quinta-feira, 25 de junho de 2009

Quindim na portaria

O título acima é de um texto da escritora e jornalista Martha Medeiros e nos foi enviado pela leitora Verônica, que nos sugeriu escrever algo a respeito. Aliás, pode lê-lo aqui. Em sua saga dos quindins, ela conta que, no livro Fidelidades, de Paulo Hecker Filho, leu que o autor costumava deixar os doces na portaria do prédio do poeta Mário Quintana “para estar ao lado sem pesar com a presença”.

Para Martha, e para mim também, essa é uma lógica delicada, de quem quer fazer carinho sem correr o risco de incomodar. Adoro todos os meus amigos e quero estar perto deles, ver, conversar, conviver. Agora, morando numa cidade como São Paulo, em que a distância é um obstáculo concreto, aprender a “estar do lado sem pesar com a presença” é um exercício. É mandar um e-mail lembrando uma história engraçada na hora em que aquele fato lhe veio à mente, contar uma fofoca por torpedo, deixar um comentário no blog do outro, mandar um docinho, por que não?

Eu, que moro longo dos meus pais e do meu irmão mais novo, Miguel Barros - o Belo (gente, ele é lindo), me sinto recebendo cafuné na cabeça sempre que o porteiro interfona dizendo que chegou Sedex. Acreditam que até queijo coalho eu já recebi pelo Correio, lá de Maceió? E que ele chegou fresquinho, seco, enrolado num pano de prato, junto com um bilhete fofo de mainha. Naquele momento, ela esteve presente. Faltou o colo é verdade, mas carinho ela conseguiu fazer.

É assim quando o meu namorado deixa chocolates na minha mesa de trabalho (adooooooooooro, viu? Beijão), quando amigas queridíssimas como a linda Dani Toviansky mandam torpedos perguntando “Onde andará Isabela Barros?” (meu sobrenome, identidade mais que revelada, hahaha!!!) quando Isabela Barros está em plena ponta de estoque da Casa das Calcinhas, comprando lingerie.

Moral da história: quer estar presente? Esteja. Com ou sem presença. Mas sempre com o carinho que merecem as pessoas que realmente importam.

Isabela – A Divorciada

PS: Verônica querida, esse post é para você. Super obrigada por ser nossa leitora e por ter escrito para a gente. Beijos!

22 comentários:

Andarilho disse...

Muito bom esse texto da Martha, o qual concordo.

O chato pra mim, que não sou tão emocionalmente inteligente assim, é ver até onde ir sem pesar.

25 de junho de 2009 10:10
Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sheila Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ disse...

Bela, que delícia de texto. Na correria da modernidade, se fazer presente virou uma arte a ser valorizada. Eu adorava mandar livros de presente para as pessoas que amo, sem dia marcado. Nossa, lembro que recebi um mimo deste da filhota linda do meu namorado que mora em Sampa e me derreti em lágrimas. Que presente cheio de presença.
Claro, como tudo tem dois lados, só não podemos sucumbir a facilidade de estar presente sem estar. As vezes, um sacrifício básico para estar de corpo presente vale qualquer esforço. Beijocas...

25 de junho de 2009 10:19
Beta disse...

é Isabela Barros parece que Vc advinhou meus pensamentos...mais uma pro combo sincronicidade hein...

adorei o texto, principalmente pq tou domando minha paranóia...nhé

e adooooro os recadinhos que vc me deixa ...são um calorzinho no coração!

Um beijooo

25 de junho de 2009 10:46
Marina disse...

Linda filosofia "estar do lado sem pesar com a presença". Eu sou adepta dela e nem sabia. Adoro.

Beijos!

25 de junho de 2009 10:56
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Muito bacana. O mais importante é que estes gestos sejam feitos quando se tem vontade e nunca para cumprir protocolo ou por cobrança.

Olha o que você fez, Bela! Agora, só penso em comer quindim depois de ler esse título!! :O)

Beijos, Gio - A Solteira

25 de junho de 2009 11:02
Lih disse...
Este comentário foi removido pelo autor. 25 de junho de 2009 12:30
Lih disse...

Amei!
O texto me fez abrir os olhos e perceber que estou deixando algumas ótimas amizades de lado, por conta da falta de tempo, e na verdade existe outras opções de está presente.

25 de junho de 2009 12:31
Patrícia Costa disse...

Adorei o texto...
Carinho sempre é bem vindo...
Seja por meio de palavras, gestos...
Seja um e-mail, um cartão, uma lembrancinha ou mesmo um doce...

Sempre é bom ser lembrada

Abraço
;)

25 de junho de 2009 13:26
Fernanda disse...

