheguei meio tarde, mas é bom porque assim já comento depois de ler todos esses coments.

Sabe de uma coisa? Não conheço nem você nem seu ex, mas morro de pena dele e dessa bichinha namorada dele. Não sei qual dos dois é pior. Acho que ele, por ser mais velho que ela (em tese, deveria ser mais maduro).

Como a Bela, também acho normal a parte do "apaixonar-se por outra pessoa". O problema é o como fazer as coisas. E ele fez da pior maneira possível.

A bichinha, na boa, não vou nem comentar. Dá pena de alguém que se dá ao trabalho de fazer esse tipo de coisa...tadinha.

Por fim, vc. Você me parece a única parte forte e madura dessa trama. A começar pela coragem de vir até nós contar sua história. E por ter seguido em frente, tocado a vida, com seu pequeno Henrique.

Parabéns! Acredito na sua irmã: vc deve ter uma força que vc mesmo desconhece.

O resto? O resto é história é para blog! rs

Muitos beijos!!

Débora

29 de junho de 2009 16:08
Anônimo disse...

Bela,amei a frase!!!Realmente um cara babaca assim merece uma imbecilzinha dessa mesmo!!!E concordo com o que a Judith disse,mas espero que esta Chris nunca mais o aceite...Bjs Marta

29 de junho de 2009 19:36
Julio Sonsol disse...

Tá certo, tem as piriguetes, mas, poxa, o cara não é nenhuma criança. Ele, no mínimo, sabia que tipo de sentimento iria provocar na abandonada.

29 de junho de 2009 19:44
Paloma, a mãe disse...

Nossa, que situação! Canalhice total.

Mas vim aqui oferecer às três autoras do blog um presentinho (de auto-reflexão). Está no meu blog, passem lá. Adoraria ver as respostas de cada uma. Divirtam-se!

29 de junho de 2009 21:59
Elaine disse...

Olá!
Este é um comentário-convite:
Estou começando uma promoção em meu blog e ficarei muito feliz se você participar.
Conto com você.
Beijos e fique com Deus.

29 de junho de 2009 22:43
Dione disse...

Amigas queridas, fiquei tão estupefacta(oi?) que nem consegui acabar de ler o post... Quando minha indignação por esse filho da mãe passar, eu volto aqi e termino a leitura... Não estou acreditando... Homens...

Um grande beijo!

30 de junho de 2009 00:19
Ana disse...

Amei esse blog !! Indicação da Cris. Aliás que história não ? E vcs não imaginam como essa doutora é. Super competente, quando comecei a ser sua paciente , eles eram casados, ela trabalhava muito, um horário em sua agenda era para ser comemorado! Sempre conversavamos sobre filhos, ela só tinha uma linda menininha, mas sempre preocupada com a educação, a escola, em priorizar um tempo para elas, mesmo com tantas atividades profissionais. Não era raro, as viagens, os cruzeiros, família perfeita. Minha ficha não caiu, como pode alguém trocar a felicidade de ter ao lado uma mulher linda ( ela é gente, e olha que acabou de ter neném), um doce de pessoa. Talvez seja isso. Ele deve ser de uma futilidade tremenda, não aguentou conviver com alguém tão carismático, leal e de caráter. É demais para uma cabecinha idiota, deveria ter que pensar demais ao lado de uma pessoa bem resolvida e inteligente. Olhando por esse ângulo, é bem fácil compreender. Afinal, o que uma garota de 19 anos, com tais atitude de total insensibilidade pode querer conversar ? Que argumentos fazem dessa " menina" alguém interessante a ponto de fazer um homem maduro trocar toda a sua vida e filhos por ela ?Será um corpo escultural ? As mais belas performances ?? De qq forma, ela deve estar animada em ter " conquistado" um médico. Só não sabemos quem vai desisitir primeiro, ela colocando galhos na sua cabeça em busca de novas aventuras, ou ele caindo na real e percebendo o tempo que perdeu, não só com a Cris( pois para reconquistá-la creio que já não haverá mais espaço) mais os momentos únicos de uma gravidez tão desejada, de um menininho , como assim ele tanto queria. Do desenvolvimento, dos sorrisos , dos carinhos que só quem já teve um bebê sabe o quanto é gostoso. Cris, vc é uma amiga de ouro, nossa Ídala !! Guerreira com jeito de menina ! Beijocas.

30 de junho de 2009 00:41
Mari )O( disse...

Haa Beta...disse algo ótemo!!

