quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

O Inferno interativo

Tenho perfil no Facebook. E no Orkut também. Mas estou encantada mesmo é pelo Facebook. Nossa, tem gente do mundo inteiro lá. Que deslumbramento é conectar-se com pessoas conhecidas em viagens aqui e acolá, com os amigos mais próximos e com os que já não estão assim tão perto. E que inferno que é saber demais da vida dos outros involuntariamente. Principalmente, se no seu grupinho de amigos está o seu possível próximo alvo.

Em nome da interatividade, sempre tão moderna, tão dinâmica, tão admirada por pessoas "fora da caixa" - rápido parênteses contraditório: até hoje, juro, nunca conheci ninguém fã deste termo, fora da caixa, que fosse diferente de um avestruz com a cabeça enfiada dentro da terra. Bem, deixa pra lá porque isso rende outro post...

Voltando a este assunto instigante, a tal "interatividade". Outro dia, entro no meu perfil e vejo a seguinte frase no meu feed de notícias, o tal cerne interativo do Facebook: Fulano de tal agora está solteiro. Gente, não é surreal um programa de computador atualizar os amigos sobre o seu estado civil do momento? Não sabia se ria de deboche ou de felicidade também, pois o tal carinha é um chuchu. Mas, casseta, mora longe. Logo: o que me interessa saber que fulano de tal agora está solteiro? Que faço eu com esta informação? Nada, né.

Outra: que angústia que dá quando você fica uns dias sem entrar. Ao acessar sua página, milhares de updates de notícias já terão rolado. Como será possível administrar tantas novidades que não servem para nada, mas lá estão? Já dá para ficar bem estressada só de imaginar aquelas frases encadeadas uma embaixo da outra, cada uma atualizando um acontecimento diferente vindo de pessoas distintas que lá encontram-se somente porque são suas.... amigas. Interatividade seletiva já!

E as solicitações de amizades de criaturas que você nunca viu mais gordas? Outro dia, um cidadão me manda uma solicitação com o seguinte adendo: Andy Warhol introduced us. Bom, considerando o fato que Andy Warhol morreu quando eu tinha onze anos de idade, só posso concluir que a criatura poderia ser um pedófilo em potencial. Solenemente ignorado.

Conte neste bolo os pedidos de amizades de caras (sim, caras), que também nunca vi mais gordos, e cujas fotos são assustadoras. Ou pelo seu forte apelo ridículo ou por serem potencialmente falsas. Afinal, como acreditar na fotografia de um morenaço de 1,90m, forte, sorridente e com os três botões de cima da camisa abertos? Muito estranho... e cômico. Depois, aceitar estes pedidos de amizade significará triplicar o feed de notícias sobre pessoas que sequer vi em carne e osso. Tô fora!

Mas o que acaba com o cristão é aquela maledetta caixinha de bate-papo. Quem será que está conectado? Será que o tal carinha vai me chamar? Humm, tá conectado, ai meu Jesus... Será que do lado de lá estas perguntas também são feitas? Ansiedades que pulam igual sapos dentro da nossa cabeça num abrir e minimizar de janelas. Melhor tomar um café, enfiar a cabeça no trabalho e deixar pra lá. Ansiedade não costuma ser boa conselheira mesmo.

Há também os amigos são noção. Aqueles que deixam mensagens edificantes que mais parecem um outdoor animado e cafona, com letras volumosas, fofas, quase um marshmallow de cores gritantes, laudeadas sempre por bonequinhos, bichinhos, entre outros "inhos", tudo piscando e brilhando muito. Muuuito. Isso quando não inventam de mandar oração neste formatinho dos infernos. Meu Deus! Numa boa, eu apago todas essas tranqueiras quando recebo. Detesto uma a uma sem exceção. Para mim, é igual vir na minha casa e vomitar no meio sala. Não tem como não ver aquela caca e não limpar.

Tem ainda os que falam tudo sobre suas vidas e em tempo real. Milhares de fotos com legendas fofuxas, sobre coisas que você não quer saber mas que, em nome da "interatividade", você é notificado. Uma a uma. Fora quando te marcam em fotos de terceiros e você está uma monstra. Logicamente esta informação vai estar aparecendo no seu perfil, pois você tem que estar sendo notificado. Assim, todos deverão estar sabendo que você está lá e vão estar vendo o quão monstra você saiu numa foto; que você não pediu para ser tirada e achou que ficaria esquecida no cartão da máquina. Interatividade acima de tudo.

Pelo menos quando você exclui um mala ele não toma conhecimento. Neste caso, os gênios que programaram estes sites tiveram consideração com os que desejam uma relação saudável com a web. Fulano de tal não será notificado que você o exclui do seu grupo. Pôxa, Facebook/Orkut, valeu mesmo por evitar que eu passe o maior carão.

Claro que a tal relação saudável é sempre sucetível a alguns ataques de ansiedades (controláveis). Nada que uma saída com os amigos, um bom filme e uma viagem não resolvam. Nada que a vida real, sempre mais interessante, não consiga se sobrepôr. Pôxa, mas bem que o gatinho podia ter me chamado para um tête-a-tête? Ou: humm, bati com papo com o carinha. Bom, muito bom!

É, essa tal de interatividade é uma foda mesmo....

A Solteira

5 comentários:

3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Já fico biruta com Orkut, Msn, mil e-mails, Blip e dois blogs. E tem gente por aí dizendo que eu tenho que ter tal do twittr. Na NZ, meus amigos coreanos me perguntavam pq eu não tinha Facebook. Eu respondia: "é pq eu tenho um que só tem brasileiros".

É coisa demais, minha gente! E tempo pra tudo isso?? Pq tudo isso vicia e vícios requerem tempo.

Agora, o que eu acho mais engraçado, é que o Facebook virou uma diferenciação social no Brasil - já ouvi muita patolina dizendo assim: "Orkut, ai credo, só tem pobre agora!!"

Ai ai, só na Terra Brasilis mesmo...

beijossss

Casada-Conectada

19 de dezembro de 2008 00:22
Rita H. Abematsu disse...

Interatividade, bom e ruim e impossível viver sem. Entretanto, não acho muito saudável o caminnho que as coisas andam... Devemos sim estar conectados, mas ter um equilíbrio entre vida virtual e o bom e velho "ao vivo e a cores".
Só entro qdo eu acho q será bacana, mas vejo q a minha volúpia pela conectividade vem diminuindo. Será consciência ou velhice mesmo? hahahahaha

19 de dezembro de 2008 13:15
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Amiga Solteira,

Apesar de ser uma tiranossaura que vive em Jurassic Park sem Orkut, Facebook ou MSN, não tenho nada as contra as novas tecnologias. Principalmente se elas nos levam à melhor forma de interatividade que existe: o olho no olho...

Em 2009, prometo ter pelo menos Skype. E, maybe, MSN.

Beijos,

A Divorciada

19 de dezembro de 2008 16:03
Fabíola Melo disse...

Meninas,

indiquei o selo Dardos para vocês!!!

bjinho

19 de dezembro de 2008 18:52
日月神教-任我行 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島機加酒 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 巴里島旅遊 巴里島spa推薦 巴里島機票 巴里島行程推薦 記憶體 情趣用品 情趣用品USB Flash DrivesMemory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 投資美國物業 美國租金報酬 美國房屋買賣 房地產投資說明會 美國房地產 美國置產須知 美國房屋物件 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車

18 de junho de 2015 06:18