terça-feira, 30 de agosto de 2011

Encarar ou adiar o ódio alheio?

Ultimamente tenho me deparado com discussões a respeito de um difícil dilema existencial (se é dilema, é porque já é difícil né?). Tem gente (normalmente do sexo masculino) que prefere mentir a respeito do que sente para evitar confusões e a raiva alheia. É o medo de ter o dedo apontado na cara. Em uma das histórias, o personagem preferiu trair, mentir, acabou permanecendo com a traída, e provavelmente ela nunca saberá nada a respeito daquele tempo em que dividiu o seu parceiro com outra. Vai continuar considerando ele fofo e perfeito. Mas existe o risco de a parte enganada vir a descobrir tudo um dia. Então me pergunto: É melhor encarar uma possível explosão de raiva por ter sido honesto quanto às suas dúvidas e sentimentos ou empurrar a verdade com a barriga em troca de uma felicidade cercada por hipocrisia?

Pelo tom do meu texto, claro que vocês já devem saber o que eu acho. Eu prefiro que a outra pessoa morra de raiva de mim no calor dos fatos e até possa manter esta mágoa por um tempo. Mas, em compensação, um dia deverá compreender as minhas atitudes ou fraquezas. E até voltar a se relacionar amigavelmente comigo no futuro, reconhecendo que apesar da infidelidade, nunca houve deslealdade. Quanto à outra situação (a de empurrar com a barriga), normalmente acontece justamente o contrário. Uma hora a verdade vem à tona e a mágoa e a decepção vêm com muito mais força e duram para sempre.

A verdade dói, mas é sempre o caminho mais nobre.

Patrícia, A Solteira

16 comentários:

Giselle Mota disse...

Se vc teve um caso e esta num casamento "empurrado com a barriga", acho valido contar e ir ser feliz de verdade...
Agora se vc cometeu um erro(GRAVISSIMO, EU SEI) de uma noite so, se arrependeu e ama a pessoa que esta com vc e quer ficar com ela...sera que vale a pena contar e estragar tudo, alem de magoar demais? Nao sei...
Eu por mais amor que tivesse, nao conseguiria olhar para uma pessoa e sorrir sabendo que fui traida...nao conseguiria continuar...
Entao, nao sei...
PS: Que fique bem claro que nao sou uma defensora da mentira e traicao...

30 de agosto de 2011 08:03
Andarilho disse...

Adiar é como jogar no casino. Se a pessoa não descobrir, você ganha. Se ela descobre, você perde e perde feio (pq além da traição, soma-se a mentira x o tempo).

30 de agosto de 2011 08:56
Anônimo disse...

e qdo a outra descobre , e os dois resolvem continuar juntos? qual a explicaçao? muito amor?ou eles sao adultos e bem resolvidos demais para passar por td e ainda tentar novamente?
e qdo mesmo assim ele ainda procura a outra? e vem com aquele discurso de q voltou para a oficial mas nao consegue ficar sem ver a outra? qual explicaçao,....
chego a conclusao q o ser humano e louco!!!!!
o q vcs acham? dava um post para dia d quinta hein????rsrsrs

30 de agosto de 2011 09:51
Evelin disse...

Então, segundo Andarilho, trata-se de um jogo, fundado em "sorte".

Há casos e casos.
Sou a favor da verdade sempre, mas também acompanho a máxima "a ingnorancia é uma virtude" (vai de cada pessoa e/ou momento).

Evelin

30 de agosto de 2011 10:33
Anônimo disse...

Na minha humilde opinião quem trai e resolve contar que traiu, só faz isso para se livrar da culpa e do arrependimento, mas não adianta nada, só faz a outra pessoa sofrer mais ainda... Acho que quem trai deveria perceber que o relacionamento não está dando certo e pular fora por conta própria, e não fazer a outra pessoa sofre mais.

30 de agosto de 2011 11:49
Marta Melo disse...

Oi meninas!!!

Se um dia eu fosse traída por uma pessoa que amo,não sei se perdoaria mas com certeza o perdão seria bem mais fácil se fosse a própria pessoa que tivesse me contado.Valorizo imensamente a lealdade das pessoas!

30 de agosto de 2011 12:02
Tati disse...

Quem faz uma escolha, tem que estar preparado para as consequências!

30 de agosto de 2011 13:03
Anônimo disse...

