sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Excesso de sexo

Foi por excesso de sexo (e falta de sensibilidade) que a minha amiga Doralice (nome fictício), de 36 anos, moradora de Salvador, Bahia, terminou o namoro com Rodrigo (nome também fictício), de 42, na semana passada. Ao longo do relacionamento, que durou quase um ano, esse lado fogoso dele sempre a encantou. Tudo corria muito bem, mas, com o passar do tempo, outras nuances foram se apresentando no meio do caminho.

Doralice adora sexo, mas estava se sentindo machucada após transar oito vezes com Rodrigo entre a noite de sexta-feira e a manhã de domingo. Foi quando ela pediu um respiro. E ouviu dele: “Com uma mulher como você, eu precisaria de pelo menos mais duas”. Não precisou de mais nada para que ela juntasse as coisas e fosse embora, dando um ponto final ao namoro.

Na avaliação da minha amiga, com a qual eu concordei inteiramente, não foi só uma questão de total insensibilidade por parte de Rodrigo. De respeito ao ritmo dela, já que todo casal precisa conciliar a medida dos dois num só compasso. Aos 42, ela acha que o ex-parceiro está entrando já na idade do lobo, fase em que eles precisariam se auto-afirmar, pagando de machos, mostrando-se capazes entre os mais capazes de todos os capazes. O sexo seria uma válvula de escape desse processo.

Eu estou com a minha amiga. E nem me preocupo com ela, que logo estará em boa companhia outra vez (Doralice é daquelas gostosonas, que arrasam quarteirões, além de ter um coração maravilhoso). Mas fiz questão de contar o babado para reforçar a noção de quão importante é, para um casal, achar o próprio ritmo. Conciliar as vontades. E viver plenamente, sem falta ou excesso, o sexo.

Isabela – A Divorciada

PS: Doralice quer saber: alguém aqui já lidou com homens na idade do lobo? Depoimentos, please!

21 comentários:

Anônimo disse...

Qnt vitalidade... ai n ha viagra q resista...

12 de novembro de 2010 00:43
Carol disse...

Afe!

No caso dele, a idade do BOBO.

Como ele não consegue respeitar uma mulher de carne e osso, deveria comprar uma boneca inflável e ser feliz para sempre, ou não.

E dá-lhe Doralice.

Beijo

12 de novembro de 2010 03:42
Frô disse...

E o pior é que ele continua achando que ele está certo e ela está errada. Bobo mesmo.

12 de novembro de 2010 05:52
Andarilho disse...

Não sei em que tom foi a conversa e tal, mas dependendo do tom, a frase até soa como um elogio. Afinal, está falando que a mulher é super desejável.

Claro, dependendo do tom, soa como se ela fosse só um pedaço de alcatra, hahaha.

12 de novembro de 2010 09:13
Paloma, a mãe disse...

Boneca inflável nele!
Mas sabe o que tem me deixado com raiva? Ver a insensibilidade de alguns maridos com mulheres recém-paridas ou amamentando. Cobrando a mesma vitalidade e, pior, o mesmo desejo de antes. Primeiro que desejo não se cobra. E existe uma explicação química/ biológica para isso. A prolactina - hormônio da amamentação - afeta a libido. Fora as noites mal dormidas, a preocupação ccom o bebê, enfim, acho que os maridos têm que dar um desconto e serem legais para fazer o desejo aparecer e não cobrar uma super performance sem fazer a sua parte.
Esta minha indignação é porque acabei de ouvir a queixa de uma amiga cujo marido cobra demais, sendo que ela está numa luta pela amamentação e um bebê pequenininho... Falta de sensibilidade total, querer competir em atenção com um recém-nascido (que ainda por cima é filho dele).
Beijos

12 de novembro de 2010 10:05
Ana disse...
Este comentário foi removido pelo autor. 12 de novembro de 2010 11:25
Ana disse...

Ai ai!!! Sexo é bom, mas tudo tem sua hora e merece equilíbrio.

Tenho amigas que já lidaram com homens na idade do lobo, mas acho que tudo é uma questão de amor, compreensão e conversa. E cá pra nós, homem é uma espécie que precisa de auto-afirmação o tempo inteiro quando a matéria é sexo né?

Se ela gosta do tal "lobo", acho que uma conversa resolveria, mas se não... bola pra frente que o verão já chegou na Bahia e como Bela disse, logo logo ela estará em outra boa companhia.

Beijos e beijos
Ps. Também sou de Salvador e desejo boa sorte para minha conterrânea.

12 de novembro de 2010 11:28
Nina disse...

Bobo diz tudo!

12 de novembro de 2010 15:46
nanda disse...

Sinceramente...
Ele não é digno de uma boneca inflável...
Isto é muito pra ele...
Deprimente...
Beijocas,Bela!

12 de novembro de 2010 18:20
Patricia Digue disse...

Esse cara fugiu com uma máquina do tempo da pré-história? Lamentável que exista gente assim, fico chocada. Culpa um pouco da gente mesmo, que nos deixamos ser escravas das vontades deles às vezes. Isso só mudará quando a gente se impor contra esse e outros tipos de violência.

12 de novembro de 2010 19:39
Marta Melo disse...

