quinta-feira, 18 de novembro de 2010

3x30 entrevista: Doutor Amor


Inauguro aqui um espaço exclusivo para entrevista no blog. Para a estreia, um bate-papo que tive com Thiago de Almeida, psicólogo especializado no tratamento das dificuldades dos relacionamentos amorosos, a quem eu gentilmente apelidei de Dr. Amor. Com vocês, ele, o homem que trata do coração e não é cardiologista.

Raio-X

Thiago de Almeida, 31 anos, viúvo
Nascido em São Carlos
Faixa etária média que atende: entre 20 e 50 anos
Já atendeu 1,2 mil pacientes

3x30 – Por que você foi fazer psicologia? Sempre tentou entender o ser humano?

Dr. Amor – Dizem que quem faz psicologia quer se entender. Eu sempre detestei psicólogos e nunca acreditei em psicoterapia, até eu começar a atender meus primeiros pacientes, quando estagiava na universidade onde me formei. Achava que não impactava. Sempre fui um tremendo CDF, lia muito. E um dia eu li um texto do Levi-Strauss chamado “O Feiticeiro e sua Magia” no qual um homem chamado Quesalid começa a freqüentar o mundo dos xamãs por duvidar de seus poderes, por achar que os feiticeiros são todos charlatões. Aí decidi que ia fazer o mesmo: queria provar o charlatanismo da psicologia. E aí prestei o vestibular na UFSCAR.

3x30 – E o que te convenceu de que psicologia não era charlatanismo?

Dr. Amor – Quando me dei conta, ainda no segundo ano, durante meu estágio, de que tudo o que eu falava tinha um peso tremendo na vida das pessoas, como ainda acontece. Conheci muitos maus profissionais, mas nem eles me fizeram desistir da psicologia depois que me convenci de sua eficácia. Vim e fiquei na psicologia devido à necessidade dos meus pacientes, os quais muito estimo, e não por causa dos que não honram a profissão e nem o privilégio de estar na frente de um paciente.

3x30 – Por que se especializar nas dificuldades dos relacionamentos amorosos?

Dr. Amor - Quando eu me formei, vi que quase nenhum profissional falava disso. Mas a temática está na vida de todo mundo. Só que as pessoas só buscam ajuda quando a coisa vai bem mal. Aí vão ao psicólogo. Ou ao astrólogo. Ou ao psiquiatra.

3x30 – Quais são as principais queixas em seu consultório?

Dr. Amor - Ciúme em primeiro lugar. Infidelidade em segundo. Ouço muita coisa do tipo: “Não sou ciumenta. Eu só ligo para ele de cinco em cinco minutos para saber onde ele está, se está bem...”.

3x30 – Ciúme em primeiro? Por que, hein?

Dr. Amor – O ciúme funciona como mecanismo de preservação da relação em vista de um inimigo real ou imaginário.

3x30 – Mais imaginário...

Dr. Amor – Mas é que o ciúme não é só amoroso ou sexual. Tem gente que sofre horrores por ciúme da família, do trabalho. O ciúme pode ser bom, pode ter um efeito de proteção, sim. Ele não é de todo negativo. O problema é que o ciumento não se reconhece como tal. Acha que isso é amor.

3x30 – E ex, assombra?

Assombra quase todos os casais.

3x30 – Mulher é mais ciumenta?

Dr. Amor – Meio a meio, viu? Homem também sofre com isso.

3x30 - Que outros motivos levam as pessoas ao seu divã?

Dr. Amor - Timidez. Falta de repertório sentimental, o problema mais notório dos homens. Tem ainda aqueles que têm uma enorme dificuldade de sair de um relacionamento ruim. E fica naquele namoro ioiô. Vai, volta...

3x30 – Sei bem como é...qual é o peso do relacionamento dos pais na vida amorosa dos filhos?

Dr. Amor - Para os adolescentes é maior esse peso porque eles não têm repertório e as referências são a dos pais. Com o tempo, e experiência, cada um vai desenvolvendo seu próprio jeito de se relacionar.

3x30 – Ou seja, melhor não casar tão cedo, então? O ideal é ter mais experiência?