Depois de muito tempo (mantive-me fiel em ações), abri com o parceiro que estou precisando de um tempo (com o que tudo o que isto possa trazer). Estava morrendo de medo de ouvir um montao, de ele ser intransigente e me cobrar uma decisao definitiva etc., mas ele disse: eu te entendo.
Nosso caso é peculiar, pois se trata de relacao longa, mas o ponto é. Eu nao tenho ninguem em vista, mas tenho tido vontade de experimentar. Acontece que eu nao consigo trair o cara. Ele é, acima de tudo, um amigo que eu amo demais. Entao, minha gente, nao conseguiria fazer diferente, portanto, naturalmente, acho que a gente precisa conversar sim. Manter-se leal. Traicao nao é ao outro, apenas, mas nos machuca na alma. Que tal sermos leais? B.

30 de agosto de 2011 13:04
.Intense. disse...

Estou passando - 'estou'? acho que não é estou, é passei, no passado mesmo - por uma situação semelhante e, acho que às vezes pode até ser como alguém disse aqui em cima " não adianta nada, só faz a outra pessoa sofrer mais ainda... "...eu discordo.

Sou do time que acredita que isso nunca vá ficar encoberto pra sempre, mas principalmente tenho certeza que quando o outro descobre que foi enganado, o ódio que a pessoa sente é muito maior (e impossível de lidar) do que o ressentimento que fica quando tudo é conversado, colocado em pratos limpos...se um tem o direito de se interessar por outra pessoa, trair, se arrepender, voltar...o outro não tem o direito de saber se ainda quer aquele relacionamento?

Fica a pergunta. Já traí e já contei. Já traí e não contei. Já fui traída e fiquei sabendo. E em todos só tive mais certeza: a raiva é pior do que o ressentimento.

30 de agosto de 2011 13:58
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Pois é, nada como a verdade. Até porque, ela sempre chega mesmo, incrível.

Beijos,

Bela - A Divorciada e A Noiva

30 de agosto de 2011 16:49
Mulherzinha Sim! disse...

Complicado julgar. Cada caso é um caso... Acredito que depende muito do sentimento, da ocasião, como foi que ocorreu a traição...

Eu sempre falo que detesto mentira, mas será que se eu caísse na asneira de trair um parceiro e, mesmo sabendo que não teria chances dele descobrir, eu contaria para não deixar de ser leal? Será que eu arriscaria não ter o perdão dele e acabar definitivamente com o relacionamento? Não sei!

30 de agosto de 2011 21:27
Anônimo disse...

Fui a outra por quase 4 anos e a situação não é nada fácil como as pessoas julgam e discriminam, sai fora por várias vezes mas ele sempre me procura, ele não quer se afastar de mim, mas para mim amigo não dá mais pra ser...E hoje afastada dele sinto muita raiva dele por não termos ficado juntos e por saber que ele pode não me amar mas sei que não ama a esposa também, minha vontade é colocar a boca no mundo pq sei que ela tb não merece,queria me vingar dele pois ele posa d ebom moço para a familia e para as pessoas.Torço que ele volte a traí-la e ela descubra e que nessa hora eu esteja longe demais mas quero ficar sabendo da ruina dele

4 de setembro de 2011 16:01
Anônimo disse...

Fui a outra por quase 4 anos e a situação não é nada fácil como as pessoas julgam e discriminam, sai fora por várias vezes mas ele sempre me procura, ele não quer se afastar de mim, mas para mim amigo não dá mais pra ser...E hoje afastada dele sinto muita raiva dele por não termos ficado juntos e por saber que ele pode não me amar mas sei que não ama a esposa também, minha vontade é colocar a boca no mundo pq sei que ela tb não merece,queria me vingar dele pois ele posa d ebom moço para a familia e para as pessoas.Torço que ele volte a traí-la e ela descubra e que nessa hora eu esteja longe demais mas quero ficar sabendo da ruina dele

4 de setembro de 2011 16:02
Anônimo disse...

Fidelidade não é o mais importante numa relação e sim a Lealdade estabelecida entre o casal.

6 de setembro de 2011 17:53
Anônimo disse...

Talvez a pessoa traída saiba de tudo que aconteceu e o relacionamento tenha se fortalecido pois depois do erro, veio o perdão e finalmente a lealdade que faltava no relacionamento. Geralmente a outra parte acha que o casamento não supera uma traição e que o casal vive numa felicidade irreal, talvez pela inveja da felicidade e por ter perdido o principe encantado que gostaria de ter ao seu lado. Conheço casos assim.

14 de setembro de 2011 23:16
日月神教-任我行 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島機加酒 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 巴里島旅遊 巴里島spa推薦 巴里島機票 巴里島行程推薦 記憶體 情趣用品 情趣用品USB Flash DrivesMemory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 投資美國物業 美國租金報酬 美國房屋買賣 房地產投資說明會 美國房地產 美國置產須知 美國房屋物件 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車

18 de junho de 2015 07:43