domingo, 7 de fevereiro de 2010

A taxista e o meu esmalte

Nas próximas linhas, um diálogo que tive, na semana passada, com uma taxista gente boa chamada Helena. A conversa começa no exato momento em que cheguei ao meu destino, quando a motorista parou o carro.


- Posso te pedir um super favor, aproveitando que você é mulher? Estou com o esmalte descascando em duas unhas e quero morrer quando isso acontece. Será que você pode retocar para mim?


- Claro, inclusive eu já fui manicure, sabia? Passa o esmalte.


- Ai que ótimo, obrigada. Você não imagina como eu fico incomodada quando isso acontece.


- (Risos) Eu tô achando engraçado porque, em 15 anos rodando com o táxi, você foi a única passageira que me pediu uma coisa assim, diferente.


- Obrigada de novo, viu? Hoje eu realmente entrei no táxi certo. Até a próxima.


- Obrigada você, tchau.


Bom domingo e boa semana, gente. E que só pessoas simpáticas como a Helena cruzem o caminho de vocês.


Beijos,


Isabela - A Divorciada

8 comentários:

Diu Mota disse...

É muito bom quando isso acontece.Pessoas que enriquecem nosso dia, que nos faz pensar quão valiosa a vida é, por um singelo gesto.

Cadê minha visita?!
Um grande domingo!
inté

7 de fevereiro de 2010 12:29
Evelin disse...

Legal encontrar situações diverentes que nos fazem pensar... sabe o que eu pensei? Nunca vi uma taxista, mulher, fêmea, nem em São Paulo rs

Bjos Bela.

7 de fevereiro de 2010 14:44
Evelin disse...

Correção:
Legal encontrar situações diferentes que nos fazem pensar... sabe o que eu pensei? Nunca vi uma taxista, mulher, fêmea, nem em São Paulo rsrs

Bjos Bela

7 de fevereiro de 2010 14:46
Vanessa disse...

Aproveitando o espaço só para falar sobre esse novo ponto de vista sobre algo que a gente quer tanto:

http://veja.abril.com.br/entrevistas/flavio_gikovate.shtml

7 de fevereiro de 2010 18:42
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Adoro essas pequenas gentilezas do dia a dia!

Evelin, até que tem um punhadinho de mulher taxista em SP sim.

bjss

debbb

7 de fevereiro de 2010 21:02
Luciana disse...

Gentileza, bom humor, leveza... Como é bom ter isso no dia a dia! Situações como essa mostram que a vida vale a pena e que é bom ter esperança na humanidade, né? E, apesar de só conhecer a Bela por aqui, posso dizer que só gente legal como ela pode atrair coisas com uma energia boa assim.

Beijos

8 de fevereiro de 2010 00:26
Sanzinha disse...

Pede a ela pra passar na rua aqui de casa... rsrsrs

Beijos, meninas!

8 de fevereiro de 2010 01:36
vitoria disse...

Nem se estivesse bêbada eu pediria isso pra uma pessoa que nunca vi....

11 de fevereiro de 2010 01:44