Dr. Amor – Depende. E mesmo porque hoje tem tanta possibilidade. Tem o ficar, tem o divórcio, tem o recasamento. As pessoas se casam mais tarde hoje não por falta de repertório emocional, mas porque querem investir na vida profissional.

3x30 – Então ser fruto de relacionamentos ruins não é determinante?

Dr. Amor - O problema é menos os pais e mais nossas expectativas e paradigmas. Costumo citar o mito do Leito de Procrusto, uma metáfora sobre os outros quererem mutilar nossos sonhos e possibilidades de acordo a conveniência deles. A gente pré-determina um padrão, traçamos um script e queremos que o mundo se encaixe nele.

3x30 – O lance do príncipe...

Dr. Amor – Sim. E num primeiro momento, o da paixão, não dá para ver a porção sapo do príncipe. Ou o viés bruxa da princesa.

3x30 – E como a gente entende o “leito procrustiano” do outro?

Dr. Amor – Não é o do outro que temos que entender. É o nosso mesmo. Antes de nos relacionarmos. Já é bem difícil entender o nosso próprio leito...

3x30 – A paixão é mesmo cega? Pode ser a combustão de um relacionamento horrível?

Dr. Amor - O problema é que quando estamos apaixonados, relevamos os defeitos e atitudes que não gostamos com medo de perder aquela pessoa. Jogamos a sujeira para debaixo do tapete para agradar quem amamos. Só que isso dura, no máximo, 18 meses. Sem querer ser pessimista. E aí é substituído pelo amor, que é outro processo. Ou não. Acaba ali mesmo.

3x30 – Não é possível sentir paixão e amor ao mesmo tempo?

Dr. Amor – Tem quem consiga, mas é uma minoria. E tem sempre a ver com quebra de rotina. Quem consegue fazer isso, tende a manter a paixão acesa.

3x30 – Você já teve muita decepção amorosa?

Dr. Amor – Aprendi muito com meus relacionamentos. Mas com certeza sou melhor psicólogo que namorado. Dado até a enorme diferença entre o número de casos que atendi e a quantidade de relacionamentos que tive.

3x30 – Você acredita no amor?

Claro! Sabe o que significa amor? “A” é negação e “mor” é morte. Amor é a negação da morte, aquilo que vivifica! É o que nos liga à vida, nos conecta ao todo. O amor está em tudo: na prosa, na música, nas pinturas. Sem amor, não há vida.

Débora – A Separada

27 comentários:

nanda disse...

Déb, adorei esta nova "seção"...
O Dr. Amor está solteiro?
Hã hã hã??
Hahahaha!
Beijocas!

18 de novembro de 2010 01:14
Thiago de Almeida disse...

Olá Debora,
ficou show de bola mesmo. Curti pacas ser o teu primeiro entrevistado.

18 de novembro de 2010 05:29
Lanna disse...

Debora adorei a entrevista, vcs como sempre chegando coisas novas e óteeemas de se ler...
Fica a pergunta q não quer calar
(né Nanda)...
O Dr. Amor está solteiro??? kkkkk
Bjs

18 de novembro de 2010 07:34
Nina disse...

Muito bom! Parabéns à entrevistadora e ao entrevistado!

Adorei, beijos

18 de novembro de 2010 08:36
Grace disse...

Deb
Adorei,muito bom mesmo.
O Dr. Amor está solteiro?
rsrs
Bjos

18 de novembro de 2010 09:19
Anônimo disse...

Viuvo?!?!

18 de novembro de 2010 10:39
Bruna Angeli disse...

Muito bom Adorei!!

"Sem Amor eu nada seria..."

Bjuss

18 de novembro de 2010 10:41
Talita disse...

Que legal!!!
Gostei d+++!!!
Não tem como Dr Amor ter um espacinho fixo aqui??? rs rs rs
Bjussss

18 de novembro de 2010 11:22
Anônimo disse...

Dr Amor, vc vem sempre aqui? ;))

18 de novembro de 2010 11:48
Anônimo disse...

Como Psicóloga, não posso deixar de parabenizar o blog pela iniciativa e o "Dr Amor" pelas palavras...

Muito bom, tomara que continue!

Não via um post tão bom por aqui há um tempo! Parabéns!!

