sábado, 3 de abril de 2010

Todos para Alagoas!!!


Não me invejem por isso, mas....eu vim passar o feriado em Maceió, minha linda cidade natal. E, mais uma vez diante de tanta belezura, fiquei com vontade de postar uma reportagem que fiz agora em março, para a Agência de Notícias Brasil Árabe (Anba), sobre a terrinha. Espero que vocês gostem. E um dia apareçam por aqui também.

Beijos direto das Alagoas,

Isabela – A Divorciada e A Alagoana

Alagoas: uma pausa para o paraíso


Estado do Nordeste brasileiro atrai turistas pelo mar azul esverdeado, sossego e boa mesa. Maceió, a capital, tem uma das orlas mais bonitas do país.

Isabela Barros


São Paulo - Estressado? Precisando descansar? Tirar uns dias para esquecer da vida e repor as energias? Pois aqui vai uma dica boa: arrume a bagagem e embarque para Maceió, a capital do estado de Alagoas, no Nordeste brasileiro. Não pode ficar muito tempo? Tudo bem, uma semaninha já dá para relaxar. Cinco dias, vá lá. O importante é pegar o avião disposto a colocar o pé na areia, comer bem e limpar os olhos diante de um mar que oscila entre o azul e o verde claro. Isso para não falar de um céu que parece ter sido retocado com Photoshop e, claro, da simpatia dos alagoanos. Tudo isso a pouco menos de duas horas da capital paulista de avião, em voo direto. É ou não é um convite à boa vida?


Uma vez em Maceió, o melhor é ficar hospedado numa das três praias urbanas mais badaladas da cidade: Ponta Verde, Jatiúca e Pajuçara. Isso porque a capital alagoana tem uma das orlas mais bonitas do Brasil, repleta de bares onde é possível até almoçar e jantar vendo o dia e a noite indo embora ao som do balanço dos coqueirais. Na Ponta Verde, o destaque fica para o chamado “calçadão”, onde os locais fazem caminhadas pela manhã e no final do dia. Já na Jatiúca, pausa para degustar uma tapioca bem servida e feita no capricho com os mais diferentes recheios, de coco e queijo, a versão mais clássica, até carne de sol desfiada, por exemplo. Todas à sua espera numa das barraquinhas montadas na areia da praia.


Não menos querida, a Pajuçara reúne duas das atrações mais citadas pelos maceioenses: a feirinha de artesanato e o passeio às piscinas naturais. Do que se trata? De um tour de jangada até o meio do mar que, naquele trecho, devido ao movimento das marés, fica bem rasinho de acordo com a hora do dia. Uma piscina natural mesmo. Detalhe: enquanto você fica lá, sossegado, garçons “aquáticos” baseados num barco de apoio servem refrigerantes, cerveja e batidas. Com direito a peixe frito e camarão para acompanhar. Aos interessados, os passeios são acertados numa barraquinha montada na frente da balança de peixe, na própria Pajuçara. E custam, em média, R$ 20 por pessoa.

Disposto a explorar praias mais afastadas? Não faltam opções bacanas para o norte ou para o sul, sempre a partir de Maceió. Entre as estrelas do norte estão Maragogi e Japaratinga, ambas perto da divisa com Pernambuco. Na primeira, distante 131 quilômetros de Maceió, os cenários incluem vilas de pescadores, trilhas na mata atlântica e, claro, praias de águas calmas e mornas. Há ainda o passeio às galés, a seis quilômetros da costa, formadas por recifes de corais. Um programa oferecido pela maioria dos hotéis e pousadas, que vendem os pacotes aos seus hóspedes. Mais pacata, Japaratinga, a 121 quilômetros da capital, é um sossego só. O mar tranquilo, verdinho, é o mesmo, só que com bem menos gente ao redor. Se a ideia é descansar, aliás, acomode-se bem na areia e fique por lá.

Rumo ao Sul, não deixe de conhecer a Praia do Francês e a Barra de São Miguel, respectivamente a 30 e a 33 quilômetros de Maceió. Queridinha dos alagoanos, a Praia do Francês pode não ser lá uma das atrações turísticas mais sossegadas, já que está quase sempre cheia, mas a cor de suas águas é de um azul que só encontra naquele trecho. Azul de arrebatar. A ponto de valer a pena encarar a música alta de alguns bares sem medo de se arrepender. Garanta o guarda-sol e deixe o dia ir embora sem pressa.