Pois é Bela,acho que equilíbrio e respeito é a base de tudo.Sexo é fundamental em uma relação mas não é tudo...Como já disseram aí parece que a garota é apenas um pedaço de alcatra...Um beijão e boa sorte para Doralice!Marta

12 de novembro de 2010 21:00
Anônimo disse...

Esse cara é o típico "fura couro". Precisa de um buraco, sabe? Não consegue ver nada além do próprio umbigo. Um tipo desses não se importa se a mulher está tendo prazer ou se está sendo machucada. O importante pra ele é ejacular, mesmo que sem ter prazer.

Dá vontade de bater!

12 de novembro de 2010 21:18
Fábula e Arte eventos personalizados disse...

Meninas...há tempo estou querendo parabenizá-las pelo novo layout...e pelas histórias que não podemos mais viver sem elas...falei p/ Bela de um novo projeto, dêem uma passada por lá: www.fabulaearte.blogspot.com..adoro vcs..bjos!! Cris Werlang

12 de novembro de 2010 22:09
Tuka Siqueira - Ktralhas disse...

Bah! Prefiro não comentar sobre este assunto, pois sou capaz de escrever tanto que dá pra virar livro, sem falar que certamente vou perder a compostura!

Bela querida, tive que "sumir" com o seu comentário lá no blog no post "Medo". Tava dando problema no formulário de comentário e tive que editar o post e tirar o formulário fora. Com isso, fiquei sem o teu coment´rio. Perdoa por favor, mas não teve outro jeito, pelo menos não que eu soubesse.

Beijos, bom finde.

12 de novembro de 2010 23:02
Melzuca disse...

Falando sério comer é bom, beber tb e fazer amor nem se fala, mas comer 8 pizzas, tomar 8 garrafas de coca cola e transar 8 vezes seguidas é o mesmo que um passo ao hospital ou a loucura.Tudo nessa vida que é feito na medida certa sempre deixa o gostinho de quero e mais, mas o exagero só nos remete ao NUNCA MAIS.Manda esse cão no cio ir pro canil da reprodução.Seja feliz Doralice com o cara do meio termo.Bjossss

12 de novembro de 2010 23:51
Anônimo disse...

é por essas e outras q a mulherada toma chifre e nao sabe pq!!
homem sem sexo nao é feliz vcs querndo ou nao isso é uma realidade!
por isso q tem besta e incompetente q gasta 500 reais com prostitutas para ser feliz pelo menos 1 noite!
duvido q algum homem trairia se a esposa fosse um vulcão na cama
mulher q faz amor o homem nao quer! homer gosta de sexo e as esposas nao fazem sexo ! por isso q dá tanto divórcio e as putas continuam cobrando 500 ou até mais por uma noite de SEXO kkkkkkkkk

13 de novembro de 2010 11:50
Evelin disse...

Bela, eu com um lobo? hummmm...!?!?

Bem, segundo um amigo, que pedi para ler este post e opnar, apesar de eu já ter identificar sua opnião a respeito desse "problema", afirma o seguinte:

"Cada um deve respeitar sua fisiologia seu bioritmo. Existem casos de auto afirmação, mas são excetos a integralidade. Eu faço muito por necessidade mesmo. O cara tá fraco só 8x num fim de semana, minha média é no mínimo 13
de 6ª a noit p um domingo."

Nesse momento precisei me manifestar:

"Com quantas? A mesmma nao deve ser
com a mesma."

Eis que ele responde:

"Ela tava drogada, pegava ela dormindo sedada. De cada 10 ela teve ciência de 3 ou 4"

=]

Beijos Bela

13 de novembro de 2010 12:04
Evelin disse...

Bem, a conversa continuou no msn a respeito do post, e preciso colocar o restante da conversa, por ser cara do 3x30:

"Eu termino e com uma mulher e se ela for embora já sinto vontade de me masturbar. N sei se é normal, mas é o meu bio ritmo, faço p mim mesmo, sinto uma real necessidade. Era uma das brigas no meu casamento, ela n acompanhava. Aacho q mulher nenhuma acompanha,
a não ser q seja viciada em sexo, tipo ninfo maníaca. Por isso me sinto muito melhor solteiro, pq posso fazer meu ritmo e me sinto feliz assim"

Acredito tb que nenhuma mulher acompanhe.

=*

13 de novembro de 2010 12:08
Fabíola disse...

Acho que um homem pode ter sexo animal com a esposa,mas vamos respeitar a fisiologia dela;como tb respeitamos as falhas deles.Eu e meu marido fazemos sexo animal e também fazemos sexo fofo,mas ele sempre se preocupa comigo.

13 de novembro de 2010 15:03
Laís BH disse...

Acho que frequência e intensidade são coisas completamente diferentes! Vc pode fazer várias vezes e ser marrom e pode fazer uma só vez e ser maravilhoso, durar a vida inteira na sua cabeça.Eu particulamente, prefiro qualidade a quantidade. Bjão Bela

13 de novembro de 2010 21:58
Blog Sozinha ou Acompanhada disse...

Belinha vc falou tudo né amiga?
Respeito é tudo... saber se ver dentr o da relação tb!
beijocas,
Mari

14 de novembro de 2010 18:52