quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Esperando o homem perfeito


Você já deve ter visto a imagem dessa caveira sentada num banco com o esqueleto de seu cachorrinho. Sim, essa é a mulher que esperava o homem perfeito, morta e não enterrada, mas sempre na esperança de encontrar alguém que caiba no seu sonho. Parece loucura, mas quem não tem uma amiga assim, daquelas sedentas por um amor idealizado e que, justamente por isso, esquecem de viver a vida, se arriscar numa relação real?



Pois esse post é um manifesto a favor do homem imperfeito. E um alerta de que não existe nada pior no mundo do que aqueles parceiros que entram na vida da gente prometendo mundos e fundos, um modelo de vida cor de rosa, um futuro maravilhoso, onde não existem curvas no caminho. Aprendi a amar e querer a companhia de quem, como eu, tem mil defeitos no currículo. Que erra e aponta os meus erros, mas, acima de tudo, quer acertar. O que pergunta “como podemos melhorar isso juntos?” e segue em frente ao meu lado.


Por essas e outras, assino embaixo na tese da escritora Lori Gottlieb, autora de um livro recém-lançado chamado Marry Him! The case for settling for Mr. Good Enough ("Case com ele – Porque casar com o Sr. Bom o suficiente" em inglês). Segundo Lori, se até os 30 você não tiver nenhum príncipe em vista, é melhor casar com um sapinho simpático. Não ser tão exigente.


Todas nós crescemos moldadas pelo mito do final feliz dos contos de fadas, sabendo todas as histórias de cor. Mas custa dar uma chance para o imperfeito? Tirar o sapatinho de cristal de uma vez por todas? Bem do lado, pode haver um homem de verdade disposto a pôr os pés no chão com você.


Isabela – A Divorciada


PS: Taí, Guarda Belo, escrevi. Beijos, beijos, todos os beijos procê.

24 comentários:

NAPAULA disse...

Taí, um post que dá o que pensar!! Querer acertar já é muito! bjsss

28 de janeiro de 2010 07:51
Paulinha Costa disse...

Eu prefiro alguém de verdade! A perfeição não existe mesmo, é uma ilusão de começo de paixão.
Sapinho simpático é mais divertido, bjssss

28 de janeiro de 2010 07:54
mulherpolvo disse...

Vou aprendendo na marra, a cada volta com Puro-Osso, que o amor (pelo menos o nosso)reside nas diferenças. Entre todos os defeitos existentes no mundo, os dele são mais aturáveis... ,
PS: ta muito difícil comentar aqui. Qdo eu clico em OpenID, perco meu comentário. reescrevo, perco denovo e acabo desistindo.
Tomara que esse vá!!

28 de janeiro de 2010 08:42
Nina disse...

Hum... Um amigo me enviou o link desse livro ontem. Gostei mais do título do que do desenvolvimento do artigo.
(http://oglobo.globo.com/vivermelhor/mulher/mat/2010/01/27/mulheres-devem-parar-de-buscar-homem-perfeito-se-quiserem-ser-felizes-no-amor-915716647.asp)
Concordo que não existe o homem, ou a mulher, perfeito. E que saber disso é essencial para ser feliz no amor.
No entanto, ao que me parece, pois não li o livro, a autora foca mais na busca por um "marido" do que no encontro do amor. Uma coisa tipo: se não casou até os trinta, case-se com qualquer um. Como se "marido" fosse um acessório.

E eu, ah, eu quero sim, um amor possível e real. Mas outro marido? Não sei. Acho que existem muitos arranjos possíveis no amor. O casamento é apenas um deles.

beijos!

28 de janeiro de 2010 09:08
Ana Paula Britto disse...

Bela, amei o post!
Eu realmente quero alguém que tenha maturidade suficiente para saber de seus defeitos, que não fuja deles e que, dando de cara com um problema me fale: "vamos resolver isso juntos?"
É pedir muito? Acho que não...
Beijo.

28 de janeiro de 2010 09:17
Andarilho disse...

Ah, ainda bem que tem mulher que pensa assim, senão gente como eu ia morrer assim como a mulher da foto ;)

28 de janeiro de 2010 09:37
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Olha, té concordo. Mais vale um sapo simpático que um príncipe (MORRO DE MEDO DOS PRÍNCIPES!)

Mas faço coro com a Nina: por que qualquer um até os 30? Só para ter a experiência de casar, né?

Não gosto muito disso não...

Vou fazer um post de um outro livro que Lalá me deu que, esse sim, explica porque somos uma geração de mulheres tão confusas no amor, hahahaha.

beijosss

deb

28 de janeiro de 2010 09:47
Cris disse...

Nossa vc escreveu alo que é fatom ontem a noite escrei um sobre relacionamneto que fala essa inquietude da alma femina e a busca insensante pela perfeição « homem..Por faor preciso que você me informe o nome do livro

Bjinhos

28 de janeiro de 2010 10:04
Petitinha disse...

Muito bom o post Bela. Vou indicar o post e o livro para a minha irmã, a pessoa vive reclamando que não encontra ninguém e eu conheço vários caras legais interessados nela...
O homem perfeito...porque crescemos vendo romance?
Eu acho que homens, e pessoas, certinhos demais cansam a gente mais rápido. É tão bom ter ao lado um ser humano como você, que se reconheça falho e suscetível ao desenrolar da vida...
Percebeu que já tenho meu "sapinho simpático" né?
BJOKS

28 de janeiro de 2010 10:09
Anônimo disse...