Na manhã seguinte, força no filtro solar que a Barra de São Miguel guarda outra atração famosa: a praia do Gunga, localizada no encontro da Lagoa do Roteiro com o mar, como uma ilha. Vá até o cais da Barra e tome um barco para fazer a travessia, o mesmo que vai te trazer de volta no horário combinado. Quando, bem relaxado, à tardinha, de preferência, você decidir que é hora de voltar para Maceió. Para dormir e sonhar com a vida boa que você teve em seus dias no paraíso.


Serviço

Informações turísticas e dicas de alimentação e hospedagem
www.turismo.al.gov.br


Quer ler mais? Deixo aqui os links para duas outras reportagens que escrevi sobre o assunto, a primeira sobre as lagoas do meu estado e a segunda sobre a farta e boa gastronomia local.

13 comentários:

Anônimo disse...

ê paraíso...

3 de abril de 2010 01:55
mulherpolvo disse...

eu já fui aí, curti muuuuuito!!
aproveite sua estada!!
PS: já passou a tristeza, viu?!

3 de abril de 2010 09:25
Andarilho disse...

Tenho que admitir que não curto mto praia não. Mesmo morando numa cidade cheia delas, vou em média, 1 vez por ano.

3 de abril de 2010 10:23
SAL disse...

eu quero iiiiiiiiiiiir pra maceioooooooooo!!!!

quero encontrar vc, niva e clarissa!!! hehehe

to estribuchandooooo de inveja sim!!! maaaaaas, breve estarei em sampa viu, Belissima?!

daí a nossa tarde de resenha e café tá marcadaaaaaaaaa!!! ;)

bjo e otimo feriado

3 de abril de 2010 11:26
Albuq disse...

Belaaaaaaaa, adorei o post!
Conheci Maceió ano passado quando fui prá Salvador, simplesmente linda, encantadora!

bjs e aproveite bastante!

3 de abril de 2010 11:35
Paloma, a mãe disse...

Ai, adoro Maceió e todo o litoral alagoano. Tenho ótimas lembranças daí e já marquei de levar a Ciça, mas ainda não deu certo.
Beijos

3 de abril de 2010 11:38
Decor e salteado disse...

Também já fui a Maceió, mas numa viagem-relâmpago... Mesmo assim, adorei!! Mas quero voltar pra ficar uma semana pelo menos e curtir bem Maragogi, que só conheço por fotos.


Bjs, e curta esta Páscoa deliciosa, Bela!! Giovana e Débora, bjs e feliz Páscoa pra vcs também!

4 de abril de 2010 00:13
Anônimo disse...

Então, tive o prazer de conhecer Maceió no último Natal, ao lado de dois guias nativos.

Por conta disso, eu, paulistano irremediável, fui do inferno à capital de Alagoas, ou seja, ao rascunho do Paraíso, sem escalas.

Pena ter sido menos dias do que merecia.

Que bom que, como sou otimista, sei que só foi a primeira das minhas viagens pra lá.

Um beijo para minha guia predileta. Sorry, Lipe.

Guarda Belo, bêbedo, trabalhando em plena Páscoa.

4 de abril de 2010 17:10
Anônimo disse...

Bela, depois de ler seu texto ate "euzinho" fiquei com inveja por você estar em lugar tão maravilhoso como Maceió... e olha que eu também estava lá!!!rsrs Adorei o texto! Parabéns pelo Blogue. Ah! Gostei muito de ter te conhecido também. Não prometo, mas volta e meia estarei dando uma espiadinha por aqui. beijo Flávio Pedrosa

5 de abril de 2010 13:22
Anônimo disse...

Amiga que coisa linda, ainda bem que eu estou aqui em Maceió para curtir tudo e mais alguma coisa. Beijos. Sandra

7 de abril de 2010 09:11
Nana disse...

Oi, Amiga!!!
No corre-corre acabei só lendo hoje. Adorei! Tem coisas quem nem eu vi, tipo as piscinas naturais, e fiquei com vontade de ir. RS. Realmente, a terrinha é um sossego só... O melhor mar do Brasil!!
Já tô com saudade de vc!!! Qdo é a próxima visita???
BJOOOO!! ou melhor, Xêêêêêêêêro!!!

11 de abril de 2010 20:00
Mel disse...

Amo demais tudo isso.Ala, Ala, Ala,Ala, Alagoas............

16 de abril de 2010 21:46
日月神教-任我行 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島機加酒 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 巴里島旅遊 巴里島spa推薦 巴里島機票 巴里島行程推薦 記憶體 情趣用品 情趣用品USB Flash DrivesMemory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 投資美國物業 美國租金報酬 美國房屋買賣 房地產投資說明會 美國房地產 美國置產須知 美國房屋物件 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車

18 de junho de 2015 06:31