terça-feira, 16 de agosto de 2011

Galinhas, cuidado


Diz o senso comum que os homens trocam mais informações sobre elas do que elas deles. O motivo seria aquele outro senso comum de que as mulheres disputam e eles cooperam. Mas tenho observado uma mudança nisso aí. Sinto que as mulheres trocam mais informações hoje sobre suas vidas e “queimam” as opções do mercado sem dó, se necessário. Estamos aprendendo a cooperar também neste jogo, o que me parece bastante saudável.

Prova disso aconteceu no final de semana. Uma amiga de uma amiga se queixava do comportamento estranho de um “ficante”. Ele andava ligando de madrugada para querer vê-la ou nas noites de domingo, numa clara demonstração de estar aplicando a teoria “não peguei ninguém então vai você mesmo”. Foi aí que uma terceira entrou na conversa, perguntando quem era o dito cujo. E não deu outra. Ela já conhecia o sujeito, ou seja, há muito tempo ele já vinha aplicando o “golpe” na praça. E disse: “Sai fora que esse aí é traste”. Se ela já pensava mesmo em dispensá-lo, passou a ter certeza.

Portanto, cuidado homens-galinha, porque diferentemente de vocês, a informação entre nós voa.

PS: Feliz Dia dos Solteiros (comemorado ontem) atrasado.

Patrícia, A Solteira

7 comentários:

Andarilho disse...

Fiquei imaginando uma rede social em que a mulherada dava uns 'curti' e uns 'descurti' nos caras, hahaha.

16 de agosto de 2011 08:32
A. Marcos disse...

Partindo-se das premissas de que:
a) os homens estão em menos número do que as mulheres e, portanto, há mais mulheres sobrando do que homens;
b) morrem mais homens do que mulheres sejam jovens (mortes violentas e acidentais) ou mais maduros (causas naturais ou acidentais);
c) cerca de 40% é gay;
d) uma grande parcela dos homens heteros está casada

Chego à conclusão de que as mulheres solteiras estão em número infinitamente maior do que os homens solteiros e ao invés de "queimar"o filme do galinha poderiam muito bem dividí-lo entre si, como, aliás, já fazem os homens a muito tempo.....kkkkkk

16 de agosto de 2011 09:43
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Marcão,
vc esqueceu que a gente tem a opção de virar lésbica tb.
há!
deb

16 de agosto de 2011 11:11
Paloma, a mãe disse...

Ô, se funciona, nossa rede é melhor que Facebook!
Meninas, convido vcs a lerem o primeiro guest post lá no blog, sobre casamento gay e crianças: http://fotocecilia.blogspot.com/2011/08/guest-post-i-love-you-lets-play-lego.html.
Beijos

16 de agosto de 2011 15:28
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Hahaha!!!

Gente, o Comando Bob, o grupo das minhas amigas de colégio, comigo inclusa, claro, faz isso há anos!!! Hahaha!!!

Beijos,

Bela - A Divorciada e A Noiva

16 de agosto de 2011 17:40
Carol disse...

Banco de Dados, literalmente...haha

16 de agosto de 2011 17:42
Mulherzinha Sim! disse...

Como já sou jornalista, eu digo que meu papel é informar. Ou seja, detono mesmo o cara que não merece ter bom currículo na praça! Sai umas três vezes com um cara que prometia mundos e fundos e não cumpria... Conclusão: ele ganhou o apelido de Borracha Fraca. Entre as minhas amigas ele era, carinhosamente, chamado de BF. rs
Uma outra também o apelidou de "bonequinha". Adorei!

23 de agosto de 2011 00:10