18 de novembro de 2010 12:16
Carla disse...

Que bom ouvir a voz de um especialista.
Parabéns ! Boa sacada !

Bjs

18 de novembro de 2010 12:18
Patricia Digue disse...

Sensacional a entrevista. Parabéns Débs e, doutor, obrigada mais uma vez pela "parceria".

Patrícia, A Solteira

18 de novembro de 2010 12:35
Andarilho disse...

Gostei da entrevista.

18 de novembro de 2010 13:38
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Adorei! Ótima entrevista. Sugiro que o Doutor Amor volte com um "Doutor Amor Responde", com perguntas de todo mundo. Que tal?

Beijos, beijos,

Bela - A Divorciada

18 de novembro de 2010 16:01
Marina disse...

Parabéns pelo post, Dé, você é demais!!! Adorei!!

18 de novembro de 2010 18:22
Carol disse...

Muitooooo bom, super adorei.
E acho que deve mesmo rolar o Doutor Amor Responde!!

E ele fez sucesso aí com a mulherada, heim!

Beijos para o trio!

18 de novembro de 2010 18:39
pri disse...

Ninguem responde...entao vou perguntar : ele tá solteiroooooooooooooooo????? e todo mundo já voltouuu!! Dr Amor Responde já!!!!!

18 de novembro de 2010 21:44
Marta Melo disse...

Amei a entrevista!Nossa que lindo o significado de amor.Adorei a sugestão Bela q vc colocou aí em cima ,parabéns para vcs , bjs!!!

18 de novembro de 2010 21:55
Blog Sozinha ou Acompanhada disse...

Oi Débora, que sacada legal! Adorei!
E realmente se essa for mesmo a foto do Dr. Amor UALLLLLL..... vê se responde se ele está solteiro!!!!
Contudo acho que o amor é um sentimento muito individual e não sei se pode ser analisado sem que seja individualmente.
beijocas,
mari

18 de novembro de 2010 21:57
Yasmim disse...

Endosso a proposta de Bela, que o Dr Amor volte, parabéns adorei, Bjs!!!

18 de novembro de 2010 22:14
Albuq disse...

Bela, que proposta legal, adorei... espero que venha mais vezes kkk

bjs

19 de novembro de 2010 00:17
Kilson disse...

Gostei quando ele falou que o ciúmes é meio a meio, pra homens e mulheres.
Nós homens temos uma tendência a fazer cara de mal, de durões, mas quem de nós homens NUNCA teve ciúmes de uma mulher?
Gostei tb quando ele diz que o amor é vida. E quem não quer ter uma vida tranquila?
Já o ciúme, tem a ver com posse ou psedo-posse. Não é legal, mas as vezes acontece...rsrsrsrs.
Débora, muito boa a iniciativa de trazer o Dr.Amor ao seu Blog.
As mulheres que estão se assanhando para o lado do Dr Amor, atentem para a margem de erro! (brincadeirinha).
Beijos

20 de novembro de 2010 01:54
▒ Ju Lins ▒ disse...

Fica Fixo Doutorrrr *-*

22 de novembro de 2010 11:35
Fernanda Crancio disse...

Uau, Debs! Adorei!!!
Aprovadíssima a nova sessão e que venham mais entrevistas!
Aliás, li ontem uma matéria tua na iSTOÉ!

beijo

22 de novembro de 2010 18:36
O Divã Dellas disse...

Oi "ar menina" eu quero o Dr Amor pra mim, #Comofaz?? hahaha

Beijos pro trio!

23 de novembro de 2010 09:46
Olívia disse...

Hoje não vou fazer gracinhas.

Nunca vi uma interpretação tão linda da palavra amor...

Estou chorando de emoção!

Dr Amor Responde jÁ!!!!!

23 de novembro de 2010 14:15
日月神教-任我行 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島機加酒 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 巴里島旅遊 巴里島spa推薦 巴里島機票 巴里島行程推薦 記憶體 情趣用品 情趣用品USB Flash DrivesMemory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 投資美國物業 美國租金報酬 美國房屋買賣 房地產投資說明會 美國房地產 美國置產須知 美國房屋物件 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車

18 de junho de 2015 07:12