quinta-feira, 20 de maio de 2010

Lavínia e Breno

Lá vamos nós para mais uma sessão “carta da leitora”. Desta vez, quem mandou um e-mail foi a Lavínia (nome fictício), de 24 anos, moradora da deliciosa Fortaleza, Ceará (ADORO. Para mim, as pessoas mais simpáticas do mundo moram lá, nunca vi tanta gente boa reunida num lugar só).

Ela está com Breno (nome fictício), por quem é super apaixonada, desde o comecinho de 2004. Sobre ele muito pouco sei, mas, pelo que li no blog dela, o cara é boa praça, sedutor, estrategicamente amoroso e carinhoso quando quer. Apenas quando quer. Mesmo tendo uma namorada, Breno faz planos sozinho com bastante frequência e programa até mesmo viagens com os amigos sem combinar com ela antes. Isso com direito a pisadas de bola como desligar o celular quando está na farra, deixar rastros no Orkut de outras meninas, aparecer ao lado de piriguetes em fotos de sites de baladas.

Sim, Breno já traiu a nossa leitora querida. E admitiu, e pediu perdão, e eles seguiram em frente. A questão é que, mesmo que exista disposição de ambos para o entendimento, o cara mantém o mesmo comportamento, não passa segurança, a faz sentir incompleta, insegura, sempre querendo mais.

Lavínia, queridona, é muito difícil opinar quando a gente não conhece a fundo uma situação. Mas, juro, fiquei com um nó na garganta ao ler o seu blog, é muita angústia. Não posso jamais acusar Breno disso ou daquilo, dizer que ele não é boa pessoa, mas, em português claro, esse cara não me pareceu comprometido com você. Não sei que idade ele tem, em que momento da vida está, o que quer para si. Só que não demonstra estar disposto a viver uma relação plena. Essa vontade, a julgar pelo que você escreveu, é só sua.

Sabe o que eu acho? Que você tem dois jeitos de encarar essa história: desencanando e curtindo a vida, como ele, aproveitando os momentos juntos mas sem dedicação exclusiva, digamos, ou partindo para outra. Pode confiar nessa balzaquiana aqui: não falta homem bom nesse mundo, por mais que digam o contrário. Eu conheço vários, acredite. E você está apenas começando a viver. Tem tanto pela frente ainda...

Sorte e força nas suas decisões viu? Beijo grande procê. Gente, nem precisa pedir palpites nos comentários, né? E experiências e luzes para a Lavínia. Muchas gracias.

Much love,

Isabela – A Divorciada

18 comentários:

Live from Germany disse...

Menina, vai curtir a vida! É muito difícil estar com alguém que nao sabe o que quer. Pq ele quer ficar com você e ao mesmo tempo nao quer perder nada do que passa no mundo.
Sou da mesma opiniao que a Isabella: nao falta homem por aí! Dê ao seu querido um pouco do próprio veneno: a insegurança de que sua vida pode ser maravilhosa também sem ele!

20 de maio de 2010 06:59
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Vou dar palpite sem ler o blog dela. E vou ser meio dura. E vou brincar com a letra do Caetano Veloso, "Esse Cara":

Lavínia, esse cara tem te consumido!! Mas você está na vida dele porque quer...e ele está para o que der e vier.

De modo que se a paixão/amor é maior que toda bandidagem, e vale a pena, continue em frente tentando se divertir um pouco mais. Se o sofrimento é maior, então já não tá valendo a pena.

um beijo

da Debbie =D

20 de maio de 2010 08:19
Andarilho disse...

Pelo que entendi, o cara não quer a mesma coisa que ela. Então, ou o negócio é ela mudar o que quer, ou mudar quem está do lado.

20 de maio de 2010 08:22
Albuq disse...

Belaaaa bom dia!

Concordo com você com o fato de achar Breno descomprometido. É aquele lance, não posso dizer muita coisa porque também não conheço a figura, mas, quando se está envolvido em um relacionamento não se vive só, não se pensa e nem se faz planos só, então, acredito que está na hora de pesar e ver se está valendo a pena, se o que você sente é capaz de suportar tanta ausência.
Sei que é difícil cair fora quando se gosta, mas, prá viver a dois tem que valer a pena.
bjs

20 de maio de 2010 08:26
mulherpolvo disse...

a, me desculpemj, mas isso é coisa mesmo dos homens lá do nordeste, da cultura deles. Ou ela atura soltinha, como já foi dito, ou sai fora de Fortaleza e vai para um lugar onde os homens "aguentem" ter uma mulher só.
Acho que só vc, Isabela, vai entender porque digo isso. Meu ex marido, quando nos mudamos para a Bahia, passou a ter esse mesmo comportamento, assim como meu sogro, meu cunhado....

20 de maio de 2010 08:51
RAFAEL disse...

um palpite masculino, vamos lá...rs

Nosso amigo aí tá numa fase que "se acha"...independente da idade, é moleque.

Sabemos bem que tem muita mulher que se atrai por caras comprometidos, e para ele manter uma namorada, em sua roda de amizade, talvez, lhe de um status de "pegador".

Tem medo de amanhã o mercado ficar vazio, por isso mantem a guria em casa, dando a atenção que lhe é conveniente.

Mas para Lavínia, se já houve traição comprovada, ela deveria já na época ter mandado esse cara passear, ou ela acha que um tipo assim sossega do dia pra noite?

Qualquer pessoa que não se dê valor, fica assim, se lamentando pro mundo.

Acorda Lavína.

beijo as meninas do blog.

20 de maio de 2010 10:33
Silvana Alves disse...

poxa.. pelo que entendi faz 6 anos que ela não é feliz.. será que vale a pena insistir nessa relação "individual"?

