segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Dou todo meu amor. Aceito carinho em troca

Sou moça trabalhadeira. Mas sou chegada numa farra. Sou puro coração, mas coloco a cabeça para funcionar quando é preciso. Às vezes me acho muito atrapalhada. Às vezes, por demais organizada. Não tenho gosto musical definido. Nem literário. Vou devorando o que vem pela frente. Sou uma esponja de emoções alheias. E posso mudar rapidinho de opinião se você me convencer. Sou tão forte. E tão fraquinha. Sou preguiçosa. Mas acordo cedo para a batalha. Não entro em discussão de vaidades. Só se minha opinião for mesmo importante. Falo alto, falo muito, choro bastante. Minha gargalhada pode ser ouvida a quilômetros de distância. Tenho um quê de escandalosa. Adoro momentos de reclusão. Passo um dia inteiro só com cerveja e petiscos. E outro só com alface e agrião (que mentira!). Não aprendi o que é ciúme – só senti duas vezes, em momentos de grande paixão. E não sou das mais possessivas.

Se comigo você quiser estabelecer um laço de afeto, não vou te exigir presença constante, nem ligações e e-mails. Não vou cobrar fatura, nem pedir que divida a conta. Não vou te acusar de nada se algo der errado (ao menos vou tentar não fazê-lo). Não vou cobrar fidelidade e nem lealdade porque acho que cada um sabe o que faz. Não vou te cobrar quase nada. Só uma coisa: um cadinho de carinho.

Eu, confesso, sou uma mendiga de afeto.

Débora – A Recasada

24 comentários:

Decor e salteado disse...

Nossa, Débora!!! Sinceramente, não sei se você se descreveu... ou se a mim! "Muito eu" esse texto... muito mesmo!!

Bjs, "irmã-gêmea"


Lu
http://decoresalteado10.blogspot.com

16 de agosto de 2010 00:10
Carol disse...

"O carinho é responsável por nove-décimos de qualquer felicidade sólida e durável existente em nossas vidas." (C. S. Lewis)

Eu, também sou super mendiga de carinho hehe, eu pudia tá matando eu pudia tá roubando, mas to humildemente pedindo carinho rsrs.

Que você tenha todo carinho do mundo, e se eu puder contribuir com um pouquinho, vou ficar super feliz!

Beijo!

16 de agosto de 2010 00:30
SAL disse...

tão carinhosazinhaaa essa minha black box!!! :)

e eu, com meu jeito Felicia de ser, as vezes tenho ate medo de te encher a paciencia com meus "hello frieeeend"! hehehe

partindo do principio de q, vc atrai o q transmite... esse amor todo q vc recebe das pessoas (incluindo as não conhecidas pessoalmente) é justamente pela sua enorme alegria e carinho pela vida!!

sou sua fã! bjo

16 de agosto de 2010 01:33
Kilson disse...

Achei perfeito o texto. Acho uma troca pra lá de justa! rsrsrsrs
Quem dá sempre espera algo de bom em troca.
Abraços

16 de agosto de 2010 08:17
Nina disse...

Ah, que linda!

Que você tenha o que procura!

Beijo

16 de agosto de 2010 08:21
Ricardo Suman disse...

Lindo post, amiga. Deu saudade de você!

16 de agosto de 2010 09:31
As primas disse...

Aii que xuxu essa minha prima!

Olha, eu que te conheço, sei bem com se sente!

Mas, se depender dos seus fãs do blog, da família, do trabalho, do aikidô, da vida... você nunca terá pouco carinho..

E como diz a BLACk BOX: não será poca bosta não, SERÁ UM PINICO CHEIOOOOOOO.

Luv U.

.Olívia.

16 de agosto de 2010 09:33
Albuq disse...

Deb que texto lindo, aliás, PERFEITO!

Fiquei pensando nas minhas qualidades e pedidos também, e do quando de carinho mendigo. Lindo demais!

E acrescentaria: você tem o dom de fazer refletir... é o que faço sempre quando leio seus textos. Belos!

Fã de vocês! adooooro!
bjs

16 de agosto de 2010 09:50
Karina disse...

Super me identifiquei com este post...rs

16 de agosto de 2010 10:06
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Quer carinho? E beijinhos? E mimos? E fofices? Aqui tem procê, viu? Sempre, amiga. Vamos marcar um encontro de meninas logo.

Como muita gente já escreveu aqui, fãs não lhe faltam, precious. E, thanks God, amor é algo que vai sempre sobrar para o seu lado, acredite.

Beijos, beijos, much love,

Bela - A Divorciada

16 de agosto de 2010 11:51
Jeff Prestes disse...

