segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Síndrome de Cicarelli

Tenho uma amiga que anda paranóica com esta facilidade de qualquer pessoa sair filmando qualquer um por aí e botar nas redes sociais. No último Carnaval, em uma praia do litoral, acabou bebendo demais e, quando se deu conta, estava no rala e rola com um folião na areia.

Na semana seguinte, voltou à sua rotina normal. Quer dizer, não tão normal assim. Afinal, se pôs a buscar desesperadamente vídeos no You Tube com o nome da praia. Acabou me telefonando pedindo ajuda e quase arrependida da aventura carnavalesca.

- Ai menina, tô noiada.

- Que aconteceu? Transou sem camisinha?

- Tô procurando no You Tube.

- O quê?

- “Camburi”, “Carnaval em Camburi”...

- Como assim?

- Ah, meu, sei lá, e se alguém filmou eu com o cara lá?

Eu disse que ela estava exagerando e que o importante era ter feito tudo com a devida proteção. Depois de algumas semanas de monitoramento on line ficou mais tranquila, mas prometendo não se expor de novo. Na minha opinião, é realmente mais complicado hoje em dia deixar certas coisas rolarem em público. Que o diga Daniela Cicarelli, que foi flagrada fazendo sexo com o namorado no mar. Mas já que não somos celebridades, melhor desfrutar de pelo menos esta vantagem que o anonimato nos dá.

Patrícia -A Solteira

11 comentários:

Ana Magal disse...

haha rindo horrores!!!!

É meninada... bem vindos a Era 2.0, 3.0, 4.0 e por aí vai....


Um adendo... sempre quis falar isso meninas: porque vcs não colocam os comentários abaixo do post... tão mais bonito e mais fácil de comentar do que abrir em outra janela =D Só mudar lá em configurações =D

Beijos!
ótima semana!
@anamagal

8 de novembro de 2010 00:17
Carol disse...

Hahaha...se ela danar a ler Foucault então, vai entrar em parafuso.

Ah, sorria (nem sempre)você está sendo filmado (ufa)

=D

Beijão!

8 de novembro de 2010 01:03
Andarilho disse...

Já dizia um sábio: não quer que as pessoas vejam, não faça em público.

E eu gosto do esquema de janelinha pra comentar.

8 de novembro de 2010 08:23
Olívia disse...

HAHAHAHAHAHhAHAhAhAhAHAHa

Mto bom!!!

E sobre as mudanças do blog: GEEEEEEENTE não afeta o tempo das pessoas, e a janelinha é legal, pois a gente consegue ver o texto novamente para comentar.

As pessoas são resistentes à mudanças né!?

Bjos meninas...ótima semana!

.Olívia.

8 de novembro de 2010 09:23
Blog Sozinha ou Acompanhada disse...

hahahaha...adorei e viva o anonimato.... mas que às vezes é o máximo deixar o momento rolar é!!!
beijocas,
Mari

8 de novembro de 2010 10:39
F. disse...

A verdade é que se formos viver de paranóias teremos todas as nossas fantasias reprimidas.
Prudência e coragem na dose certa é o que precisamos para realizá-las.
Boa semana!

8 de novembro de 2010 11:52
Evelin disse...

Eu heim, cada coisa.

8 de novembro de 2010 12:25
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Olha, para não ser vítima dessa síndrome, eu mesma já abri mão de algumas aventuras, hahaha!!!

As câmeras estão em toda a parte, é fato. Melhor ficar de olho. Com as lentes e, principalmente, com os malas que filmam mulheres às escondidas.

Beijos,

Bela - A Divorciada

8 de novembro de 2010 13:56
Albuq disse...

Eu sou noiada, confesso que ficaria como ela procurando no youtube! bjs, adorei o post, ri muuuuuuuuuito!

8 de novembro de 2010 16:23
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Do jeito que as coisas andam, tenho medo até de vizinhos a la Janela Indiscreta!!! Vai saber...rs

E o pior de tudo: todo mundo faz, todo mundo faz, todo mundo faaaaz. Então nem deveria ter muita graça...

baccios

deb

8 de novembro de 2010 17:48
Tuka Siqueira - Ktralhas disse...

Rindo litros!!!!

A Ciccarelli tem duas desvantagens neste caso: é famosa e tava com o nome na boca do povo na época (ficou ainda mais) e além de transar em lugar público, lotado de gente e à luz do dia. Pediu, né?

10 de novembro de 2010 12:21