segunda-feira, 14 de junho de 2010

Dois virginianos

Era uma vez dois virginianos. Um era casado, pai de dois filhos, executivo bem sucedido e todo caretinha. O outro era descolado, documentarista, separado e pai de uma filha já adolescente. Os dois estavam na casa dos trinta. E, além do signo, tinham mais uma coisa em comum: se apaixonaram pela mesma mulher. O virgem descolado gamou nela por uma foto. Pediu o contato para uma amiga em comum, marcou encontro e nunca mais largou do pé dela. Apesar de ela ter deixado bem claro que a gamação não tinha sido recíproca.

O outro foi chegando com jeitinho e tinha um plano claro em mente – tudo na vida dele era meticulosamente planejado, como costuma acontecer entre os virginianos clássicos. Queria apenas provar o sabor daquela outra mulher. Era só sexo e amizade. Nada que abalasse seu casamento e sua estabilidade. Até contrato ele fez. Era chegar, seduzir e bater em retirada. Ele só não previu que iria se apaixonar.

Ela, claro, se apaixonou pelo caso mais complicado: o casado careta e planejado.

E assim foi. Ela amando o cara errado, o descolado na cola dela e o casado apaixonado sem saber o que fazer com aquela história. O medo de ser descoberto, de pirar e de pôr tudo o que havia construído a perder o fez tomar uma decisão: terminar tudo antes que fosse tarde demais. Ele só esqueceu de avisar a moça. Foi sumindo, sumindo, sumindo...e desapareceu. Ela é que teve que chamá-lo para uma conversa. Então é isso? That’s over, baby? Embora os olhos dele a olhassem com paixão e carinho, a resposta foi bem clara. "Eu não posso agir de outra forma, não posso me separar...". Ele tinha um nome, uma reputação e uma paz do lar a zelar. No final das contas, saiu quase tudo como planejado. Ele chegou, seduziu, se apaixonou e bateu em retirada.

Ela tentou entender. Era uma situação complicada mesmo. Teve que engolir seco, ver o grande amor da vida dela escorrer por entre os dedos e seguir com a vida.

E eis que o descolado, que andava meio sumido, ligou para a moça. Aí ela pensou: não tem tu, vai tu mesmo. E, como já esperava, foi horrível. Uma decepção previamente anunciada. E que raios ele tanto tinha visto nela? Será que era o desprezo? Ele ficou mais na cola que nunca. E ela o cortou de vez de sua vida. Apagou do celular, do Facebook, do msn.

E de novo seguiu com a vida. Um anos depois, já namorando – um leonino – o celular toca. Número que ela não conhecia.

- Alô? Oi, tudo bom?! Aqui é o virginiano descolado! Quer sair comigo hoje? Ah...sei...entendi. E amanhã? Ah...sei...ah, namorando...entendi. Maaaas, eu posso te chamar para sair um dia desses, não posso?

Ela ficou impressionada. Tinha que dar a mão à palmatória: o cara era persistente e um tremendo cara de pau. Irremediável.

Ela desligou o telefone, lembrou do outro virginiano com saudade e com um pouco de raiva – por que não era ele o insistente? - e chegou à conclusão de que esse negócio de signo era mesmo um papo furado. Mas, na dúvida, era melhor evitar futuros affairs com homens regidos pelo signo de Virgem.

Débora – A Recasada

17 comentários:

Nina disse...

Pois é, Deb...

Tão ruim quando os quereres não coincidem! O mundo bem podia já vir "de parzinho", rs...

Monte de beijo pra vc!

14 de junho de 2010 08:14
Andarilho disse...

Só é bom não deixar o leonino ler o post, porque chamar o antigo de "grande amor da vida dela" pega mal pro atual. ;)

14 de junho de 2010 08:34
Paloma, a mãe disse...