Debora,

acho que como você, há várias pessoas assim mendigos de carinho. Aliás, me inclua na lista.

O que eu não entendo é porque que o destino não junta essas pessoas para poderem trocar carinho e saciar a sua sede de afeto...

Sou mais um da legião de fãs. Como seu fã, tenha e sinta todo o meu carinho.

Bjs

16 de agosto de 2010 12:21
Silvana Alves disse...

eu tbém sou mendiga de afeto...

16 de agosto de 2010 12:26
Verônica disse...

Essa Debóra é impressionante. Um dia narra a mulher fortona que desmorona e no outro revela a menininha carente e carinhosa que mora dentro dela. É uma transparência de almas que poucos sabem descrever em palavras. Muitas coisas eu sinto, mas não sei explicar. Vc tem um dom que é saber se expressar, por esse motivo sabe o q quer e consegue passar pras pessoas. Vc é iluminada! Deus te abençoe sempre mais. Beijos!

16 de agosto de 2010 12:48
Verônica disse...

Essa Debóra é impressionante. Um dia narra a mulher fortona que desmorona e no outro revela a menininha carente e carinhosa que mora dentro dela. É uma transparência de almas que poucos sabem descrever em palavras. Muitas coisas eu sinto, mas não sei explicar. Vc tem um dom que é saber se expressar, por esse motivo sabe o q quer e consegue passar pras pessoas. Vc é iluminada! Deus te abençoe sempre mais. Beijos!

16 de agosto de 2010 12:49
Tuka Siqueira disse...

No início parecia eu falando de mim mesma, só me dei conta de que não era quando disse não ser ciumenta, eu sou e muito!!!
Abração.

16 de agosto de 2010 14:46
Red Forman disse...

afago é sempre bem-vindo. menos quando há excesso e gruda.


=*

RED.

16 de agosto de 2010 17:01
Insana disse...

Como disse Paulo Coelho em um de seusm muitos textos.
*****************
A solidão é muito perigosa, as pessoas acham que a solidão é confortável, porque ela nos evita sofrer. Carlos Drumon de Andrade tem uma linda poesia e nessa linda poesia ele tem um verso que diz o seguinte: “Admiro nos vegetais a carga de silêncio, Luís Maurício / Mas há que tentar o diálogo, quando a solidão é um vício.”

bjs
Insana

16 de agosto de 2010 18:07
Blog Sozinha ou Acompanhada disse...

Como tantas das meninas acima me identifiquei muito... acho que tem um pouco disso tudo em toda mulher!
lindo Débora!
beijocas,
Mari.

16 de agosto de 2010 20:02
Giovana disse...

Dé,
como diria Raul, "prefiro ser uma metamorfose ambulante". Lembrei isso lendo seu post.

Aliás, faz tempo que Darth Vader não me liga, rs.
beijão, Gio

16 de agosto de 2010 20:09
A 'PROGETTISTA' disse...

Gatona, vc é tudo, tudo de bom. Saudade.

16 de agosto de 2010 20:42
Silvia disse...

O legal foi ler o texto sem ver qual autora, mas pelo discorrido, já sabia de quem se tratava...essa brincadeira é legal, ir lendo e adivinhando quem postou.....hehehehe
q.tal Débora - a casada c. ela mesma? bjus e lóvis

16 de agosto de 2010 20:53
Yasmim disse...

Recentemente meu filho me disse:
Mainha você é um poço de carência, agora vou responder a ele que entrei para o grupo dos mendigos de carinho, pois adoro fazer e receber.
Pena que ele não entenda isso como nós.
Parabéns Débora pela sensibilidade como descreve sentimentos tão importantes em nossa vida.
Bjs.

16 de agosto de 2010 21:35
Octávio Gordo disse...

Falando de Mendigos de afecto... tou muito nessa fase aliás acho que sempre estive. Se aparecer por Luanda me avise sou capaz de convidar você para jantar. Boa sorte para preencher essa falta de afectos e bjs

17 de agosto de 2010 06:54
Ana Magal disse...

Deb sou igual a você! Acho que por isso que estou sozinha tanto tempo. Já tive homens que falaram pra mim que sou independente demais, que não demonstro amor o suficiente...

Mas o que é demonstrar amor na medida certa? Não gosto de crises de ciúmes de nenhum dos lados, mas exijo respeito e carinho, só isso. Se está comigo, na hora em que está comigo, deve 'estar comigo'. Me mimar, me agradar, me acarinhar e ponto final.

E me aceitar do jeito que sou: escandalosa (também rs), determinada, independente e dona de si... Se não gostou, cai fora... Um dia encontro alguém que goste. Até lá... Tô muito bem solteira: muito prazer! rsss

21 de agosto de 2010 17:10