segunda-feira, 19 de abril de 2010

Meu passado me condena


Eu não usei polainas na adolescência. Usei na infância dourada dos anos 80. Mas isso não me impediu de ter uma adolescência menos cafona que a das pessoas que foram jovens na década de 80. Os anos 90, vistos a partir de agora, também já parecem bem bregas. Basta olhar as nossas fotos aos 15 anos com aquelas calças santropeito da M.Officer e aqueles suuuuuper topetes. E o que dizer daquela camisa largona presa dentro da calça? Um charme.

Fora o visu todo especial, eu lia Capricho, tinha uma queda pelo Matt Dillon, via Barrados no Baile e tinha “pen friends” pelo mundo todo (isso vale um post à parte!). Mas o meu lado mais brega mesmo – e que eu escondia bem dos meus colegas de escola moderninhos e “cabecas” – era minha fixação pelo Roxette, a dupla pop sueca que fez um baaaaita sucesso nos anos 80 e 90! Eu choooooorava no meu travesseiro toda vez que ouvia Listen to your heart. O mais engraçado é que eu não entendia nada da letra. E inventava alguma paixão besta só por ter por quem chorar – aí, quando a música acabava, eu já nem lembrava mais quem era. O importante era simular uma paixão não correspondida.

Claro que socialmente eu só expunha meu gosto mais refinado. Só citava Chico Buarque e Caetano nas rodinhas maconheiras do colégio (outra coisa que eu também sempre detestei, mas que fingi gostar por algum tempo). Também era petista de carteirinha e ia a todos os comícios desse cara que tá aí no poder há oito anos. Essa era a Débora social. A "private" Débora rebolava na frente do espelho ao som de Daniela Mercury (com luvas vermelhas e tudo) e tinha sonhos românticos com os meninos coxinhas do colégio (eram poucos). Até começar a namorar um deles. Tinha ainda a Débora esportista que corria muito e jogava futebol mal à beça.

Mas hoje, quando lembro da minha juventude (uau, achei que ia demorar mais para começar a falar desse jeito), eu sinto mesmo é saudade daquela menina meio ingênua, meio desbocada e meio destemida que ficava chorando no travesseiro sem mesmo saber por que.

Débora - A Descasada

20 comentários:

Andarilho disse...

Eu sempre gostei do Roxette. E detetsto o Chico.

19 de abril de 2010 10:15
Ricardo Bueno Suman disse...

PUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUTZ
Pen friends!!!!!!!!!!
Eu tinha um monte. Na verdade não lembro como os adquiri, nem como paramos os contatos... Mas era DIVERTIDÍSSIMO!!!! Como sou quase 17 anos mais novo que vocês, chamávamos de uma maneira mais informal, "Pen-pal"
Os anos 80 tiveram muita coisa de brega, mas é uma época excelente!!! Tivemos até um time da copa alienígena!!!
Boa semana, meninas...
Comento pouco mas estou sempre por aqui

19 de abril de 2010 10:45
Albuq disse...

Deb, super feliz com seu comentário no meu bloginho!

Realmente sou super fã de vocês, venho sempre ler o post e deixar minha contribuição, e fico feliz em ter vocês me visitando também!

Bem, confesso que adoooooooooooorei Roxette por muito tempo. Fez parte de muitos dos meus sonhos românticos kkkk

Tava lendo seu post sobre as roupas, me lembrando que tem dias que pego os albuns antigos lá de casa, só prá sorrir, porque são muuuuuuuuuuito engraçadas.

bjs e ótimo texto, como sempre!

19 de abril de 2010 10:56
Giovana disse...

Hahahahaha, quem nunca ouvi Roxette curtindo muito que atire a primeira pedra. Nossa, isso até me inspirou num post sobre o A-ha. Ha ha ha.
beijos, Gio

19 de abril de 2010 13:17
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Amei!!!!

I love Roxette too!!!! E "It must have been love", que inclusive está na trilha de "Uma Linda Mulher"? O máximo!!!!

Beijão e eu tb vou fazer post,mas falando das cinco músicas bregas de que mais gosto,

Bela - La Divorciada

19 de abril de 2010 13:57
Diu Mota disse...

E como eu pensei que ia demorar falar com saudade da minha fase "menina-mulher"..uiii. Eu tinha 22 ontem! Meu...mas as lembranças são muito fortes. Falando no ano brega do meu nascimento, lembrei que o tema da minha formatura em Comunicação foi...Anos 80! As sobras dos convites guardo com muuuito carinho até hoje- eu com um crucifixo enorrrme no pescoço. E todos da turma no auge dos ícones,hoje, ditos bregas ..rsrs
Um ano de mudanças e viva Roxette!

19 de abril de 2010 14:27
Marta Melo disse...

Nossa as calças santropeito e os coletes,kkkkkkkk,só de lembrar dá vontade de rir...Bela vc se lembra de "new kids on the block"?Amiga vc era fã de step by step...O meu conjunto preferido era dominó e tb sonhava com o Marcelo,achava até que era paixão mesmo...Q resenha relembrar estas fases...

19 de abril de 2010 15:21
Tati disse...

Olha pior q as roupas, eram os cortes de cabelo. Eu nem vejo as fotos, por causa da crueldade que minha mãe fazia na minha "JUBA".

19 de abril de 2010 15:25
Decor e salteado disse...

