sexta-feira, 4 de março de 2011

Dez músicas de Carnaval que eu adoro



Bora começar a esquentar os tamborins? Então lá vai, deixo vocês com os meus dez hits carnavalescos prediletos. E espero para saber as escolhidas nos comentários, sim? A lista:

1) Bela. Meu frevo!!! E escrito por ninguém mais, ninguém menos, que Capiba, o mestre. Você diz que ela é bela, ela é bela sim senhor, também poderia ser mais bela, se ela tivesse o meu amor.

2) Explode Coração. Amo samba enredo. E esse do Salgueiro, de 1994, é mais que demais: Explode coração, na maior felicidade, é lindo o meu Salgueiro, contagiando e sacudindo essa cidade...

3) O Amanhã. Outro clássico: Como será amanhã, responda quem puder, o que irá me acontecer, o meu destino será como Deus quiser. O negócio é viver, minha gente!!! Pagar para viver, eu acho.

4) Máscara Negra. Bravo, bravíssimo: Quanto riso, oh quanta alegria, mais de mil palhaços no salão, Arlequim está chorando pelo amor da Colombina, no meio da multidão...

5) Elefante (o hino do bloco de mesmo nome). Cortando os pulsos de saudades: Olinda! Quero cantar, a ti, esta canção, teus coqueirais, o teu sol, o teu mar, faz vibrar meu coração, de amor a sonhar, em Olinda sem igual, salve o teu Carnaval!

6) Chuva, suor e cerveja. Eita frevinho bom do Caetano, para sair pulando: Não se perca de mim, não se esqueça de mim, não desapareça, a chuva tá caindo e quanto a chuva começa eu acabo de perder a cabeça....

7) Valores do Passado (hino do Bloco de Saudade). Eu sei, eu sei, tem Olinda demais nesse post, fazer o que? E o Bloco da Saudade assim recorda tudo o que passou...

8) Depois que o Ilê passar. Nunca passei o Carnaval em Salvador, falha a ser corrigida um dia, deve ser o máximo. Adoro essa melodia: Me pegue agora, me dê um beijo gostoso, pode até me amassar, mas me solte quando o Ilê passar...

9) Deusa do Amor. Olodum!!! Tudo fica mais bonito você estando perto, você me levou ao delírio por isso eu confesso, os seus beijos são ardentes, quando você se aproxima o meu corpo sente...

10) Posso sentir. Chiclete com Banana, senhoras e senhores, hahaha!!! Eu não renego jamais a axézeira que existe em mim. Nem desdenho as canções que eu ouvia quando tinha 15 anos. Essa é muito fofa, vai: Posso sentir, chego a tocar na sua mão, cantar cantar a beleza da vida, me faz querer seu coração...

Bom Carnaval, lindões e lindonas. Pulem, dancem, descansem, relaxem, quebrem tudo por mim, que vou ficar quietinha, arrumando a minha casinha.

Besitos,

Isabela – A Divorciada

6 comentários:

Olívia disse...

Faltou o meu ídolo:

VAIIII PAAAASSAR NESSA AVENIDA O SAMBA POOOOOOPUUUULAR... CADA PARALELEPIPEDO DA VELHA CIDADE ESSA NOITE VAAAAAAAAAI SE ARREPIAR!!!


Essa eu adooooooooooooro!

.Olívia.

4 de março de 2011 09:21
Carol disse...

Gosto muito de Máscara Negra! =)

Beijo

4 de março de 2011 12:21
..bee.. disse...

não conheço a maioria delas.. poxa! faltou marchinha de carnaval mesmo.. hahuahuah.. e a minha preferida..


Mulata bossa nova
Caiu no Hully Gully
E só dá ela.
Ê! Ê! Ê! Ê! Ê! Ê! Ê! Ê!
Na passarela!

4 de março de 2011 15:29
Giselle Mota disse...

"É hoje o dia da alegria e a tristeza
Nem pode pensar em chegar"
"Diga espelho meu
Se há na avenida
Alguém mais feliz que eu"

Samba da Uniao da Ilha do Governador, 1982, de tao lindo foi regravado por varios artistas...E aquele tipo de musica que se vc escuta e leva a tristeza embora...rs

Bom carnaval Bela, o meu tb sera aqui quietinha no frio do Japao.

4 de março de 2011 23:22
Ana C. Abrantes disse...

Também adoro marchinhas!

"Vem, jardineira!
Vem, meu amor!
Não fique triste,
Que este mundo é todo teu;
Tu és muito mais bonita
Que a camélia que morreu!"

:) Existe musiquinha mais fofa?

E as "Pastorinhas", "Linda morena", "Me dá um dinheiro aí", "Cabeleira do Zezé" e tantas outras! Singelas, alegres, lindas, atemporais!

Quando era pequena, minha mãe me levava àqueles deliciosos bailinhos infantis, e meus amiguinhos e eu nos acabávamos ao som dessas marchinhas!

No mais, apesar de não ser muito fã de sambas-enredo, esse do Salgueiro é mesmo muito especial, assim como aquele, da Imperatriz Leopoldinense, de 1989 (Liberdade, liberdade...).

E como também mora uma axézeira na minha pessoa, devo dizer que adoro o Chiclete! E aqueles Hits-Axé-Bahia-Anos-Noventa!!! rsrsrs

Carnaval tb será na minha casinha!

Um beijo e bom divertimento a todos!

4 de março de 2011 23:27
Evelin disse...

Nossa, Bela, não conheco nenhuma!!!

Acho que de fato, não curto carnaval - nunca curtir na verdade.

Beijos

Evelin

11 de março de 2011 10:23