sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Marina, a noiva

Em duas semanas, mais uma amiga entra para o mundo das casadas. A Marina é uma das criaturas mais fofas que eu já conheci. E linda! O casamento vai ser bem tradicional, com tudo do bom e do melhor, do jeito que ela sempre sonhou.

Pedi licença à Marina para copiar o texto que ela fez sobre eles no blog do casamento. Achei muito bacana a forma honesta, realista e brincalhona como ela colocou que a big festança é o sonho dela – “e o pesadelo dele”. E acho lindo que ele tope fazer algo tão grandioso por ela, já que ele mesmo nem fazia muita questão.

Faço, desde já, votos para que a vida a dois seja tão brilhante quanto o dia festivo (que vai ser porreta, tenho certeza!).

Com vocês, as palavras da noiva.

Em sete anos...

Ele me viu em sua festa de formatura, mas só nos conhecemos numa festa de aniversário. Ele bebia e fumava, eu não. O primeiro passeio foi numa loja da rede Pão de Açúcar. Ele era formado em administração, eu estudava jornalismo. No Carnaval, eu fui para a Baleia, ele para Ubatuba. Ele fazia academia, era magro e moreno. Eu ia para faculdade, fazia inglês e era loira. Ele ia para o Skol Beats, ouvia música eletrônica e adorava um Manga Rosa. Eu ia para o Pucci, ouvia dance music e dormia na casa das amigas.

Me formei. Ele começou a trabalhar. Ganhei flores, cartões e cartinhas. Ele mudou de emprego. Eu comecei a trabalhar. Brigamos. Voltamos. Viajamos. Brigamos. Voltamos. Ele mudou de emprego. Viajou para Nova York. Eu fui para o Kuwait, Dubai e Catar. Nós fomos para África do Sul. Ele não me pediu em casamento. Chorei. Demos risadas. Os amigos começam a casar. Festa. Mais festa. Eu fiquei noiva!!!!!

Começa a maratona. O meu sonho, o pesadelo dele. Eu quero rosa, ele quer cinza. Igreja. Salão. Vestido. Discussões. Doces. Convites. Havaianas. Discussões. Carro. Decoração. Bem-Casados. Discussões. Curso de noivos. Cartório. DJ. Ansiedade. Cabelos brancos. Gordura localizada. Stress.

Ele, Rodrigo. Eu, Marina. Nós, futuros marido e mulher


Débora - A Descasada

15 comentários:

Nina disse...

... e muitas, muitas felicidades!

26 de fevereiro de 2010 00:15
Anônimo disse...

Ai que texto lindooooooo

*invejinha*

26 de fevereiro de 2010 00:48
Andarilho disse...

É bom a Marina dar muito valor ao Rodrigo, pq olha, encarar esse stress todo... Só o cara estando muito apaixonado.

26 de fevereiro de 2010 07:52
mulherpolvo disse...

Ai, que lindo!!! Desejo aos dois muitas felicidades, sempre!

26 de fevereiro de 2010 08:01
Albuq disse...

Ahhhhhhhhhhh que lindo!!!! Perfeito! Achei lindo o texto, porque quando a gente olha direitinho é assim mesmo que acontece nessas idas e vinda!
bjsss
Felicidade aos Noivos!

26 de fevereiro de 2010 08:26
As primas disse...

LINDO POST!

Espero que meu futuro marido não se sinta entrando num pesadelo aaahhaahahahaha

Será possível isso???

Déb, arrasa no casório e repasse nossos votos de felicidadeeee =)

.Olívia.

26 de fevereiro de 2010 09:53
silvinha disse...

Nossa que texto dez!
Sei que isso não é uma coisa que vá acontecer com qualquer pessoa, principalmente hoje em dia!

Por isso Deseje muitas felicidades pra eles!

bjão Dé!

26 de fevereiro de 2010 14:47
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Adorei! Uma visão pé no chão e romântica das coisas.

Be happy, Marina.

Debs, traga bem-casados da festa para mim. Vício total, hahaha!!!

Beijão,

Bela - A Divorciada

26 de fevereiro de 2010 15:30
Paloma, a mãe disse...

Ai, gente, sério, isso é um texto anticasamento, né? O texto está ótimo, mas a vontade de casar depois de lê-lo fica em -30. Pesadelo total (ou a vida como ela é?)!

26 de fevereiro de 2010 16:16
Marina disse...

Mil obrigadas pela homenagem. Gostaria de dividir e compartilhar a minha felicidade com todos os leitores desse blog, que virou meu vício de leitura. Beijos da noiva com quase 30.

26 de fevereiro de 2010 18:12
SAL disse...

eu ameeeeeeeeei!!!

realista e romantico! me emocionei ao ler! e imaginei q elo forte se fez em tantas diferenças (e desencontros).

felicidades aos noivossss \o/

bjo

26 de fevereiro de 2010 19:15
Ricardo Bueno Suman disse...

Putz, só espero que eu não tenha que preparar um texto e/ou discurso... Mas do jeito que minha noiva é mandona, brava e mais forte que eu... sei não hein

26 de fevereiro de 2010 19:46
Mulherzinha Sim! disse...

Que texto fofo! Não conheço, mas desejo felicidade ao casal.


www.mulherzinhasim.blogspot.com
www.formspring.me/mulherzinha

27 de fevereiro de 2010 06:25
Evelin disse...

Sonho para o meu namorado, pesadelo para mim!!!! Isso para quem pensa que é pesadelo somente para o sexo masculino rsrs

Felicidades casal! =D

28 de fevereiro de 2010 20:01
Andrea Saladini disse...

Noiva é assim: sonha com o dia do casamento desde o primeiro dia de vida. Eu já acompanhei muitas noivas, mais de 1200 precisamente, e o stress, ou melhor, o que parece ser um stress, é apenas um item que complementa a longa lista de preparativos. É na realidade o primeiro exercício de concessões que o casal terá que fazer, é um teaser da nova vida que virá.
Mas vale a pena, e como vale!!

28 de fevereiro de 2010 22:05