terça-feira, 10 de maio de 2011

Desabafo de divorciado

Essas três mocinhas aqui se orgulham de ter um blog que não sataniza os homens. Muito pelo contrário, estamos sempre de olho nos diferentes pontos de vista. Nessa linha, o post de hoje abre espaço para o desabafo de um leitor divorciado, que aqui vamos chamar de Caco. Não, não é um Conte seu Dilema publicado em dia errado. Nosso descasado só quer colocar para fora. E registrar como eles também sofrem num divórcio, da mesma forma que nós.

Tendo se casado aos 18 anos, com uma mulher que se dizia “muito apaixonada”, ele teve com ela dois filhos, hoje com 21 e 18 anos. Segundo Caco, com o passar do tempo ela se mostrou “infantil diante de determinadas situações” e o “chantageava” para conseguir manter o casamento. Na reta final da história dos dois, encerrada há pouco tempo, não existia mais, de acordo com o nosso leitor, itens de primeira necessidade como confiança e sexo. A gota d’água foram alguns desentendimentos de ordem financeira, já que ela “passou a gastar muito” e ele “não estava conseguindo dar conta”.

Decidido o divórcio, ele diz ter lutado com todas as forças para que a separação fosse consensual e não litigiosa, quando o processo demora muito mais e as partes afirmam perante a lei que vai ter briga na hora da partilha dos bens. Mesmo assim, diz ele, para provocar, ela o denunciou usando a Lei Maria da Penha, tendo o acusado de agressão sem que ele fizesse “nada contra ela”. Isso além de espalhar que ele “era gay” e “envenenar” os dois filhos contra o pai.

Agora, Caco “vive sozinho, ainda pagando as dívidas da época do casamento, lutando para refazer a vida”, mas “sem coragem” de se envolver com outra mulher, “muito menos casar”.

No relato enviado a nós, ele citou o blog como uma espécie de fórum de ajuda e troca de ideias entre descasados. Achei ótima a observação dele, a quem me dirijo sinceramente, agora:

Caco querido, faça tudo, mas não abra mão da sua dignidade. Defenda-se na Justiça de qualquer acusação infundada. E lute pelo respeito dos seus filhos. Vai ficar tudo bem. Sempre fica, acredite.

Gente, aquela força para o Caco nos comentários, pode ser? Divorciados do mundo, uni-vos. E solteiros e casados também.

Beijos, beijos, muito amor,

Isabela – A Divorciada

11 comentários:

Lanna disse...

Bom dai meninas, e bom dia Caco.
Passei por um divorcio meio conturbado tb, e falei q não me envolveria dinovo com mais ninguem, mas isso td é por medo q dá de passar por td dinovo, hj estou bem, estou namorando e feliz da vida, os medos e inseguranças ainda pairam no ar, mas sem me travar a tentar ser feliz novamente, então Caco, não fique parado não, não se assute, e seja feliz, lembre-se q sua felicidade não depende de estar com alguem, mas tb não se feche pra isso, vou ficar na torcida...
Beijão

10 de maio de 2011 07:10
Andarilho disse...

Acho que ainda é meio cedo pra pensar em se envolver com outra mulher, especialmente algum caso sério.

O negócio é ir juntando os cacos, colar tudo de volta e depois ir pra luta de novo.

10 de maio de 2011 08:49
Ana disse...

Só não se feche para a vida! Mágoa é a pior coisa que existe e só nos faz sofrer. Dê tempo ao tempo, não precisa se envolver com ninguém se não quiser, mas não pense que toda mulher é assim, que pelo relato parece ser fútil e mentirosa.
Quanto a lei maria da penha, ela só vai conseguir provar algum coisa contra vc se tiver testemunhos e mais, se a queixa for de agressão ela vai ter que fazer exame de corpo delito... quero ver ela conseguir levar adiante uma queixa infundada. Lute com a sua verdade e não se deixe abalar.
Um abraço e boa sorte

10 de maio de 2011 09:40
Ácidas e Doces disse...

