quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Uma ode aos 30 anos

Como a vida é gostosa aos trinta anos! Hoje, dia 17, comemoro meu aniversario de 30 anos. E, ao olhar para trás, vejo, pela primeira vez, que estou dando importância para o meu aniversario. Conheço muitas pessoas que adoram datas comemorativas, e eu nao sou uma delas. Natal, ano novo, carnaval e aniversário, para mim, são dias comuns. Fazer 18, como todo adolescente almeja, foi mais do que normal. Mas é engraçado perceber como fazer 30 está mexendo comigo.

Com os meus 30 anos veio a realização de muitos sonhos. Alguns de longo, outros de curto de prazo. Estamos em um mundo muito competitivo, um país que não dá muita oportunidade para os pequenos, e em uma época onde todos são obrigados a terem ensino superior, 3 línguas, MBA...E eu finalmente consegui ser dono do meu próprio nariz! Depois de anos de estudo, de luta, de erros, de aprendizado em todos os sentidos possíveis, sinto-me capaz de gerir uma vida: a minha.

Nao acho que eu tinha maturidade o bastante aos 20 anos para saber que aquela namorada era a mulher da minha vida, mas eu achava. Ou que a minha pequena empresa seria o maior sucesso em 6 meses, e eu me danei. Ou que comprar um apartamento perto do meu bairro predileto seria simples, e estou indo para longe.

Hoje, aos 30, vejo que tudo o que fiz me formou como pessoa para errar menos, almejar o possível, ser mais realista e poder ter um relacionamento sério e maduro sem as inseguranças de uma vida insegura.

Com 30 anos, sou finalmente independente financeiramente, mesmo com um padrão mais baixo que o dos meus pais. Com 30 anos, me casarei com a mulher que tenho certeza que nao é apenas uma transa e uma paixão inesquecível, e sim um amor com enorme companheirismo e compreensão. E aos 30, finalmente, tenho certeza de que ainda errarei muito, mas que cresci com meus erros passados e que estou mais preparado para encarar as frustrações que a vida nos traz todos os dias.

Viva os 30!

Ricardo - O Noivo Trintão

11 comentários:

Anônimo disse...

Adorei o post, torço para que todos ao entrarem nos 30 ganhem essa percepção... e de quebra uma pessoa pra não ser só mais uma transa!!!
Mas... meninas quem é o Ricardo? o noivo... é o guarda Belo?? rss

bjokas ao trio!

Luana

17 de agosto de 2011 00:19
Inaie disse...

nunca vi homem na crise dos 40...kkkk

17 de agosto de 2011 01:15
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Parabéns, querido amigo!

Te conheci um meninote e hj vc é um trintão! Quem diria =)

Toda felicidade do mundo procê!!

beijo da Dinda Deb

ps: Luana, Guarda Belo é "O" Noivo desse blog, nosso primeiro damo. O Ricardo é meu amigo que tb está noivo. São taaantos casamentos! =P

17 de agosto de 2011 08:48
Giselle Mota disse...

Espero ter essa maturidade e esse equilibrio quando chegar aos 30...faltam so 4 anos e tanta coisa a ser feita...rs
Felicidade pra vc e sua noiva Ricardo, beijos

17 de agosto de 2011 10:06
Mery disse...

Olá, cara, concordo com o que escreveste...a idade só me fez bem, entendo melhor as pessoas, já me divorciei, foi para o meu bem, estou com 33, me sinto ótima.
Felicidades!
Estou te seguindo, beijo da Mery.

17 de agosto de 2011 12:04
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Parabéns querido, e obrigada pelo lindo texto.

Vida longa e feliz pra vc.

Bjs da Solteira

17 de agosto de 2011 12:21
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Parabéns, Ricardo!!! Pelos 30 anos e por toda a sabedoria que eles trouxeram procê. Arrepia!!!

Beijos,

Bela - A Divorciada e A Noiva (Do Guarda Belo, Luana, hahaha!!!)

PS: Estamos em sintonia, Ricardo, meu próximo texto, sexta agora, será "Ter 30 anos é....". Me aguarde.

17 de agosto de 2011 12:52
Mirys + Guigo + Nina disse...

Uau!!! Adorei o post!!!

Quando cheguei nos 35, recebi um exame para ingresso no meu 1o (e único) concurso público, que dizia, em letras garrafais: apta! Eu fiquei tao feliz que até troquei minha frase do msn para "35 anos, feliz e APTA!".

Acho que é assim, mesmo, depois dos 30... a gente se acha apto!

Bjos e bencaos.
Mirys
www.diariodos3mosqueteiros.blogspot.com

17 de agosto de 2011 13:13
Nadja G. disse...

Nossa, que bom que você chegou assim aos 30 anos! Pra mim eles chegaram com uma certa crise, o que aliás me inspirou a fazer meu blog: http://www.seviranosquase30.blogspot.com (mas tb nao fico falando só de crise, afinal bom-humor é fundamental, né? hahaha)

Parabéns!

Beijos

17 de agosto de 2011 17:35
Frô disse...

Que delícia de texto! Às vezes nos esquecemos que as nossas conquistas não são apenas materiais.
Tenho orgulho dos meus 30 anos, das minhas escolhas, da minha liberdade, da minha maturidade (a dos 30, já que a maturidade dos 40 vai ter outro significado).

Ricardo, é isso aí, acredite em você. Felicidades na sua nova vida de casado!

17 de agosto de 2011 20:58
Rita, a noiva do Trintão disse...

Vc me surpreende a cada dia!! Muito orgulho de vc e do seu amadurecimento...Nosso sonho está cada vez mais próximo de se realizar...
TE AMO infinito...
da noiva APAIXONADA...

17 de agosto de 2011 23:35