Ô, gente! Coitado do Roxette! Roxette é legal! rs

Sim, o visual era vexatório (calça baggy, colete, pochete, camisa de botão dentro de bermuda, mocassim... hahahaha), mas era tão legal ser adolescente naquela época (gente, também não achei que falaria isso tão rápido!).

As músicas eram mais legais (e na maioria dos casos, mais inocentes), os programas de TV eram mais legais, e não havia internet!!

Então, a gente se atualizava do mundo lá fora era via Capricho mesmo!! E eu ficava ansiosamente esperando a revista daquele mês. Que dia especial era quando ela chegava (minha mãe, fofa, fez assinatura pra mim).

Ai, ai... delícia relembrar isso, meninas! Agora estou ansiosa mesmo é pelos posts da Gio e da Bela!!!

Bjs a todas

Lu

19 de abril de 2010 15:34
Nina disse...

ahahaha, Debora! Adoreiiiii!! Meu apelido já foi "Madonna". A da fase like a virgem, ui!

Eu aprendi inglês com meus pen friends e com aquelas revistinhas de cifras que traziam as letras traduzidas. Nunca fiz escola de inglês, e quando fui para o Canadá estudar, entrei na turma mais adiantada, fui considerada fluente!

Viva os pen friends, ahahaha!

(ai, eu amava o Matt Dillon, especialmente em Rumble Fish e The Outsiders)

Beijo!

19 de abril de 2010 15:57
PORTFOLIO disse...

Olá meninas!!
Já faz uns 4 meses que leio o blog diariamente..
Mas hoje não resisti, tive que comentar!!!! rsrs
Confesso que fui uma adolescente que chorava com Roxette, amava A-Ha...
tive um namorado que gravou uma fita K7 (já estou entregando a idade ... risos!!!)só com esas músicas românticas...
muito bom.. pena que passa tão de pressa!!!
Beijos de uma divorciada que adora vocês!!!!

A propósito, o que é pen friends?

19 de abril de 2010 17:51
Marina disse...

Adorei o post!!! Eu me identifiquei muito, principalmente quando você cita Barrados no Baile, Roxette, calça santropeito... ai ai, que saudades dessa época... Eu sempre achei que um dia eu viveria uma vida de Barrados no Baile.

19 de abril de 2010 18:13
As primas disse...

Várias coisas:

Andarilho: Detesta CHICO??? ai ai ai...isso é uma ofensa para mim hahahahahah

Déb: "meio desbocada e meio destemida"
Ahhh, quem vê mudou muito ahhahahaahah

Roxette: ADOOOOOOOORO. Claro que só conheço as músicas conhecidas, mas são ótimassssssssssss...

PEN Friends: não é cousa do meu tempo.

Adoooorei esse post.

Vc é doidinha mesmo viuuuu =)

Tá parecendo a Dindrugs!! ahahahaha

.Olívia.

19 de abril de 2010 18:36
Marcos disse...

Sem falar que as baladas dos anos 80 foram as melhores e as musicas tocam até hoje... mas veja quantas pessoas estavam no mesmo time que você (e eu tb... afinal eu sou da epoca do "new wave").
Adoro seus posts..

19 de abril de 2010 22:03
Anônimo disse...

Ainda bem q vivi os anos 90 com o apogeu de Senna e o Brasil tetracampeão do mundo...kkkkkkkkk...Esse estilo mullet assusta muito! Por sinal "New kids on the block" é dessa época? Abraços a tds e parabéns pelo post^^
ASS: O caçula

20 de abril de 2010 01:16
Accácia disse...

Olha,vc descreveu um ´pouco a minha adolescência também!!
Que saudadeee...
Beijo!

20 de abril de 2010 11:32
Evelin disse...

Todos falaram que Roxette lembra adolescencia... quanto a mim, me faz recordar a infancia e de quando minha mãe se emocionada com a trilha de uma linda mulher. Sério, ela começa chorar quando a música começa a tocar!!!!
Recentemente, comprei para dar de presente para ela um dvd ao vivo e acabei gostando, não muito - acho porque meio gosto muito do tipo radiohead, músicas animadas, românticas, rsrs. bjos

21 de abril de 2010 08:05
•.¸¸.•*♥*•.¸¸.• Sanzinha •.¸¸.•*♥*•.¸¸.• disse...

Eu também lia Capricho, também assistia "Barrados no Baile" (AMAVAAAAA!) e também chorava baldes ouvindo Roxette. Mas a minha crying music era It Must Have been Love... ahahahaha.
Eita, tempo bom, viu? Sinto muita saudade.
Delícia de post, Débora.

Beijão!

21 de abril de 2010 20:32
SILVIA disse...

Vc. não gostava do Chico, do Cae ou das rodinhas ? kkkkkk
Futibas vc. podia jogar mail, mas Aikido, vc. manda suuper bemmmm....E destemida vc. ainda é!!! Mega bjk rumo ao penta(faixa azulllll)

23 de abril de 2010 17:05
日月神教-任我行 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島機加酒 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 巴里島旅遊 巴里島spa推薦 巴里島機票 巴里島行程推薦 記憶體 情趣用品 情趣用品USB Flash DrivesMemory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 投資美國物業 美國租金報酬 美國房屋買賣 房地產投資說明會 美國房地產 美國置產須知 美國房屋物件 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車

18 de junho de 2015 07:09