sábado, 24 de julho de 2010

A Cinderela mudou de ideia


Recebi na redação um livro muito bacana, diria que é a cara desse nosso blog. “A Cinderela mudou de ideia” (Editora Planeta) conta a história de uma princesa muito da moderna. A começar que ela volta tão bêbada do baile que, quando se dá conta, aceitou a proposta de casamento sem pensar muito bem. O sapatinho de cristal não cabe perfeitamente no pé dela – o salto altão e o bico fino a oprimem! (essa parte eu adorei, claro). Mas ela faz de tudo para se encaixar nele e no papel de princesa. Até cozinhar perdizes para seu príncipe glutão, mesmo sendo ela vegetariana e tendo horror à carne, ela faz sem pestanejar. Um belo dia ela diz CHEGA! E eis que a fada do “Chega” – morena, gordinha e peluda – aparece na frente dela. E, pela primeira vez em anos, a “Cindi” chooooora.

Depois do episódio, ela manda o príncipe embora (a parte mais difícil, segundo a própria) e passa a tomar conta de sua própria vida, seguindo de acordo com suas crenças e convicções.

O livro é de duas espanholas, a ilustradora Myriam Camelos Sierra, e a escritora Nunila López Salamero. E a história por trás da história, ou sobre todo o rebolado que elas tiveram que fazer para lançá-lo, também é contada de forma ilustrada. E igualmente divertida.

No final, há um pequeno texto da Nunila contando quando foi a primeira vez que ela chamou a fada do CHEGA e porque, desde então, brigou com ela mesma por causa dessa mania de perseguir príncipes. Até finalmente entrar em paz consigo própria. No final, ela escreve uma coisa que é o resumo do que penso ser o amor. Me senti quase que aliviada por alguém escrever exatamente o que sinto:

“...porque amar não é encontrar sua alma gêmea; amar é cuidar, cuidar de nós mesmos primeiro e depois de todo o resto.”

Amei!

Débora – A Recasada

12 comentários:

Decor e salteado disse...

Adorei o post, especialmente a citação da frase...

Bjs,

Lu

24 de julho de 2010 01:05
Ana Paula Britto disse...

Oi Debora,adorei!!
Beijo e bom fim de semana.

24 de julho de 2010 09:11
Albuq disse...

Adoooooooooooorei Deb, vou comprar prá mim, primeiro porque adoro livros ilustrados e segundo porque adoro quem quebra as regras.
Ameiiiiiiiii
bjs

24 de julho de 2010 09:16
Wan disse...

Bom dia flor, tudo bem?

Já fiquei encantada com esse livro, doidinha pra ler.

Adorei a citação no final.

Kiss kiss

Wanessa
www.belezapedagogica.blogspot.com

24 de julho de 2010 09:54
Andarilho disse...

Isso pra mostrar que príncipe encantado um dia perde o encanto.

24 de julho de 2010 11:09
Carolina disse...

OI meninas!

Sou leitora assídua do blog, clico nele umas 4 vezes por dia pelo menos, adorei o post e a citação do final.Estou separada a dois dias depois de muito vai e volta, mas dessa vez é diferente, acho que chamei a fada do Chega,e por isso to triste e firme ao mesmo tempo.
Adoro o blog de voces não imaginam o quanto alegram um coração triste!

Carolina

24 de julho de 2010 15:52
Desbaguncando disse...

eeeeiii...vou fazer uma visita surpresa pra Dona Bela pra cobrar organização...hahahaha

Beijos

24 de julho de 2010 20:13
Flávio P. disse...

Parabéns Deb! Adorei!!!
Fiquei com vontade de ler também!!!

Beijos

25 de julho de 2010 10:50
Blog Sozinha ou Acompanhada disse...

Quem amou fui eu!!!! Vou até comprar o livro e acho indicar pra todo mundo. Todas as mulheres devem entrar em contato com a fada do chega!!!!
adorei!
beijocas,
Mari.

25 de julho de 2010 13:30
Carol disse...

Adorei essa cinderela, e a citação!
Também fiquei com muita vontade de ler o livro!

Obrigada pelo post, Deb.

Um beijão

25 de julho de 2010 21:49
Mulherzinha Sim! disse...

Me interessei pelo livro. Você sabe onde posso encontrá-lo em espanhol mesmo? Se souber e puder me deixar um comentário, agradeço.

Beijos

27 de julho de 2010 07:12
Fabiane Siqueira disse...

Li o livro, fiz um post sobre isso citando vcs...

Fantástico!!!

bjs

29 de julho de 2010 15:30