Olá Isabela!
Adorei o cantinho de vocês...

Uma vez recebi um Ovo de Páscoa de um garoto que eu não conhecia via sedex, foi carinhoso e tudo... mas, depois que enviei uma carta para ele dizendo muito obrigada pelo Ovo e blá blá... nunca mais ele me enviou uma carta. Será que continha algo no Ovo de Páscoa? rss

Ps: eu não comi o Ovo não. rs

Beijos, e uma ótima quinta-feira!

Fernanda.

25 de junho de 2009 14:03
Verônica disse...

Bela eu que fico feliz em poder dar uma humilde colaboração pra esse blog estouradíssimo!!!

Quando recebi esse texto fiquei pensando muito nele, e concordo que é um raro estalo de sensibilidade fazer-se presente sem "pesar com a presença"...
Por exemplo, já comprei o livro que você indicou e estou até me sentindo um pouco mais próxima de você... hahaha, o fato é q assim que lê-lo ou lembrar dele, vou lembrar também que foi você que o indicou.
Desejo sucesso sempre a todas vocês.
E sempre que tiver algo interessante compartilharei, prometo.
Beijos!!!!

25 de junho de 2009 14:08
Camille Mollona disse...

Pra começar amo Martha Medeiros....e nosso queridissimo Mario Quintana...como são maravilhosos seus poemas!!!!

Adorei este post...realmente é muito bom receber um carinho...saudades da famailia e amigos que não moram em Porto Alegre...como é bom quando nos encontramos!!!


Bjs pra todos e otima quinta!!!

25 de junho de 2009 14:35
Mariana B. disse...
Este comentário foi removido pelo autor. 25 de junho de 2009 14:53
Mariana B. disse...

Oi bela,
Realmente a hora que chega o sedex é um carinho virtual mesmo.

Eu adoro receber e mandar cartas,é tão gostoso saber que a pessoa "gastou" o tempo (tão raro hoje em dia) pra escrever pra vc, pra contar tudo, ou contar nada de mais.. Rs

Um beijo.

25 de junho de 2009 14:56
Mosana disse...

adoro a Martha!
dificílimo não pesar.. mas o importante é sempre tentar! eu tento, como vc falou, e-mails, carinhos daqui.. e dali.. nem que seja um torpedo, uma lembrança, um e-mail, comentário, ou um sedex! mas queijo coalho eu nunca mandei pra ngm!
adorei seu blog!
kisses

25 de junho de 2009 14:56
lioness disse...

Isso me lembra uma frase: As pessoas podem esquecer o que você diz, podem esquecer o que você faz, mas jamais esquecerão como você as faz sentir.

25 de junho de 2009 15:08
Judith disse...

Sempre faço coisas assim, mas nunca notei que era o mesmo que "estar do lado sem pesar com a presença".
Adorei!

25 de junho de 2009 15:40
Sabrina Mata disse...

Adorei o BLOG, o nome do BLOG e a fusão de vcs!!
Para ser presente, basta ser especial em pequenas atitudes de conforto e carinho. Vou seguir e ver se envio um texto pra vcs, afinal tb tenho 30 sou separada, mãe e ja ja to embarcando em outro casamento.

Parabens!

Sabrina Mata

26 de junho de 2009 08:22
Dri Viaro disse...

Bem legal Bela

bjsss bom fds pra vcs

26 de junho de 2009 08:35
mulherpolvo disse...

Bela, vc é abençoada... Como pessoa e como escritora, viu?!
Bom finde, o texto me ajudou. Minha irmã faz niver semana que vem... lembre-se que ela está na Austrália...

26 de junho de 2009 08:50
Paulinha Costa disse...

"Estar do lado sem pesar com a presença"
Eu acho que faço isso, mas também peso na presença com alguns... ainda não encontrei a dose certa.
Minha família mora longe também e eu não perco a chance de comer a comidinha da mãe dos meus amigos por nada nesse mundo...parece que assim mato um pouco da saudade da minha.
Adorei o texto, bjs grande!

26 de junho de 2009 23:53
Thais disse...

AMei esse texto, bem como o blog de vocês... parabens

28 de junho de 2009 17:50
日月神教-任我行 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島機加酒 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 巴里島旅遊 巴里島spa推薦 巴里島機票 巴里島行程推薦 記憶體 情趣用品 情趣用品USB Flash DrivesMemory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 投資美國物業 美國租金報酬 美國房屋買賣 房地產投資說明會 美國房地產 美國置產須知 美國房屋物件 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車

17 de junho de 2015 20:29