Olá, tudo bem?

Adorei este post e concordo com o que escreveu... não existem pessoas perfeitas, todos temos defeitos.

Eu até brinco com minhas amigas que vivo visitando a Sapolândia e confesso amiga, encontrar o sapinho simpático está difícil também! rssssss!!!

Não sei o que acontece comigo, pois só tenho encontrado sapos verruguentos e mal educados por ai.

Beijo!
Wan

28 de janeiro de 2010 10:13
Laurinha disse...

Meninas!

Amei este blog, este post e concordo com o conteúdo.

A situação tá feia, com certeza.

Ainda bem que a felicidade está em mim e não no outro, que nunca vem...rsrs

Beijos,

28 de janeiro de 2010 10:45
Mary disse...

Isabela,

Escrevi sobre isso no meu post de ontem. Nada de esperar príncipe. Muito menos um único amor na vida.

Beijos.

28 de janeiro de 2010 10:47
Paula disse...

MENINAS.
concordo plenamente.
O mundo cor de rosa se acabou na adolescência.
Com certeza eu ja estou procurando os sapos simpáticos!!!

28 de janeiro de 2010 11:28
Paula disse...

aH, algo q eu sempre falo. Queira aquilo que vc pode oferecer. Se vc não é perfeita, pq vai exigir q o outro seja???
bjsssss

28 de janeiro de 2010 11:29
Jamylle Bezerra disse...

É isso mesmo... mais vale um sapo na mão que um príncipe voando... até porque, príncipe não existe e se existisse, com certeza, não saberia voar!

Boa semana meninas!

28 de janeiro de 2010 11:33
SAL disse...

concordo totalmente!!!

a verdade é q quem se ilude que existe o tal "homem ideal" e o fabuloso "felizes p sempre", é quem acha que a vida é um conto de fadas (e esquece q contos são finitos!).

pessoas q morrem esperando um relacionamento perfeito, não sabem nada do q é um amor a dois! não sabem que pra essa dança, os ritmos precisam de uma sincronia, e q isso requer paciencia e um muuuito de vontade que dê certo!

o bom mesmo é curtir esses amores imperfeitos com sabedoria e intensidade! sabendo claramente q vão tem uns pisões de pé no meio da dança, mas que tudo vai se ajeitar dpois, pq isso é q é perfeição!

bjo Belíssima

28 de janeiro de 2010 11:46
disse...

Eu acho perfeito a descrição do Sapinho sabia, pq pelo que consigo ver, Principes me parecem criaturas engomadinhas que não querem bagunçar as suas roupas... Andar apé então, nem pensar, só de cavalo heheheheh.
Vamos de Sapo mesmo, saltitante, sempre come os insetos (que mulheres odeiam) e temuma língua enorme kkkkkkk (brincadeiras). A unica coisa q não concordo muito é a questão do casamento, o resto assino embaixo!
beijos Dolls!

28 de janeiro de 2010 14:29
Silvana Alves disse...

ixxxi mãe.. to chegando na casa dos 30 rsrs

28 de janeiro de 2010 15:12
Mulheres Neura disse...

Eu dei um curso uma vez sobre isso: o nome era "Buscando Princípes, encontrando abóboras, realize-se com os sapos"

É que no final de contas quem procura principe tá idealizando em 100%. A chance de se decepcionar com as abóboras que encontra no caminho é 100%, assim que se encontras um sapo, beija ele, porque garanto, já é uma evoluçao.

beijos

Patifa

28 de janeiro de 2010 21:17
LetÍCiA... disse...

post maravilhosoo....
e vamos combinar... homem perfeito ngm merece.. imagina o tedio???
aff... nao gosto nem de pensar =/

28 de janeiro de 2010 21:51
Dih disse...

Pois é, meninas, a verdade que é todo mundo já idealizou um príncipe ou uma princesa, pelo menos uma vez na vida, não é mesmo? Porém, a vida nos ensina que perfeição não existe e que amor não é sinônimo de ilusão. Relacionamentos afetivos são oportunidades de crescimento mútuo. Felicidade é conquista individual, não é dever de ninguém para conosco.

Adorei o post!

Beijos

28 de janeiro de 2010 23:49
Isabela disse...

Leio todos os textos e quase nunca tenho tempo pra comentar.
Adoro tudo que escrevem, e muitos posts me dão o que pensar, afinal aos 16 anos, tenho muito pela frente antes de chegar aos 30. Mas Isabela, é incrível como me identifico com tudo que você divide aqui no blog, acho que é o nome, viu?

Parabéns "meninas", o blog é realmente muito bom.

30 de janeiro de 2010 23:53
Anônimo disse...

Existe um adendo. Não seria um homem de conto de fadas que se espera mas sim um que não seja infiel. Ser solteira com 30 só atrai homem casado e isso desilude qualquer confiança em um novo relacionamento.

2 de dezembro de 2012 09:41
日月神教-任我行 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島機加酒 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 巴里島旅遊 巴里島spa推薦 巴里島機票 巴里島行程推薦 記憶體 情趣用品 情趣用品USB Flash DrivesMemory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 投資美國物業 美國租金報酬 美國房屋買賣 房地產投資說明會 美國房地產 美國置產須知 美國房屋物件 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車

17 de junho de 2015 20:11