quinta-feira, 1 de julho de 2010

Onde está você, Fátima?


Foi a Eliana, que trabalha comigo, quem me chamou a atenção para o fato. Estávamos conversando sobre relacionamentos. “Mas veja só o William Bonner e a Fátima Bernardes. Agora, na Copa, os olhos dele brilham, ele sorri quando fala com ela da África, é demais”.

Passei a prestar atenção. E percebi que a Eli estava certa. Ele sorri mesmo! Fica todo feliz quando chega a hora de perguntar: “Onde está você, Fátima?”. Lembro que, no colégio, tinha uma amiga que era apaixonada pelo William Bonner. A ponto de se perguntar que grave defeito aquele homem poderia ter, já que par perfeito assim não poderia existir. A principal hipótese levantada por ela era ele ser broxa. “Tem que ser”, dizia, brincando.

Eu não sei que defeito o âncora do Jornal Nacional tem. Espero, sinceramente, que broxa ele não seja (ninguém merece, hahaha!!!). E aproveito a deixa do flerte televisivo para registrar aqui o meu salve a todos os casais que, mesmo após muitos anos juntos (acho que quase 20, no caso deles), ainda conservam o brilho nos olhos sempre que se dirigem ao outro.

Much love,

Isabela – A Divorciada

Para as minhas amigas divorciadas: Sabiam que o Bonner é o segundo marido da Fátima Bernardes? Pois é, meninas, vejam vocês como o segundo casamento pode ser melhor que o primeiro!!!

15 comentários:

Andarilho disse...

Acho que a distância ajuda tb nesse brilho. Afinal, quando a gente não tem, é que dá mais valor às coisas.

1 de julho de 2010 00:08
Mãe 24hs disse...

Ouvi uma vez ele falar que a partir do momento que assumiu o compromisso de casar com aquela mulher e ter filhos com ela... honraria sempre a família que formou. Porque amar não é apenas um sentimento, mas tbém um compromisso! Achei bacana...como é difícil encontrar homens como ele!

1 de julho de 2010 00:38
nandda disse...

Admiro muito o casal pela vida profissional e pessoal que levam. É bonito ver e sentir o amor, respeito, admiração que sentem um pelo outro. Viva "o brilho nos olhos!"

1 de julho de 2010 00:39
Beth Martins disse...

Acho eles um casal sensacional! Um marido desses pra mim, quem sabe na próxima encarnação!!! rsrs

1 de julho de 2010 00:42
Lua Nova disse...

rsrsrrsrs... o Bonner televisivo é tudo de bom... mas não consigo imaginar isso no dia a dia.
Dizem que todo homem é diferente, mas
todo marido é igual. Já tive 2... chega!
Beijos.

1 de julho de 2010 01:27
Adriano Espíndola Cavalheiro disse...

Acho este cara, inclusive no tema do blog, de todo artificial. Um mestre em sorrisos de plásticos, ou seja, falsos, para manipular os espectadores do jornal por ele comandado, os quais ele mesmo considera serem estilo homers simpsons

1 de julho de 2010 10:56
Albuq disse...

Bela, Adoooooooooorei, acho esse casal um charme só. E realmente o brilho nos olhos é muito lindo e muito difícil depois de muito tempo juntos de se conservar. Porém, o que acho mais interessante neles é o respeito e admiração mútua que existe entre eles, é realmente fantástica.
Bjs, adorei o post!

1 de julho de 2010 12:12
Hannah Andrade disse...

É a saudade!!!! rs
Adorei o blog de vcs!!! Vi o link no blog de Roberta (Clara Palida), que é minha prima..
Abç

1 de julho de 2010 12:21
Evelin disse...

Já refleti tanto sobre essse casal "perfeito"... outro dia vi uma reportagem da Fátima falando do casamento, colocando as dificuldades enfretadas no passado por conta da profissão. Conclui que mesmo ela apresentando os problemas do casal, ele são "perfeitos" sim!! xD

1 de julho de 2010 13:03
Insana disse...

Um homem daqueles broxa isto é tortura.

bjs
Insana

1 de julho de 2010 16:24
Daione Gomes disse...

Adoro esse casal, e acho eles o máximo!
E acho que como disse o andarilho, a distância ajuda muito a apimentar as coisas, rsrsrs.
Nesse momento mesmo meu marido está na África tb a trabalho, ele não costuma viajar e temos nos falado mt pouco, pelo skype e mt mal a comunicação e as imagens. Contudo a saudade tem e muito aumentado a minha libido e qd eu vejo ele um pouquinho que seja, sinto que o amo cada vez mais (estamos juntos a 14 anos).
Não que isso não exista qd ele está por aqui, mas sabe como é né... (risos) Enfim, a verdade é que são essas pequenas coisas (demonstrações) que fazem valer a pena.

Adorei o blog de vcs, Já estou seguindo. sou amiga da Verônica da insustentável leveza do ser mulher.

Meninas tô começando agora com esse negócio de blog, mas estou adorando. Desejo ainda mais sucesso ao blog de vcs. Adoro seus posts.

bjks

Daione G.

Depois dá uma passadinha lá!

http://mulherfaladeira.blogspot.com

1 de julho de 2010 16:31
Tati disse...

Já tinha reparado tbém nos olhinhos brilhantes. Mas como sou descrente ..kkk imagino que:

a) é verdadeiro
b) é ensaiado
c) é o reflexo da luz
d) nenhuma das anteriores.

1 de julho de 2010 16:56
Michelle disse...

Maridex diz que esse brilho é pq ela tá longe e ele vai aproveitar pra ir pra esbórnia...rs rs

Outro dia a entonação dele foi muito engraçada, parecia dizer assim:
- O que vc anda aprontando por aí, hein!!!

E a resposta dela foi super engraçada, enfatizando que apenas os jogadores estavam de folga!!!

De repente não tem nada a ver e a gente que viaja demais, mas está bem mais engraçado assistir ao JN!!!

Beijos

1 de julho de 2010 17:30
Diu Mota disse...

O problema da nossa modernidade é que acabamos com a família e seus valores. E depois corremos atrás de um grande amor. Contradição maior do que essa nunca vi!

Boa sorte para todas!!!

inté

1 de julho de 2010 17:31
Anônimo disse...

Tati, eu voto na letra B, afinal nós só vemos a televisão e não o dia a dia. E ainda bem que o Brasil perdeu a copa, pq jah tava sem saco de ouvir o Galvão... Ah, e força Holanda!

Ateh pessoas!

3 de julho de 2010 23:08