Lavínia, a vida é muito para ser pouco.. compreendes??? beijos

20 de maio de 2010 10:38
Andrea Pagano disse...

Lavínia,
Olha, quando a pessoa nos ama de verdade, jamais faz essas coisas, pode ter certeza!
Só soube disso no meu segundo casamento, pois o primeiro era meio molecão assim ...ficava com os amigos e cá para nós, ficar com alguem só para andar como adereço, não vale, né?
Abra mão e renove! Acredite que tem alguem para realmente te amar e te fazer feliz ...mas somente o tempo, para fazer vc acreditar nisso!
Acredite que Deus, sempre tem caminhos melhores para nós!
Acredite!

20 de maio de 2010 11:20
Palavras ao Vento disse...

Menina...vc quer casar ou curtir. Se quiser casar, corra dele; agora se quiser curtir, continue com ele. Afinal se ele ja trai agora e faz e acontece, imagina depois que casar. Eu nao vejo mudanças, mas td depende do que vc quer ou espera deste relacionamento.

Ou então se quiser testá-lo. Deixe beber do seu próprio veneno. Saia e se deixe fotografar com outros - mesmo que seja colega- curta a vida, qdo ele ligar nao atenda e marque viagens imaginárias. Observe se alguma coisa vai mudar e mãos a obra.

Siga o seu coração, mas nao esqueça a razão, pois depois pode ser tarde demais.
Abraços
Sonhadora
http://2010palavrasaovento.blogspot.com/

20 de maio de 2010 12:52
Gabi&Davi disse...

Lavínia meu amor, a fila anda!!!!
Amiga, acorda! A vida está ai pra ser vivida, e suas atitudes ñ estão condizentes à isso.
Primeiro vc deve se amar, para somente dps amar outra pessoa.. Se perdoou uma traição e ainda assim o carcamano ñ se colocou no seu devido lugar acho q vc deveria usar o seu lado mulher fatal e virar esse jogo. Percebo q vc tem duas opções: ou deixa esse trouxa de lado (desculpe, mas detesto homem q faz mulher sofrer) ou passe a agir igualzinho a ele! Como solteira e ele no 2º plano. As duas opções tem tds as chances de dar certo.
Pense bem se vale a pena o estresse e dps volte pra contar q atitude tomou e qual foi o efetivo resultado.
Bjão e boa sorte menina!

20 de maio de 2010 14:20
Petitinha disse...

Lavínia, vá curtir a vida! É repetitivo, mas é fato. Você já perdeu tempo demais da sua vida com esse cara e ele pelo visto não deixou passar nada na vida dele por você. Essa relação não está lhe acrescentando nada, a não ser sofrimento, angústia e insegurança, o que só justifica que você dê um passa fora nele ou cozinhe em banho-maria.
Recentemente conheci uma mulher inrível que depois de 18 anos casada com um homem assim, reinventou a própria história e atualmente está namorando um cara maravilhoso que dá a ela todo o amor e carinho que ela merece e a trata com muito respeito.
Acredite você é merecedora de alguém assim e você pode encontrá-lo dê a sí mesma a chance de ser amada e valorizada de verdade.
BJOKS e boa sorte!

20 de maio de 2010 14:47
Melanie Brown disse...

Pra mim é super dificil opinar porque me vi na situação da minha conterranea Lavinia, (QUAL O BLOG DELA???!) Eu tive paciência descobri que o problema era outro, e hoje o rapazinho se comporta bem melhor! rs.
Assim que começei a ler este post logo me senti a mais simpática de todas por ser Cearence! rs (as vezes ouço q isso é um probelimnha) e fiqui em feliz, tbm adoro minha cidade!!

Beijos e... Obrigada! :D

20 de maio de 2010 15:14
Flávio P. disse...

Lavínia querida, ai vai o meu conselho!!!!

“Lá vai a bola. Girar na roda. Passar depressa. E sem demora. E se no fim. Desta canção. Você estiver. Com a bola na mão. DEPRESSA PULE FORA.”

Caso tenha ficado alguma dúvida, a “bola” é o seu namorado!!!!

Com 24 anos você ainda tem muito para curtir!

Beijo!

20 de maio de 2010 16:53
disse...

Quero muito saber o blog dela?!?! Me passa por e-mail??
bjo
fredafranchin@gmail.com

20 de maio de 2010 17:38
Anônimo disse...

Meninas, me mandem o endereço do blog por email.Queria entrar em contato com essa garota. Sou de Fortaleza e meio que passei algo parecido(tá, os problemas comigo eram bem menos, até porque sou bem menos flexível do que ela se mostra ser). lailalacerda@hotmail.com

20 de maio de 2010 21:12
Blog Sozinha ou Acompanhada disse...

Lavínia querida!
Queria a Deusa que vc ainda dê muita risada disso tudo e de ter dado tanta chance a alguém que não a está tratando como vc merece!
Caí fora, vc ficará linda depois!!!
believe me!!!!
beijocas,
Mari.

20 de maio de 2010 21:37
raquel disse...

Isabela, qual é o email do blog??
tambem quero contar o meu caso...

20 de maio de 2010 22:46
3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Fê e Laila,

Não posso passar o e-mail e o blog da Lavínia sem autorização da própria. Mas façamos assim: vou escrever para ela e passar os e-mails de vcs, pedindo que ela entre em contato. Pode ser?

Raquel,

Nosso e-mail é 3xtrinta@gmail.com, escreve sim.

Beijos, gente, obrigada pelos comentários, adorei.

Bela - La Divorciada

20 de maio de 2010 23:44