Pois é, meninas, há homens e homens. Assim como há mulheres e mulheres.
Caco, como uma filha de pais divorciados acredito mesmo que você tem que lutar pela verdade e pelos filhos. Nada pior que conhecer apenas um lado da história e acreditar nela.
Beijo
Kézia

10 de maio de 2011 09:55
Gabi Rosa disse...

Oi Caco!
Em primeiro lugar: forças!
Divórcio, separação, término de relacionamento ou o q quer q seja nca é bom... No seu caso acho q paciência e força são itens mais q necessários de se trabalhar.

Citaram acima e repito: nca perca sua dignidade. O material vc logo logo vai recuperar e sim, tudo passa!

Qto a se envolver com outra pessoa isso vai de cd um, mas tb ñ se feche pro mundo pq tem um monte de pessoas legais q passaram por situações chatas querendo ao seu lado um outro alguém legal.. O fim só chega dps q dá td certo!

bjs

10 de maio de 2011 12:35
Gabrielly disse...

Olá Caco e meninas!
Nenhuma separação é tranquila e a minha tb não foi...
Já se passaram 2 anos e quando conversamos por mais de 30 minutos é impossível não tocarmos nas feridas do passado.
Neste momento só posso desejar que reze muito para que ¨Papai do Céu¨te ajude lhe dando muita sabedoria e serenidade pq com o tempo vc vai ver, tudo há de se ajeitar.Não tenho ninguém tb e confesso para mim hj isso ainda é o menor dos detalhes... Ando tentando colocar algumas peças deste imenso quebra-cabeça no lugar ainda. Mas acredito, q a vida é assim mesmo. Nós é que temos que tentar ver tudo pelo melhor lado possível e se vc ainda não consegue, fique calmo pois é certo que cedo ou tarde cada coisa irá para o seu lugar e vc irá superar.
Desde já deixo meu carinho desejando muita força e muita paz para vc se recuperar bem rapidinho desta lição que não parece fácil de ser resolvida, mas q certamente não é impossível.
Bjos na alma para vc e para estas meninas q são SUPERRRR!!!!!!

10 de maio de 2011 14:45
Anônimo disse...

Caco Bróther!!!!!!! vamos nos ver por ai... e tomar umas cervas e falar sobre a vida, vai ser legal.


O Ogro.

10 de maio de 2011 15:32
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Se entendi bem, o que sua ex tá fazendo chama "alienação parental". Mas seus filhos são grandinhos...já deveriam pensar por si própios. Logo mais eles sacam tudo e tiram suas próprias conclusões.

Quanto a ter outra pessoa, entendo o medo. Mas pense que com a sua maturidade e experiência nada mais vai ser como se é quando se tem 18 anos...

beijão e boa sorte!

deb

ps: e vá tomar umas cervejas com o Ogro =)

10 de maio de 2011 19:14
Patricia Digue disse...

Pôxa, enfrentar uma situação dessas deve ser traumatizante mesmo. Mas não se feche para o amor, porque embora às vezes não pareça, existe gente boa no mundo. Eu espero...

Bjs da Solteira

10 de maio de 2011 19:18
José Antonio disse...

Minha história é parecida com a sua Caco, estou no olho do furacão, dono de uma firma que está falindo e me separei no mês passado de um casamento de 9 anos com um filho de 8 anos e uma de 3, a decisão de separar foi dela (acho que já deve estar com outro)e me passou pela cabeça várias idéias nada agradáveis, ainda não sei como será a separação só sei que quero que tudo isso acabe logo, que eu possa voltar a ter minhas noites de sono tranquilo, que eu possa ver meus filhos e tocar o barco pra frente. A dor é grande, chegar em casa e não ser mais recebido com alegria pelos filhos me destroça a alma.

13 de maio de 2011 14:49
日月神教-任我行 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島機加酒 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 巴里島旅遊 巴里島spa推薦 巴里島機票 巴里島行程推薦 記憶體 情趣用品 情趣用品USB Flash DrivesMemory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 投資美國物業 美國租金報酬 美國房屋買賣 房地產投資說明會 美國房地產 美國置產須知 美國房屋物件 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車

18 de junho de 2015 01:21