Ahaha, gostei, porque acho homem virgiiano um saco (generalizando toscamente), não tenho paciência para eles.
Viva o leonino!
Beijos

14 de junho de 2010 12:12
binha disse...

pois e, virginiano e bem insistente mesmo, meu marido - de virgem - ficou na minha cola 3 anos antes de comecarmos a namorar...mas, por outro lado, ele nao consegue planejar nem o jantar. concordo que esse lance de signos e papo furadissimo.
bjos

14 de junho de 2010 13:14
Isabela disse...

Eu, como virginiana e complicada assumida, tenho que dizer: Não é fácil não, viu? Mas é emocionante.
Acho leoninos tão sem graça..(Nada pessoal, claro).


Saudade de ler todos os textos do blog, gente.

Boa semana!

14 de junho de 2010 16:09
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Solidariedade aos virginianos, hahaha!!!

Virgem é o meu ascendente, humpf!!!!

Beijos,

Bela - A Divorciada e A Escorpiana com ascendente em virgem

14 de junho de 2010 18:08
Anônimo disse...

Hey Debs...
Conheço esta música tão bem!!!! hum triste!
beijocas,
Mari.

14 de junho de 2010 22:54
Albuq disse...

Debbbbbbbbbbbbbb Que muído, agora vou observar esses signos kkkkk

bjs,muito interessante o texto!

14 de junho de 2010 23:15
Tânia Tiburzio disse...

Ah, sou completamente apaixonada por um virginiano e ele é do tipo complicadíssimo (rs). Mas sou persistente e sei esperar. O amor tem dessas coisas.
òtima história!

15 de junho de 2010 09:59
Tânia Tiburzio disse...

Ah,esqueci de falar: ele é complicadíssimo mais é o homesm mais fofo e de bom coração que conheci na vida.

15 de junho de 2010 10:01
Mulherzinha Sim! disse...

Não ligo para essa parada de signo mesmo...

Ah, só uma coisa que não entendi: o cara era careta, mas para trair a mulher dele ele não era, né?!

17 de junho de 2010 06:39
Silvia disse...

eu já acho melhor evitar homens casados, esta experiência eu não repito !

22 de junho de 2010 17:51
blondwisper37 disse...

Nossa...lendo esses posts senti até um frio no estomago. Vivo há 10 anos com um virginiano e tem sido meu céu e meu inferno..de tão complexa que é a nossa relação.O que me preocupa é o fato dele parecer não dar muita importância ao sexo...gosta de tudo com hora marcada e sem muita empolgação...e eu, como típica capricorniana finjo frieza, mas sofro e anseio por aventuras...é uma pena..acho que estamos na reta final.

8 de setembro de 2010 22:18
Anônimo disse...

Muito bom o post! Nesse momento decido se saio ou não com um virginiano casado muito interessante e safado. Pelo q li, devo sair correndo.....rs

16 de outubro de 2013 01:53
Anônimo disse...

vazem kkkkk um virgiano clássico chegou kkkkkk

6 de dezembro de 2013 12:46
Anônimo disse...

Nenhuma mulher que se preze troca um leonino, pessoas que são apaixonadas pela vida, desapegados e apaixonado. Por simplesmente um chato já namorei virginianos e sou casada com um leonino que não largo por nada.

7 de novembro de 2014 09:42
日月神教-任我行 disse...

ssd固態硬碟 外接式硬碟 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 External Storage Solid State Drives 關島機加酒 關島婚禮 關島蜜月 花蓮民宿 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 巴里島旅遊 巴里島spa推薦 巴里島機票 巴里島行程推薦 記憶體 情趣用品 情趣用品USB Flash DrivesMemory Cards 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 投資美國物業 美國租金報酬 美國房屋買賣 房地產投資說明會 美國房地產 美國置產須知 美國房屋物件 SD記憶卡 隨身碟 高雄當舖 高雄汽車借款 高雄機車借款 高雄房屋二胎貸款 高雄汽機車免留車

18 de junho de 2015 01:21