Passei por situação quase igual a da Chris...com a diferença q não tenho meu bb, mas me livrei de um otário que não tem vocação para ser bom homem mto menos bom pai.
E se não fosse o apoio da Beta que me conhece ha tempos e das pessoas queridas (e olha que ainda teimei indo atraz do idiota) eu não teria superado tudo isso.
E hoje penso...a idiota fui eu de ter ido atraz ainda hehehe...vivendo e aprendendo.
Hoje tudo esta em paz...eu tenho um "Homem verde" que é nota 1000 e estou mega feliz por isso.
E desejando a essa amiguinha que fique bem...e seja forte...criando esse garotão único e especial que ela tem.

beijinhos

30 de junho de 2009 02:12
Judith disse...

Obrigada pelo carinho, Bela. Há certas horas que a gente não acha meios de falar ou compartilhar a dor, mas a presença e o carinho de pessoas queridas, ainda q silenciosos, são de força tremenda!
Muito obrigada mesmo!

30 de junho de 2009 02:22
Anônimo disse...

Homens e mulheres sem caráter exitem aos montes por aí!!! Eu mesma passei por uma situação similar ... no caso não era casada, mas namorava um cara que me traiu com uma garota de 22 anos, sendo que essa sabia do nosso relacionamento e mesmo assim ficou grávida dele. E o que é pior só contou da gravidez bem depois quando já estava no meio da gestação. Hoje, eu me divirto ... porque imagino que ela esteja "bebendo do seu próprio veneno" ...ahahahah!!!
E acredito bastante que "aqui se faz, aqui se paga"!!!

Bjs

30 de junho de 2009 12:48
Anônimo disse...

Gente, passei por uma situação muito similar, pois o meu ex queria muito um filho, mas ao mesmo tempo tava tendo um caso com outra pessoa - é ai que mora a grande irresponsabilidade. Decidiu sair de casa para viver a outra relação e uma semana depois descubro que estou grávida. Apesar ter sonhado muito com a maternidade, foi uma gravidez mto difícil, cheia de carências e medos. E além disso a figura - cuja idade mental é de mais ou menos 19 anos - apresentou um comportamento bem similar ao da menina do post, invasivo, zero respeito a dor alheia. Não voltamos e hoje tentamos conviver com alguma civilidade, pois o nosso baby merece ter uma vida tranquila. Mas o que me doi é saber que aquela pessoa que eu confiava (ao extremo) foi capaz de agir e permitir que eu fosse ferida em níveis que eu nunca imaginei (acho que nem um inimigo seria tão insensível). O pior é que eu não acredito muito nesse lance de lei do retorno, pois se bobear eles ainda viverão felizes para sempre.

30 de junho de 2009 21:17
leoseoldo disse...

É sempre bom ouvir as duas partes envolvidas na história, antes de criar um sentimento em relação a um ''fato''.

1 de agosto de 2009 23:55
Anônimo disse...

Já que estamos falando de catástofes a minha tambem merece estar aqui! Me separei a dois anos e estava tudo bem, cada um em seu canto, até que meu ex me convidou para viajar com nosso filho. Durante a viagem tudo parecia estar funcionando, e que em breve reataríamos o casamento. A viagem foi linda! No dia seguinte a viagem, entrei na internet para mandar as fotos da viagem e adivinhem: ele tinha uma NOIVA e ela estava grávida e ele, recebendo os parabéns de todos os amigos no orkut!!! Na mesma hora liguei e disse que sabia de tudo e sumi.
Hoje, dois meses depois ele veio até a porta da minha casa me dizer que eu sou a mulher da vida dele e que quer que eu o ajude a cuidar do filho da outra...
Nunca imaginei esta situação!!! Mas enfim, estou feliz com meu filho e SEM ele...bem longe! Tomara que agora ele paste muito!

11 de agosto de 2009 16:15
Akpinto disse...

Pois é,acho que aquele cara não vale nada. Mas tem o outro lado da moeda: tem mulher que é uma praga, inferniza o cara, se faz de vitima na frente dos outros e usa a gravidez para reforçar a situação e quem vê de fora diz que o cara é um vagabundo... Tem mulher que não presta, é falsa, mentirosa, agressiva e se as gravidez for perdida a culpa será do marido. Não podemos esquecer que a gente não vê o que ocorre entre quatro paredes. Coitados dos futuros adultos que serão tão piores quanto os pais.

25 de outubro de 2009 01:43
日月神教-任我行 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島機加酒 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 巴里島旅遊 巴里島spa推薦 巴里島機票 巴里島行程推薦 記憶體 情趣用品 情趣用品USB Flash DrivesMemory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 投資美國物業 美國租金報酬 美國房屋買賣 房地產投資說明會 美國房地產 美國置產須知 美國房屋物件 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車

17 de junho de 2015 20:43